TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Tomismo Positivismo

Por:   •  19/12/2018  •  Trabalho acadêmico  •  1.033 Palavras (5 Páginas)  •  32 Visualizações

Página 1 de 5

        Neotomismo[pic 1]

- Processo de surgimento do Serviço Social - atrelado ao projeto da reforma social da Igreja (ideologia, prática e teoria);

- Neotomismo será a sustentação filosófica adotada pelo Serviço Social (concepção de homem e de sociedade) – Perspectiva Católica;

- Até 1967 (Documento de Araxá) foram realizadas 14 convenções da Associação Brasileira de Ensino de Serviço Social (ABESS), atual Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS), em que o pano de fundo era a doutrina católica;

Obs.: Ideais cristãos na formação dos primeiros Assistentes Sociais; postura humanista, tendo for fundamentos a doutrina social da Igreja e o neotomismo. Os princípios de dignidade da pessoa humana, do bem comum (Santo Tomás de Aquino), se fizeram presentes na profissão até a década de 1960.

Tomismo e Neotomismo: afinal, do que se tratam?

Tomismo

Neotomismo

- Até o século XVIII - doutrina filosófica cristã elaborada pelo dominicano Tomás de Aquino;

- Século XIX – Retomada das ideias de Santo Tomás de Aquino;

- Dedicou-se ao esclarecimento das relações entre a verdade revelada e a filosofia, isto é, entre a fé e a razão;

- As relações entre Deus e o mundo, fé e ciência, teologia e filosofia, conhecimento e realidade.

- Primeira realidade a ser explicada deve ser Deus (fonte de todos os seres). Segunda realidade a ser analisada é o homem a pessoa humana, entendendo que a pessoa humana é composta de duas substâncias incompletas: alma e corpo. É da transformação destas duas substâncias em uma substância única que resulta o ser humano, distinto de qualquer outro ser. Este ser dotado de razão é capaz de escolha, de saber, de vontade;

- O corpo humano é o mais perfeito, o mais funcional e o mais complexo e a pessoa humana tem também uma perfeição espiritual que se manifesta através da racionalidade; a liberdade e a capacidade de escolha é também manifestação da inteligência do homem; dotado de vontade, o que lhe permite a escolha dos caminhos a percorrer na busca da virtude, do bem e no alcance do fim último, que é Deus. O homem é, também, um ser social em decorrência da própria natureza humana;

- O homem é também um “animal político”;

- “toda forma de autoridade deriva de Deus, respeitá-la é respeitar a Deus; toda forma de governo, desde que garanta os direitos da pessoa e o bem-estar da comunidade é boa” e o Estado deve respeitar a Igreja, assim não existe conflito entre fé e razão.

- Contexto percebido pela Igreja decorrente de crise e decadência da moral e dos costumes cristãos;

- Encíclica Aeterni Patris (1879), o papa Leão XIII propõe a restauração da filosofia tomista;

- O retorno desta filosofia não servirá apenas para a formação dos padres, mas se estenderá também aos leigos, formando também magistrados, homens políticos, diretores de obras sociais etc.

- Marcará profundamente o Serviço Social;

- Em 15 de maio de 1891, o Papa Leão XIII publicava a Encíclica Rerum Novarum (Das coisas novas), apresentando ao mundo católico os fundamentos e as diretrizes da Doutrina Social da Igreja;

- Assistentes sociais assumiam o documento e os ensinamentos ali contidos como base fundamental de seu trabalho;

- No Brasil: o Serviço Social foi criado em 1936, a partir das iniciativas dos grandes líderes da Igreja Católica no país, inspirados na Doutrina Social da Igreja, então enriquecida por uma nova Encíclica Social: a Quadragésimo Anno (redigida pelo Papa Pio XI, publicada no dia 15 de maio de 1931, em comemoração aos quarenta anos da Rerum Novarum);

- O Serviço Social gestou-se no seio da prática da “Ação Social Católica”, ou simplesmente “Ação Católica” –, no Brasil a profissão cresceu sob a liderança da Igreja e, até o início dos anos 1960, recebeu a influência direta e decisiva da sua “Doutrina Social”.

- O trabalho dos primeiros assistentes sociais dirigia-se, sobretudo, à classe trabalhadora, porém na perspectiva da conciliação das classes sociais. A visão de homem do Serviço Social era a pessoa humana, portadora de valor soberano, criado por Deus, único ser no universo capaz de se aproximar da perfeição. O objetivo do Serviço Social era moldar este homem, integrá-lo à sociedade, aos valores, a moral e aos costumes de uma sociedade cristã, a fim de que ele alcançasse a perfectibilidade;

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.9 Kb)   pdf (124.8 Kb)   docx (14.8 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com