TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Perfil Profissional Do Eng. Florestal

Artigos Científicos: Perfil Profissional Do Eng. Florestal. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  1/7/2014  •  1.193 Palavras (5 Páginas)  •  244 Visualizações

Página 1 de 5

Atividade de Pesquisa

Aluno:

Curso: Engenharia florestal

Perfil profissional

Sólida base nas ciências biológicas, exatas e humanas e forte consciência ecológica quanto a sua responsabilidade na conservação da natureza; profundos conhecimentos dos ecossistemas florestais, bem como das realidades sociais e econômicas nas diversas regiões do Brasil; juízo crítico e autônomo na sua área de conhecimento e atuação, saber o método científico para a análise e condução dos processos de tomada de decisão dentro dos princípios básicos da sustentabilidade; capacidade de intervir sobre os ecossistemas florestais através de uma prática de manejo adequados para cada situação ecológica, econômica e cultural.; conhecimento de como utilizar máquinas e equipamentos nas práticas florestais dentro dos critérios de racionalidade operacional e de baixo impacto ambiental; conhecimento dos processos de transformação industrial de recursos florestais, associando as propriedades da matéria prima florestal com a de produtos finais; visão crítica dos processos sociais, sabendo interagir com pessoas de diferentes grupos sociais e antropológicos e visão holística com aptidão para o trabalho em ambientes naturais e em atividades ligadas ao desenvolvimento rural.

Engenheiro florestal protege, conserva e recupera florestas.

 Perfil profissional para sustentabilidade

A sustentabilidade está relacionada, atualmente, não só como uma questão de responsabilidade ambiental, mas como um critério de mercado. Contemplar questões pertinentes ao uso conservacionista do solo, a produção e conservação da água tornou-se uma premissa para o produtor. Nesse cenário, a integração dos componentes pecuário, agrícola e florestal apresenta-se como grande potencial de benefícios econômicos e ambientais para os produtores e para a sociedade. São sistemas multifuncionais, onde existe a possibilidade de intensificar a produção pelo manejo integrado dos recursos naturais evitando sua degradação, além de recuperar sua capacidade produtiva.

A função do engenheiro florestal sempre foi e será de um elemento fundamental no setor produtivo aliado à preservação e conservação do meio ambiente. É preciso agir, entretanto agir com consciência, coerência, ponderação. O engenheiro florestal deve atuar sempre à margem da Lei e do Código Florestal Brasileiro (CFB) antigo e suas Leis complementares ou ao novo Código. De maneira geral, o setor florestal é o que mais preserva e cumpre as leis ambientais. Coube o ônus de degradação ocorrido no Brasil, aos desbravadores e ao conseqüente avanço da fronteira agrícola. Alguns por ímpeto capitalista, outros por simples negligência, entretanto espera-se que o novo CFB possa direcionar efetivamente para um Brasil altamente sustentável e produtivo.

 Histórico

Em 1960 foi criada a Escola Nacional de Florestas, primeira do ramo no Brasil instalada primeiramente em Viçosa - MG e posteriormente transferida para Curitiba - PR em 14 de novembro de1963, atualmente curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Paraná - UFPR. Neste mesmo ano da referida transferência foi criada a segunda Escola Superior de Florestas em Viçosa - MG, atualmente curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Viçosa. Assim, as duas primeiras escolas brasileiras do ramo foram criadas em Viçosa, no estado de Minas Gerais,embora a primeira tenha sido transferida para Curitiba, no estado do Paraná. O período inicial de funcionamento do curso, de 1961 a 1969 foi caracterizado pela existência do Convênio de Assistência das Nações Unidas, através da FAO, conhecido como "Projeto 52". De 1971 a 1982 vigorou, em Curitiba, o Convênio de Cooperação Técnica entre a Universidade Federal do Paranáe a Universidade Albert-Ludwig, em Freiburg na Alemanha. Foi durante este período que houve um efetivo desenvolvimento da Faculdade de Florestas de Curitiba, em ensino, pesquisas e extensão florestal, incluindo a criação em 1973, do primeiro curso de Pós-Graduação a nível de mestrado em Engenharia Florestal do Brasil. Posteriormente em 1982, foi também criado o primeiro curso a nível de doutorado em Engenharia Florestal do Brasil

 Legislação

RESOLUÇÃO Nº 186, DE 14 NOV 1969 (1)

“Fixa as atribuições profissionais dos Engenheiros Florestais”.

O Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, no uso das atribuições que lhe conferem o artigo 24, e a letra f do artigo 27 da Lei n. 5.194, de 24 de dezembro de 1966,

RESOLVE:

Art. 1º - São atribuições do Engenheiro Florestal:

I- Engenharia Rural, compreendendo:

a. atividades aplicadas para fins florestais de topografia, foto-interpretação, hidrologia, irrigação, drenagem e açudagem;

b. instalações elétricas de baixa tensão, para fins florestais;

c. construções para fins florestais, desde que não contenham estruturas de concreto armado ou aço;

d. construção de estradas exclusivamente de interesse florestal;

II- Defesa sanitária, compreendendo controle e orientação técnica na aplicação de defensivos para fins florestais;

III- Mecanização, compreendendo experimentação, indicação do emprego de tratores, máquinas e implementos necessários a fins florestais;

IV- Pesquisa, introdução, seleção, melhoria e multiplicação de matrizes, sementes, mudas, no campo florestal;

V- Padronização, conservação, armazenagem, classificação, abastecimento e distribuição de produtos florestais;

VI- Florestamento, reflorestamento, adensamento, proteção e manejo de florestas;

VII- Exploração e utilização de florestas de seus produtos;

VIII- Levantamento, classificação, análise, capacidade de uso, redistribuição, conservação, correção e fertilização do solo, para fins florestais;

IX- Tecnologia e industrialização de produtos e sub - produtos florestais;

X- Arborização e administração de parques, reservas e hortos florestais;

XI-

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.6 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com