TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Transtornos Mentais

Dissertações: Transtornos Mentais. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  19/9/2013  •  691 Palavras (3 Páginas)  •  421 Visualizações

Página 1 de 3

INTRODUÇÃO

Os transtornos mentais descrevem qualquer anormalidade, sofrimento ou comprometimento de ordem psicológica e/ou mental. Os transtornos mentais são um campo de investigação interdisciplinar que envolve áreas como a psicologia, a filosofia, a psiquiatria e a neurologia. As classificações diagnósticas mais utilizadas como referências no serviço de saúde e na pesquisa hoje em dia são o Manual Diagnóstico e Estatístico de Desordens Mentais - DSM IV, e a Classificação Internacional de Doenças - CID-10.

Desde a Grécia Antiga, por volta do século 5 a.C., a partir de Hipócrates (que utilizava termos como histeria, mania e melancolia) já existia um sistema de classificação para doenças mentais. Ao longo do tempo muitos outros termos foram criados, porém somente em 1952 foi publicado a primeira edição do "Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais" (DSM-I) pela Associação de Psiquiatria Americana (APA). Sequencialmente foram publicadas as demais edições em 1961 (DSM-II), 1980 (DSM-III), 1987 (DSM-III-R) e 1994 (DSM-IV) que se desenvolveram, modificaram e ampliaram cada vez mais o campo da saúde mental e se correlacionam com a classificação de Transtornos Mentais e de Comportamento da CID-10 da Organização Mundial de Saúde.

HIPÓTESES PSICODIAGNÓSTICAS

Após assistir o filme “Uma mente Brilhante” (EUA, Drama, 2001, Paramount Pictures), no qual o seu personagem principal apresenta transtornos mentais, escolhemos uma cena para realizar uma hipótese psicodiagnóstica.

Segue abaixo a descrição da cena:

Após acordar do efeito da injeção de Thorazine, se enxerga algemado pelas mão e pelos braços em uma sala. Na sala há um senhor de cabelos grisalhos, que pede desculpas pelas amarras.

John Nash pergunta que lugar é aquele, e o senhor responde que eles estão no Hospital Psiquiátrico de MacArthur. John não acredita e começa a falar de seu trabalho e dos russos, achando que aquele senhor é um russo e está tentando investiga-lo para descobrir informações confidenciais.

John tenta fugir e cai por causa das amarras, deitado no chão ele avista seu amigo Charles Herman sentado em uma cadeira, observando-o. Inicialmente John se desculpa por ter colocado seu amigo naquela situação, posteriormente ele se irrita com a ideia que de seu amigo o traiu, denunciando seu trabalho aos russos e começa a esbravejar contra Charles.

O senhor que estava na sala, é na verdade um doutor Psiquiatra chamado Dr. Rosen, ele pergunta a John com quem ele está falando e John explica que está falando com seu “amigo” Charles Herman.

O doutor fala que não há mais ninguém na sala além deles dois, porém John está convicto que Charles está ali com eles.

Em seguida entra enfermeiros na sala e levam John para dentro do hospital.

A partir dessa cena e a descrição dos comportamentos do personagem é possível verificar que o transtorno psicológico apresentado pela personagem é a esquizofrenia (CID F20.0 À F20.9).

John Nash apresenta comportamentos e sintomas de uma patologia denominada Esquizofrenia, conforme relacionados no CID-10. Abaixo temos alguns trechos de sintomas apresentados no

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com