TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

As Funções Mentais

Por:   •  1/3/2020  •  Resenha  •  4.026 Palavras (17 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 17

FUNÇÕES MENTAIS

-CONCIÊNCIA

-ATENÇÃO 

-SENSOPERCEPÇÃO

-ORIENTAÇÃO

-MEMÓRIA

-INTELIGÊNCIA

CASOMI – síndromes cerebrais orgânicas

Delirium – estão alteradas as primeiras 4 funções do  

                 CASOMI

Demência, memoria e inteligência.

-AFETIVIDADE

-PENSAMENTO

-JUIZO CRITICO

-CONDUTA

-LINGUAGEM

APJuCoL – nos transtornos de HUMOR

                                  CONCIÊNCIA

# Reconhecimento da realidade externa e interna e a capacidade de responder a estímulos.

# É o “ambiente” em que se desenvolve os processos mentais num dado momento.

# O estado de estar desperto, acordado, vígil, lúcido.

ALTERAÇÕES QUANTITATIVAS:

COMA- Estado em que não é possível despertar o paciente.[pic 1]

              1º nível da consciência (inconsciência)

           Mesmo com aplicação de estímulos dolorosos paciente permanece com os olhos fechados, não respondendo ao mundo externo e nem as sua próprias necessidades (frio,fome, etc.).

ESTUPOR- Apenas um estimulo vigoroso é capaz de tirar o paciente do estado de seu TOPOR. Cai num estado irresponsivo assim que o estímulo cessa.

Característica do estupor:

Confusão: É preciso sacudir o paciente, ele abrirá os olhos, olhará e responderá, talvez com certa demora e pobreza de ideia. (Está atordoado).

Sonolência: É preciso chamar em voz alta,

                    Paciente estará cochilando,

                    Abrirá os olhos, olhará para você, responderá a pergunta

                   Volta a adormecer.

OBNUBILAÇÃO- Desperto, mas com alguma diminuição nos níveis de consciência (Ex: embriaguez leve).

LUCIDEZ/ALERTA - estado normal da consciência do indivíduo desperto.

(Ex: paciente está em estado de alerta) – MÁX. CONCIENCIA

ALTERAÇÕES QUALITATIVAS:

ESTADO CREPUSCULA: paciente voltado para dentro, sem objetivos claros, pode manifestar um pavor irracional ou uma agressividade durante a crise, pensamento é onírico e as lembranças são embasadas e turvas.

Ex: pacientes epiléticos, intoxicações por drogas, e em algumas situações traumáticas). Pessoa fica alerta com cha de cogumelo e ayahuasca

DELIRIUM: síndrome psicopatológica associada ao rebaixamento do nível de consciência, pode ter FEBRE.

                     Estado de confusão mental aguda, caracterizando por distúrbios da consciência, com reduzida capacidade de concentração, alterações da memória, confusão mental e alteração da percepção do ambiente. O início é geralmente súbito, evoluindo dentro de horas ou alguns dias.

DELIRIUM envolve distúrbios cognitivos em função de um problema orgânico. 

DELÍRIOS – crenças distorcidas sem prejuízo na inteligência e na vida social; ilusão dos fatos; distorção cognitiva, não é alteração da consciência. Ex.: delírio de grandeza.

TRANSE – estado de dissociação da consciência que se assemelha a um sonho acordado.

DISSOCIAÇÃO DA CONSCIÊNCIA: Fragmentação, ou divisão do campo da consciência. Crise geradora ansiedade, dura minutos ou até horas, raramente permanece por dias. Ocorre geralmente nos quadros histéricos dissociativos, quando o indivíduo se desliga da realidade para não sofrer.

TRANSE- Estado de dissociação da consciência que se assemelha a um sonho acordado, mas dele difere pela presença de atividade motora automática e estereotipada acompanhada de suspensão parcial dos movimentos voluntários.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (25.4 Kb)   pdf (143.2 Kb)   docx (27.9 Kb)  
Continuar por mais 16 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com