TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo Da Elaine Do Livro: Psicologia De Mayers

Trabalho Universitário: Resumo Da Elaine Do Livro: Psicologia De Mayers. Pesquise 800.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  26/11/2014  •  9.564 Palavras (39 Páginas)  •  985 Visualizações

Página 1 de 39

Capitulo 1- Pensando criticamente com a psicologia cientifica

Ao familiarizarmos com a psicologia cientifica incorporando seus princípios o nosso modo de pensar fica mais apurado. Existem dois fenômenos que nos impede de confiar totalmente na intuição e no senso comum são eles: a tendenciosidade da percepção tardia e o julgamento superconfiante. Um próprio exame crítico da abordagem científica nos ajuda a separar o absurdo do com senso.

Psicólogos e cientistas usam o método científico para provas suas teorias. A abordagem cientifica e desprezada por algumas pessoas por causa da fé no ser humano. A maioria das pessoas acha que poderíamos prever algo que já sabemos que aconteceu, é o chamado “autoridade pós-fato”. Confiamos muito em nós mesmos. Achamos que sabemos mais do que sabemos. Quando temos eu realizar uma tarefa ficamos com 100% de confiança, mas quando vão corrigir veem que acertaram apenas 50% e desde que surge a famosa frase “Eu quase acertei”.

A ciência em si e uma curiosidade que procura compreender as coisas sem enganar ou ser enganado. Existem algumas questões que só a nossa fé pode resolvê-las, já outras que estão em nossas mãos. Não importa se a ideia vai dar certo ou não, o que importa é: vai funcionar?

A abordagem cientifica tem uma extensa história. O método cientifico é uma observação a partir da teoria. Eles usam o termo teoria para significar “simples intuição”. A teoria esta ligada a ciência por meio da observação. Uma boa teoria tem que conter hipóteses para ser uma teoria atraente. Para testar conclusões os psicólogos tem que relatar suas pesquisas as mais certas possíveis com definições operacionais- claras; para que outros possam replicar suas observações.

Se outros psicólogos fazerem as mesmas observações e derem resultados iguais, a nossa auto-confiança aumenta .A descrição e o ponto de partida de qualquer ciência. Todos os dias observamos as pessoas e sempre ficamos nos perguntando o porque de ser assim.

Dentre os métodos de pesquisa entra o estudo do caso que é o psicólogo que estuda o individuo em grande profundidade na esperança de revelar fatos verdadeiros para todos. O método do levantamento comum usado em estudos descritivos e estudos correlacionam que examina casos de profundidade.

E o método de observação naturalista vão desde observar os chimpanzés na selva até o registro dos padrões das escolhas feitas pelos estudantes. O coeficiente da relação é uma medida de estatística de relação que revela a proximidade com que os dois elementos variam juntos. Dado a relação perfeita dentre positivo e negativo e o que raramente acontece no “mundo real” é o que se chama de gráfico de dispersão de ponto.

Capitulo 3 – Determinantes do comportamento: o inato( a natureza) e o adquirido (a educação)

Por que nos somos tão parecidos? Somos filhos de uma mesma arvore. O ser humano vive rindo, chorando, dançando, praticando esportes, jogando, sempre em família ou em grupo, essa e a natureza humana.

Existem muitas perguntas pelas quais na psicologia si e possível responde-las através do nosso passado, como nossos ancestrais resolveram os problemas. E o mesmo é pela herança genética.

A natureza e a educação e de extrema importância, assim como os genes e o restante do nosso corpo. Considerando que a natureza e a educação pode nos moldar.

Genes: nossa marcação biológica

Os genes é o que determina nossa constituição biológica. No nosso pequeno planeta contem a historia do nosso corpo e cérebro que provavelmente há de mais impressionante.

Somos compostos de 46 cromossomos 23 doados pela mãe pelos seus óvulos e 23 doados pelo pai pelo seu esperma contendo no DNA. Cada gene é uma unidade auto-replicavel capaz de sintetizar proteína.

E a partir desse perfil genético que nos tornamos humos e não chimpanzés ou tulipas. Os traços humanos são influenciados pelos genes e os genes atuam em combinação..

A psicologia evolucionista : maximizando a aptidão

A seleção natural e suas contribuições é o que são estudadas pelos psicólogos evolucionistas. Os evolucionistas estudam se é possível transformar raposas selvagens em raposas amigáveis, já que os seres humanos domesticam cães que a partir de seus ancestrais lobos. E depois de muitos testes o Belyaev conseguiu domesticar raposas.

Afirma os psicólogos funcionalistas que são as tendências comportamentais e a capacidade de pensar e aprender que preparou nossos ancestrais da Idade da Pedra para sobreviver, reproduzir e enviar seus gentes para o futuro.

A evolução tem sido a muito tempo um principio organizador para a biologia.

Genética do comportamento: a perdição das diferenças individuais.

Os geneticistas do comportamento examinam mais intensamente as diferenças que existem entre nós. A natureza já nos deu sujeitos prontos para o experimento: gêmeos idênticos X gêmeos fraternos.

Os gêmeos idênticos desenvolvem em um único ovulo fecundado que se divide em dois, eles são os únicos clones na natureza que compartilham o útero, a data de nascimento e a historia cultural.

Gêmeos fraternos que se desenvolvem de dois óvulos diferentes, não são mais similares geneticamente do que irmãos comuns.

Estudo de adoção

Outro experimento da vida real cria dois grupos de parentes; os parentes genéticos do adotado e os parentes ambientais. Podemos questionar a criança adotada se parece com os pais adotivos que te deu lar meio ambiente ou com os pais biológicos que lhe deu os genes?

A resposta é, as pessoas que cresceram juntas quer seja relacionada biologicamente ou não, não possuem personalidades parecidas, ou seja, o comportamento do adotado e mais semelhando com os pais biológicos.

Relação familiar é importante. Nos lares adotivos o abandono e o divórcio são raros, os pais adotivos são mais cuidadosos, ao contrario dos pais biológicos.

O temperamento de um bebê inclui excitabilidade emocional inata, ele pode ser intenso, nervoso ou calmo, quieto. Desde há primeira semana os bebês “difíceis” são mais imprevisíveis e os bebês “fáceis” são previsíveis.

Influência ambiental

Os pais sempre ficam felizes com o sucesso e ficam tristes com o seus fracassos. A sociedade coloca a culpa nos pais pelo fracasso ou sucesso de seus filhos.

A educação parental é essencial para nossa sobrevivência quando

...

Baixar como (para membros premium)  txt (64 Kb)  
Continuar por mais 38 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com