TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo Do vídeo: O Caos - O Mundo Sem Petróleo

Pesquisas Acadêmicas: Resumo Do vídeo: O Caos - O Mundo Sem Petróleo. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  14/6/2014  •  843 Palavras (4 Páginas)  •  13.212 Visualizações

Página 1 de 4

O petróleo faz o mundo moderno girar, sendo usado nos nossos meios de transporte e na fabricação de uma infinidade de produtos. Este combustível fóssil é o principal do nosso mundo, altamente tecnológico e móvel, mas não dura para sempre. Plantas, animais mortos são expostos ao calor durante centenas de milhões de anos, estes produzem um néctar planetário primitivo, de onde se podem fazer coisas tão variadas, como pasta dos dentes, batons ou plástico. No entanto, o que aconteceria se um mundo que depende tanto do petróleo, subitamente ficasse sem ele?

Depois de 150 anos a extrair petróleo do solo, a humanidade depara-se agora com a falta súbita deste produto essencial à vida humana. No documentário é possível constar um cenário daquilo que aconteceria um dia em que as reservas de petróleo chegassem ao fim, o que mudaria no nosso mundo e a maneira como nos iríamos adaptar. Milhares de navios e aviões, milhões de veículos utilizam o petróleo para se deslocarem, os EUA consomem o dobro do que produzem e ele é um país que importa mais petróleo no mundo. Na Califórnia, a jazida de petróleo de Kern River, contém mais de quinhentos milhões de barris, capazes de abastecer os Estados Unidos durante cerca de um mês. E em caso de escassez, os 725 milhões de barris de crude guardados só seriam suficientes para abastecer o país durante um ano, mesmo poupando seus recursos.

Os dias e meses após o acontecimento catastrófico seriam muito confusos pessoas e produtos ficam retidos, o comércio internacional fica comprometido, as bolsas mundiais param assim como todo o comércio. A alimentação também iria mudar drasticamente, pois a falta de comida era um autêntico caos, além das falhas na eletricidade e com o inverno chegando à vida seria muito mais difícil. Milhões de empresas e indústrias fecham e os desempregados crescem exponencialmente a cada dia. Só na indústria do petróleo, 400.000 empregados em todo o mundo ficam sem trabalho de um dia para o outro. O aço deixa de ser produzido e a construção fica seriamente comprometida. A falta de petróleo acabará por fazer parar toda a vida humana rapidamente dando-se um colapso social quase imediato. O carvão, de onde se produz cerca de 40% da energia deixa de chegar ao seu destino e os blackout's eléctricos começam a aparecer com maior frequência. Veículos a diesel são agora os únicos a circular, abastecidos com óleo alimentar.

Os governos de todo o mundo têm de tomar decisões dramáticas, então eles decidem que a seja comece a ser plantada massivamente para a produção de diesel e logo de seguida o milho para produzir etanol, o novo combustível do futuro. Alguns veículos elétricos começam a aparecer e o lítio, necessário para as baterias, torna-se num produto fundamental. A Bolívia torna-se assim num dos países mais ricos do mundo, já que possui reservas minerais importantes deste elemento químico. Muitas pessoas fogem das cidades e dos seus lares em direcção ao campo em busca de alimento e de uma vida mais saudável. Um enorme êxodo de deslocados começa em todo o mundo. Sem pessoas, sem alimentos, sem combustível, as cidades entram em decadência acelerada. A produção de biodiesel duplica mas depende agora da sazonalidade das plantações anuais de milho. Como escasseia a comida surge o dilema: plantar para comer ou para produzir combustível? . O etanol é abandonado por falta de colheitas

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com