TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DESAFIO PROFISSIONAL: Refletir sobre a atuação do profissional Assistente Social

Por:   •  2/11/2015  •  Trabalho acadêmico  •  2.571 Palavras (11 Páginas)  •  380 Visualizações

Página 1 de 11

[pic 1]

UNIVERSIDADE ANHANGUERA

POLO DE ERECHIM

CURSO DE SERVIÇO SOCIAL 

DISCIPLINAS: FUNDAMENTOS DAS POLITICAS SOCIAIS; PSICOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL II

NATALIE LOPES VIEIRA - RA 1299101925

DESAFIO PROFISSIONAL: Refletir sobre a atuação do profissional Assistente Social, os desafios enfrentados no cotidiano da profissão em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e elaborar um Relatório Social na área da Saúde.

TUTORA EaD: Valeria Rossi Lourenco

ERECHIMRS

Outubro 2015

INTRODUÇÃO

Esta produção textual acadêmica visa de uma forma geral, atentar para a relevância dos serviços prestados pelo Assistente Social na área da saúde principalmente na Rede de Pública de Saúde e maneira mais específica para o papel que o Assistente Social desenvolve frente aos desafios encontrados nesta área. Já em segundo plano tem por objetivo, refletir e ao mesmo tempo analisar um caso especial e responder a questões: Como o Serviço Social atua frente aos problemas de exclusão social, drogas e preconceito? No que se baseia o profissional do Serviço Social para intervir e fazer seus atendimentos?

O Serviço Social despontou no Brasil por volta de 1930, quando aqui tivera início os processos de industrialização e modernização. A formação do Assistente Social compreende a uma grade curricular que possibilita ter ampliação da visão o que objetiva formar profissionais compromissados com valores, humanismo, liberdade, democracia e justiça, o trabalho exercido pelo Assistente Social apresenta-se essencialmente no que diz respeito à promoção de políticas socioeducativas, atua no planejamento, organização, execução, avaliação, gestão, pesquisa e assessoria, processos ligados à politicas públicas e privadas. Segundo Iamamoto ao Assistente Social cabe:

“(...) um dos maiores desafios que o assistente social vive no presente é desenvolver sua capacidade de decifrar a realidade e construir propostas de trabalho criativas e capazes de preservar e efetivar direitos, a partir de demandas emergentes no cotidiano. Enfim, ser um Profissional propositivo e não só executivo”. (2001:20)

A atividade do Assistente Social é fundamentada em legislação federal que protege e ampara o cidadão garantindo-lhes os todos direitos sociais, dentre elas cito algumas: Legislação Previdenciária; Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS; Estatuto da Criança e do Adolescente Legislação Previdenciária; Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA; Lei Orgânica de Saúde – LOS; Política Nacional do Idoso – PNI; Política e Serviços especiais de prevenção e atendimento médico e psicossocial às vítimas de negligências e maus tratos, exploração e abuso, crueldade e opressão; Política Nacional para a integração da Pessoa Portadora de Doenças Especiais; Política sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais.

Em consonância com o Código de Ética do Assistente Social, o Serviço Social deve sempre basear-se no legalmente para fazer um trabalho eficaz. Cito alguns dos considerados princípios fundamentais que norteiam Assistente Social ações do profissional do Serviço Social: “Ampliação e consolidação da cidadania, considerada tarefa primordial de toda sociedade, com vistas à garantia dos direitos civis sociais e políticos das classes trabalhadoras” este item resume em boa parte os objetivos de se assistir o indivíduo.

Igualmente emprega-se o item V que orienta a intervenção do Assistente Social se constrói a partir da adoção plena de um posicionamento de defesa da igualdade social e generalização dos acessos que visem auxiliar ao individuo a seja programas ou políticas sociais.

Ainda a luz do Código de ética, outra norma de caráter permanente orienta a tomada de decisão no que diz respeito ao preconceito seja em qualquer nível e por qualquer motivo seja ele de cunho de nacionalidade, religioso, condição física ou ainda orientação sexual.

Visto e já evidenciado inúmeras vezes, o Serviço Social define-se como uma profissão que estuda a melhor foram de interferir nas mais variadas exteriorizações da questão social e suas especificidades. Isso se executa através das políticas sociais onde o Assistente Social se sobressai no planejamento e efetiva aplicação.

Frente a esse conjunto de regimentos propostos no guia do Serviço Social o profissional pressupõe estar munido de ferramentas para enfrentar os mais variados desafios profissionais, porém, a realidade é diferente. Todas essas informações possibilitam ao Assistente Social uma formação teórico-metodológica embasada somente em livros, mas a prática se torna imprescindível nesse momento de construção, essa ligação entre sala de aula e campo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (17.8 Kb)   pdf (190 Kb)   docx (66 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com