TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DNA: A PROMESSA E O PREÇO

Por:   •  10/1/2019  •  Resenha  •  619 Palavras (3 Páginas)  •  30 Visualizações

Página 1 de 3

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO-UPE

CAMPUS PETROLINA

COLEGIADO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS-CCB

DNA: A PROMESSA

E O PREÇO

PETROLINA-PE

2016

Trabalho solicitado como requisito de avalição parcial da disciplina de biotecnologia do curso de ciências biológicas da Universidade Pernambuco-Upe

Professora: Adália Maria Monteiro Rodrigues Rocha

PETROLINA-PE

2016

DNA: A PROMESSA E O PREÇO

O documentário fala sobre a ciência genética e o DNA, o avanço que esse ramo da biologia vem gerando. Conta-se que por meados do século XXI foi constatada uma revolução genética, o tal estudo vem gerando bilhões de questionamentos sobre diversos temas, mais o principal deles é a cura ou prevenção de doenças que já duram há tempos, no entanto ainda não foi descoberto nada que de fato pudesse cura ou preveni-las.

O DNA foi descoberto em 1869 pelo bioquímico suíço Johann Friedrich Miescher (1844-1895), discípulo do professor Ernst Felix Immanuel Hoppe-Seyler (1825-1895), que desenvolveu vários estudos importantes, principalmente no que se refere à hemoglobina. Mas, até então, não se conhecia a estruturação tridimensional do DNA - e nem como poderia ser sua configuração molecular.

Mas somente Em 1953 através de Watson e Crick que juntos, elaboraram um modelo da dupla hélice para a molécula de DNA. Modelo no qual é compatível com os resultados experimentais que haviam sido obtidos até aquele momento. Esse modelo serviu de base para experimentos históricos que confirmaram a hipótese inicial desses cientistas.

No documentário também é relatado dados de uma pesquisa feita referente aos avanços da medicina genética no qual foram coletados dados de 8 países diferentes, um dos primeiros e principais questionamentos foi: a ciência genética pode beneficiar a humanidade? Como respostas mais significante teve-se que cerca de 67% dos ingleses e 82% dos americanos acreditam que sim a ciência genética é positiva. Quando questionados sobre se a pesquisa poderia ser prejudicial a natureza 65%  dos ingleses e 52% dos poloneses acreditam que a pesquisa é sim prejudicial a natureza e que vai também contra os princípios religiosos.

O ultimo questionamento foi se os benefícios iriam superar os riscos e em geral 54% da metade pesquisada concordou, mas destes 45% dos ingleses não se convencem disso.

A promessa da ciência genética é acabar com as suposições nos diagnósticos das doenças, é descobrir os genes das doenças que mais matam no mundo e com isso poder providenciar algo (remédio ou tratamento) para evita que as mesmas venham a se desenvolver futuramente. Entre essas doenças encontram-se o câncer, diabetes e cardíacas ambas têm base genética e a ciência genética busca uma solução pra elas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.1 Kb)   pdf (80.3 Kb)   docx (12.2 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com