TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Projeto De Pesquisa

Por:   •  12/11/2014  •  1.329 Palavras (6 Páginas)  •  128 Visualizações

Página 1 de 6

1.Introdução

A análise experimental do comportamento é uma ciência natural, no paradigma desta analise os organismos que se comportam são vistos como naturais do processo biológico evolutivo. Todos os comportamentos são próprios e naturais dos organismos vivos. Na psicologia experimental o comportamento é a variável dependente e os as ocorrências do ambiente são independentes, comportamento é aquilo que esta ao nosso alcance, praticamente esta no nosso controle e temos acesso a ele sempre que queremos, pois o nosso organismo é delimitado. Os analistas estudam eventos comportamentais e sua relação com o ambiente físico e social.

Estudamos o comportamento para melhor compreende-lo, é importante tanto para pais, professores, advogados, assistentes sociais, políticos entre outros, pois de nada adiantaria, por exemplo, um pai tentar mudar a birra de seu filho se ele não conseguisse compreender o comportamento para melhorá-lo. John B. Watson dizia “Não ficarei satisfeito até ter um laboratório onde eu possa educar crianças... sob observação continua” (Livro da Psicologia, Globo Livros, 2012, pag.70). O comportamento é uma base para se seguir qualquer outro tipo de campos de atuação. Já dizia B.F. Skinner “As técnicas matemáticas e experimentais usadas para descobrir e expressar uniformidades são propriedade comum da ciência em geral. Quase todas as disciplinas têm contribuído para essa fonte de recursos, e todas as disciplinas se servem dela.”

A análise do comportamento não esta só em entender e compreender os comportamentos, mas sim, também a produzir um comportamento partindo de um objetivo.

Em 1913 foi inaugurado por John B. Watson o termo “Behaviorismo” que vem do termo inglês “behavior” que significa “comportamento”. Watson buscava um objeto observável, mensurável que poderiam ser reproduzidos em diferentes condições e sujeitos, isso foi muito importante para que a psicologia fosse determinada como ciência. Watson dizia: “Qualquer pessoa, independentemente de sua natureza, pode ser treinada para ser qualquer coisa.”

O mais importante dos behavioristas que sucedem Watson é B. F. Skinner ele foi por décadas, a partir dos anos 50, o mais influente individuo no campo da psicologia, e para ele o individuo esta sempre em construção e reconstrução e deve ser compreendido considerando tudo aquilo que ele passou ao decorrer de sua historia.

“Na verdade, a Análise Experimental do comportamento pode nos auxiliar a descrever nossos comportamentos em qualquer situação, ajudando-nos a modificá-los.” (Psicologias, Ana Mercês, cap.3, pag.53)

É isso que vai ser mostrado ao decorrer deste trabalho, maneiras múltiplas de se trabalhar com o sujeito e poder estimulá-lo a fazer novamente, aprender ou extinguir um comportamento.

2. Objetivos

O objetivo deste trabalho é recapitular tudo que foi visto durante o bimestre, mostrando as maneiras de modelagem já anteriormente vistas.

O Objetivo principal de todos os experimentos é a manipulação do sujeito com ou sem interferência de variáveis.

Pratica. 1 Mensuração do Nível Operante de pressão à Barra:

O objetivo desse primeiro experimento foi registrar os comportamentos do rato nos primeiros 20 minutos em que ele é colocado na caixa de Skinner sem interferência de variáveis.

Pratica. 2 Treino ao Bebedouro:

Registrar os comportamentos do sujeito durante 10 minutos fazendo com que o sujeito se aproxime do bebedouro quando ouvir o ruído de funcionamento com a presença da gota d’água, reforçando o mesmo.

Pratica. 3 Modelagem:

Ensinar o sujeito a pressionar à barra que se encontra no interior da caixa experimental utilizando técnica aproximações sucessivas, usando para ensinar um desempenho complexo.

Pratica.4Reforço Contínuo da Resposta de Pressão à Barra (CRF)

Tem como efeito imediato fortalecer a resposta de pressão à barra, e com isso mantê-lo em alta frequência no repertório comportamental do sujeito.

2 Materiais e Métodos

2.1 Sujeito:

Foi utilizado o rato da espécie Rattus norvegicus com aproximadamente 170 gramas. Ele foi mantido no biotério de Psicologia Experimental da faculdade UNIFIL – Londrina, em privação de água por 24 horas antes de cada experimento/prática.

2.2 Equipamento:

Foi

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.6 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com