TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Jean Piaget E Vygotsky, Principais Estudos

Por:   •  14/6/2013  •  681 Palavras (3 Páginas)  •  549 Visualizações

Página 1 de 3

Jean Piaget e Lev Vygotsky

Entendendo a Psicologia Educacional como um dos fundamentos científicos da educação e da prática pedagógica e a psicologia escolar como modalidade da atuação profissional que tem na escola e nas relações que aí se estabelecem seu campo de ação e considerando que o psicólogo não é um pedagogo, mas necessita de todo aparato teórico específico da pedagogia para trabalhar na escola, é proposto, então, uma revisão teórica das principais contribuições de Piaget e Vygotsky para a educação e, conseqüentemente, a psicologia escolar/educacional.

Jean Piaget, suíço, de família rica e culta, biólogo de formação, formado em Filosofia e Doutor em Ciências Naturais, inicialmente, não teve a intenção de formular uma teoria do conhecimento para a pedagogia, mas ofereceu aos educadores importantes princípios para orientar sua prática.

Piaget mostra que o sujeito humano estabelece desde o nascimento uma relação de interação com o meio. É a relação da criança com o mundo físico e social que promove seu desenvolvimento cognitivo. Ou seja, é na relação com o meio que a criança se desenvolve, construindo e reconstruindo suas hipóteses sobre o mundo que a cerca.

Para Piaget, a forma de raciocinar e de aprender da criança passa por estágios, baseados no desenvolvimento psicomotor, que são: sensório-motor, pré-operatório, operatório-concreto e operatório-formal. Essas informações, bem utilizadas, ajudam o professor a melhorar sua prática, mostrando que o professor precisa proporcionar um conflito cognitivo para que os novos conhecimentos sejam produzidos, ele será o facilitador da aprendizagem do aluno.

Uma máxima da teoria piagetiana é que o que permite a construção da autonomia moral é o estabelecimento da cooperação em vez de coação, e do respeito mútuo no lugar do respeito unilateral, o que na escola significa democratizar as relações para formar sujeitos autônomos.

Uma crítica à essa teoria é que o professor deve respeitar o nível de desenvolvimento da criança, não se pode ir além de suas capacidades nem deixá-las agir sozinhas. Outra crítica é o reforço da biologização e naturalização dos fatos sociais. A concepção piagetiana responde à forma de inteligência exigida por uma nova capacitação intelectual e moral do trabalho tecnificado do mundo globalizado. Há um retorno ao psicologismo no momento em que se exige novas qualificações no mundo do trabalho e mudanças educacionais.

O pensador bielo-russo Lev Vygotsky teve uma produção intelectual intensa, formando-se em Direito, Medicina, História e Filosofia. Presenciou o declínio do seu país e conheceu a concepção filosófica marxista do materialismo histórico dialético e, com esta influência, se contrapôs às idéias inatistas e empiristas, construindo uma terceira via, a sociointeracionista.

O

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.7 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com