TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Relatório Medidas E Volume

Por:   •  10/2/2015  •  1.493 Palavras (6 Páginas)  •  1.097 Visualizações

Página 1 de 6

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO

GRANDE DO NORTE.

CAMPUS APODI

DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL

PRÁTICA Nº 2:

MEDIDAS EM QUÍMICA – MASSA E VOLUME

ALUNAS: ACIMONIA BEZERRA DE MEDEIROS

DAYANA MARIA DA SILVA

MARIA DA SAÚDE ALVINA TÔRRES

TURMA: LICENCIATURA EM QUÍMICA - 2.8413.1N

PROFESSORA: LUCIANA BERTINI

DEZEMBRO, 2014

2

1. INTRODUÇÃO

Na química a medição é de suma importância. Portanto, é um procedimento

frequentemente realizado nos laboratórios. Várias são as vidrarias utilizadas para medir

massa e volume em geral, elas se destacam quanto a sua precisão e exatidão nos seus

respectivos resultados.

Dentre as diversas opções, as vidrarias utilizadas durante esta prática foram: Proveta

ou cilindro graduado, balão volumétrico e béquer ou becker.

Os desenhos representam as vidrarias usadas na prática. Desenho um: Proveta ou cilindro graduado, desenho dois:

Balão Volumétrico, desenho três: Béquer ou Becker.

Proveta ou Cilindro graduado: serve para medir e transferir volumes de

líquidos. Frasco com graduações destinado a medidas aproximadas de volume de

líquidos. Não pode ser aquecido.

Balão Volumétrico: recipiente calibrado de precisão. Possui volume definido e é

utilizado para o preparo de soluções em laboratório.

Béquer ou Becker: é de uso geral em laboratório. Recipiente com ou sem

graduação. Serve para fazer reações entre soluções, dissolver substâncias sólidas,

efetuar reações de precipitação e aquecer líquidos. Pode ser aquecido sobre a tela de

amianto.

Os procedimentos de medição requerem muitos cuidados e minuciosa atenção na

tentativa de obter as medidas mais precisas e exatas. Para que ocorra mais precisão e

exatidão deve-se observar a calibração dos equipamentos, a temperatura padrão e a

3

devida leitura do menisco. Esses cuidados são necessários evitar desvios e erros. Uma

vez que o equipamento está calibrado para uma determinada temperatura, uma variação

pode acarretar anomalias que interferirão no resultado final do experimento e

diminuirão sua eficácia e confiabilidade. No que se refere à leitura do menisco, uma

leitura errada implicará nas mesmas conseqüências citadas anteriormente. Então, para

que a medida do volume de um líquido no béquer, proveta graduada ou balão

volumétrico seja exata, o menisco deve estar no mesmo nível do olho, evitando os erros

de paralaxe – erros associados à incorreta posição do observador. A seguir a maneira

correta de leitura do menisco:

O desenho representa a leitura do menisco, no qual a figura A está correta e a figura B está errada.

4

2. OBJETIVOS

 Identificar os principais equipamentos e recipientes volumétricos;

 Manipular corretamente a vidraria disponível para determinação de volume;

 Analisar a exatidão dos recipientes volumétricos.

5

3. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

3.1

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.3 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com