TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

04 áreas De Atuação Da Psicologia No Direito

Por:   •  16/9/2014  •  705 Palavras (3 Páginas)  •  320 Visualizações

Página 1 de 3

. De acordo com o material estudado e sua experiência profissional, cite e justifique no mínimo 04 áreas de atuação da Psicologia no Direito. (3,0 pontos)

Os Psicólogos Jurídicos podem atuar em diversos locais como:

*Varas de Família: em processo de separação e alienação parental. A atuação do profissional de psicologia é basicamente auxiliar o juiz a resolver conflitos familiares, casos de adoção, entre outros. No caso de disputa da guarda dos filhos, por exemplo, o psicólogo é quem faz todo o estudo do desenvolvimento da criança e da família. Lidar com esse caso é muito difícil, pois envolve a saúde e bem estar de uma criança. O psicólogo também auxilia em casos de guarda compartilhada e programação de visitas. Na parte de adoção, o psicólogo faz toda analise da criança que pretende ser adotada e da família que pretende adotar. Em processos de separação de casais, a atuação do psicólogo se dá quando não há acordo entre os pais.

*Varas da Infância e Adolescência: em processos de disputa de guarda, ato infracional, entre outros. O objetivo de um profissional de psicologia na Vara da infância e juventude é basicamente defender crianças e adolescentes e procurar encontrar melhores condições de vida e bem estar para os mesmos. Em casos de adoção, acompanhar todo o andamento do processo desde o inicio, desde relatar as condições psíquicas, emocionais e intelectuais de todos os indivíduos, até todo o acompanhamento feito após a adoção ser positiva. O psicólogo também auxilia juízes em processos quando for solicitado, fazem visitas às crianças abrigadas, elaborando então laudos psíquicos.

*Justiça do Trabalho: em processos de acidente de trabalho e doenças ocupacionais. Na área da justiça do trabalho, o psicólogo auxilia em processos de doenças ocupacionais (que são causadas em função do trabalho), em casos de acidentes de trabalho, etc.

*Justiça comum: quando em acidentes com vitimas, por exemplo: de atuação desses profissionais como Psicologia dos Desastres e das Catástrofes e Psicologia do Trânsito. São áreas de recente atuação, mas que já se pode observar a forte influência desses profissionais.

*Penitenciaria ou Carcerária: Orientação à administração e aos colegiados do sistema penitenciário para o estabelecimento de tarefas educativas e profissionais que os internos possam exercer nos estabelecimentos penais. Avaliação de periculosidade e outros exames psicológicos no sistema penitenciário, para os casos de pedidos e benefícios, tais como transferência para estabelecimento semi aberto, livramento condicional ou outros semelhantes. Atendimento e orientação a detentos e seus familiares visando à preservação da saúde. Acompanhamento a detentos em liberdade condicional, na internação em hospital penitenciário, bem como no apoio psicológico à família.

*Policial/Militar:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.8 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »