TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Disciplinas norteadoras organização do trabalho pedagógico e psicologia da educação e da aprendizagem

Por:   •  12/4/2016  •  Artigo  •  5.795 Palavras (24 Páginas)  •  161 Visualizações

Página 1 de 24

Disciplinas norteadoras organização do trabalho pedagógico e psicologia da educação e da aprendizagem

Introdução

O presente trabalho levanta a problemática de como tem se desenvolvido a prática pedagógica dos educadores nas séries iniciais do Ensino Fundamental diante da inclusão de crianças com deficiência intelectual sem o subsídio de uma boa formação preparatória, situação esta que evidência a importância da predisposição do educador em favorecimento deste aluno em processo de inclusão educacional.O objetivo desta pesquisa é fornecer subsídios para uma reflexão sobre a prática docente diante da inclusão de crianças com deficiência visando problematizar essa vivência diária a fim de conscientizar os educadores da importância da sua ação educativa no processo aquisição e construção do conhecimento assim como para o desenvolvimento destes alunos. Essa pesquisa se justifica na possibilidade de conscientizar e promover reflexões sobre a diferença da ação educativa baseada da afetividade e espontaneidade, contra aquela que é baseada no autoritarismo, nas diferenças e nos resultados.

Meu amiguinho diferente é especial

Passo1

Yasmim Aluna do quarto ano descreve seu amiguinho com síndrome de down.

Aluna Ana Julia descreve sua amiga Larissa com deficiência visual

Aluna descreve seu colega com deficiencia motora

Aluna descreve colega cadeirante

Aluna descreve seu amigo com deficiência visual

Entrevistas a um docente que trabalha com crianças com deficiência

Passo 2

Um desafio grande ainda é lidar com a expectativa e o medo dos pais que esperam muito dos educadores e ao mesmo tempo em que querem incluir seus filhos na sociedade também temem que sofram preconceitos e pelas dificuldades que enfrentarão ao longo do aprendizado. A inclusão ainda é um grande desafio para os professores, mas recompensado com cada aprendizado adquirido pelos alunos portadores de deficiência. È um trabalho que exige muita dedicação e carinho, mas que faz toda a diferença na vida de todos, tanto professores, como pais e alunos.

Francielle Freitas 29 anos professora

Como é lidar com um aluno deficiente?

Lidar com a deficiência de alguém é algo difícil e exige uma total mudança de atitudes e ações, mas principalmente, exige uma mudança no que se pensa ser uma deficiência, pois ela não é algo que possa ser cura do, exterminado ou normalizado. Muitos professores e outros profissionais que lidam com pessoas com deficiência se deparam com pais que esperam somente por resultados, esperam o milagre acontecer por intermédio da escola, do psicólogo, do fonoaudiólogo, de terapeutas e tantos outros profissionais. Muitos pais esperam que estes profissionais consigam transformar a deficiência em eficiência e com isto não participam da vida, do desenvolvimento do filho, ficam alheios a ele e acabam expressando seu amor e desespero por um filho diferente e especial de forma superprotetora, de não-aceitação da deficiência, da necessidade especifica que a criança apresenta, o que acaba por prolongar o desenvolvimento motor e cognitivo da criança que se desde a tenra idade recebesse a estimulação necessária teria suas necessidades específicas reduzidas agregando-lhe maior qualidade de vida.

Falando em família você acha que a mesma ajuda ou atrapalha nesse processo de inclusão adotado pelo educador?

Amor não é superproteção, Superproteção é negar a diferença do outro, então fazemos por ele o que julgamos que ele jamais será capaz. Superproteger uma pessoa é superestimar

...

Baixar como (para membros premium)  txt (26 Kb)   pdf (140.9 Kb)   docx (21.7 Kb)  
Continuar por mais 23 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com