TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Serviço social na luta pelos direitos da populaçao LGBTQ

Por:   •  13/3/2019  •  Pesquisas Acadêmicas  •  423 Palavras (2 Páginas)  •  12 Visualizações

Página 1 de 2

UNIVERSIDADE TIRADENTES

SERVIÇO SOCIAL

ANDREZA JAIANNE LUCIENE DA SILVA

                      ERIK JONATHAS DE OLIVEIRA SILVA  

CARUARU-PE

2018

Serviço Social na luta pelos direitos da população LGBT

Na atualidade o Serviço Social vem travando batalhas na defesa do acesso à direitos, para classe a classe LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transsexuais). O CEFESS juntamente com outras entidades vem contribuindo por meio de ações que reconheçam o respeito à livre identidade de gênero, e orientação sexual como particularidades da diversidade humana. Trabalhando a luta contra a homofobia, legosfobia, transfobia social e institucional bem como contra a ideologia patriarcal heterosexista.

 Essa classe passa por discriminações, danos psicológicos, agressões físicas e verbais entre outros, causando entre essas vítimas ressentimentos e baixa autoestima, homicídios. É possível traçar políticas públicas de prevenção a práticas dos crimes, tais como intensificação de policiamento com treinamento específico, campanhas educativas, possibilidade de inserção de vítimas e autores de violência em programas de assistência social ou atendimento psicológico. Conforme dados de entrevistas os casos de violência contra homossexuais são constantes com registros de ocorrência semanalmente.

Um dos grandes papéis do Serviço Social é trazer para a vítima o acompanhamento psicossocial, o profissional será responsável por trabalhar a parte psicológica da vítima e seus familiares e amigos envolvidos no caso, buscando também os agressores dos mesmos. O assistente social será responsável por fazer o estudo social dos envolvidos de cada caso, e também fazer os devidos encaminhamentos e as possíveis intervenções profissionais.

O Brasil ainda é o país que mais mata homoxessuais, e mesmo com o surgimento de tantos grupos LGBT, lutando contra todas as formas de preconceitos e discriminações, ainda não tem conseguido inibir o grande número de crimes causados pela homofobia, isso vem trazer como fato, de que esta luta deve ser travada por todos e não apenas por uma pequena parcela da sociedade que sofre com esta violência.

O serviço social terá um papel importante nessa trajetória, vai trabalhar juntamente com a família a aceitação da diversidade social dos sujeitos. Também vai viabilizar o acesso a direitos da classe LGBT, buscando conscientizar os autores da violência, sobre a importância do respeito mútuo. E através desse trabalho psico social realizado com a vítima, família e agressores, temos como investigar de onde vem os motivos que foram atenuantes para se chegar até este ponto.

Portanto, sabemos que a educação é a porta para se combater a intolerância de gênero, e que através do respeito podemos mudar essas situações.  

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)   pdf (52.9 Kb)   docx (7.8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com