TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DIAGNÓSTICO DE TRANSTORNOS DEPRESSIVOS NO ESTÁGIO TARDIO DA VIDA

Por:   •  17/5/2020  •  Trabalho acadêmico  •  2.081 Palavras (9 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 9

FACULDADE MARIO QUINTANA

CURSO: PSICOLOGIA

YASMIN CORTESE DE SOUZA

DIAGNÓSTICO DE TRANSTORNOS DEPRESSIVOS NO ESTÁGIO TARDIO DA VIDA

Porto Alegre

2019

YASMIN CORTESE DE SOUZA

DIAGNÓSTICO DE TRANSTORNOS DEPRESSIVOS NO ESTÁGIO TARDIO DA VIDA

Trabalho Interdisciplinar apresentado à Faculdade Mario Quintana – FAMAQUI, como requisito para aprovação no semestre.

Porto Alegre

2019

Sumário

1       Introdução ........................................................................................................................3

2       Desenvolvimento ..............................................................................................................4

2.1    O que são Transtornos Depressivos? ............................................................................4

2.2    A família no Estágio Tardio da Vida .............................................................................5

2.3    Diagnóstico de Depressão em idosos ..............................................................................6

3       Considerações finais ........................................................................................................8

Referências Bibliográficas .......................................................................................................9

  1. Introdução

O presente tema tem como base de estudo o diagnóstico de transtornos depressivos no estágio tardio da vida. Esse trabalho consiste na definição do que são os transtornos depressivos, como eles podem ser diagnosticados e sua influência na vida dos idosos. Também será explicado como a família influência significativamente no dia a dia do membro que se encontra nesse estágio. E como a depressão pode influenciar no convívio do idoso com os outros membros da família, muitas vezes os isolando.

Está organizado em três capítulos. No primeiro capítulo será abordado o conceito de transtornos depressivos e como seus sintomas são reconhecidos no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais 5º Edição (DSM-V). Também será descrito o Transtorno Depressivo Maior, um dos principais transtornos. O segundo capítulo trata da influência da família na vida do idoso e como essa presença faz diferença na qualidade de vida do mesmo. No terceiro capítulo é apresentado como o idoso lida com os transtornos depressivos e como esse caso pode ser amenizado com o tratamento.

A metodologia utilizada foi à pesquisa bibliográfica, dando ênfase aos conceitos do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais 5º Edição (DSM-V) sobre transtornos depressivos. Também foram empregadas definições do livro “As Mudanças no Ciclo de Vida Familiar: Uma Estrutura para a Terapia Familiar” das autoras Carter & McGoldrick, onde é descrita a importância do apoio familiar para que o membro da terceira idade tenha uma vida social saudável e uma maior longevidade.

  1. Desenvolvimento

2.1- O que são Transtornos Depressivos?

Podemos definir transtornos depressivos como uma tristeza suficientemente grave e/ou persistente que interfere no funcionamento social, profissional e em outras áreas, diminuindo o interesse e o prazer nas atividades realizadas. Muitas vezes o termo depressão é utilizado para descrever o humor para baixo, desolamento ou uma perda, porém é preciso entender que esses sentimentos duram dias, no máximo semanas. Já os transtornos depressivos além de virem acompanhados de outros sintomas, duram meses e até anos. A depressão pode ocorrer em qualquer idade, sendo mais comum em crianças e adolescentes e em idosos.

A palavra depressão é utilizada para se referir a vários transtornos depressivos e cada um deles é classificado de acordo com seus sintomas específicos. Segundo o Manual Diagnóstico E Estatístico De Transtornos Mentais, Quinta Edição (DSM-5), “Os transtornos depressivos incluem transtorno disruptivo da desregulação do humor, transtorno depressivo maior, transtorno depressivo persistente, transtorno disfórico pré-menstrual, transtorno depressivo induzido por substância/medicamento, transtorno depressivo devido à outra condição médica, outro transtorno depressivo especificado e transtorno depressivo não especificado.”

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.8 Kb)   pdf (111.2 Kb)   docx (15 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com