TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Educação Educações: Aprender com o índio

Por:   •  12/12/2016  •  Resenha  •  2.073 Palavras (9 Páginas)  •  13 Visualizações

Página 1 de 9

Educação Educações: Aprender com o índio

Na fala dos índios eles inibem a expressão com tom de ingenuidade e independência, pois não aderiam à forma padrão de educação que está sendo imposta pelos brancos, toda a nação tem sua crença e ensinamentos, assim os povos aprendem conforme seus costumes.

Mesmo em um país que é dado a educação, cada lugar tem seus costumes e ensinamentos diferente e fogem do que é ‘’certo’’ para a sociedade. Pois cada um tem o seu saber de acordo com local e vivencia.

As escolas seguem um padrão de ensino exigido e cada lugar tem que complementar seus ensinamentos de acordo com a experiência e vivências anteriores e é direito de cada cidadão ter acesso a mesma, a escola é um lugar que há um contato com aprendizado, além do que se aprende em casa e no decorrer da vida.

O professor tem o papel fundamental na educação de cada individuo, pois além de ensiná-los de acordo com o que o sistema determina, muitos vão além, transmitindo a realidade do mundo, formando pessoas criticas que lutam pelo seu objetivo.

Fax de Nirso

O Nirso era um excelente vendedor, que pela escrita e fala não teve um estudo, e se teve não estudou o suficiente, a forma em que ele fala é a mesma que é escrita. O gerente então ficou preocupado já que Nirso não tinha estudo adequado para exercer aquele cargo, pois ele estava visando à imagem da empresa, e mesmo para um bom desempenho é preciso visar os detalhes e seus funcionários, ainda mais que o nirso era um bom vendedor e representava suas lojas e filiais. O gerente então levou o caso adiante e apresentou-se para o presidente da firma.

O presidente vendo as contabilidades do vendedor, não focara na imagem da empresa e sim nos lucros que estava tendo, percebeu-se então que o vendedor era bom de papo e prestativo vendia muito por onde passava. Resolveu-se então adotar a tática de Nirso como forma de agradecê-lo resolveu agir da mesma maneira. O gerente não entendeu a posição do presidente e ficou preocupado em preservar a empresa, onde aos seus olhos essa atitude do Nirso e presidente iriam trazer prejuízo, porém o presidente esta feliz.

Não vejo errada a atitude do presidente, pois hoje o falar e se expressar e ter uma boa escrita são característica para um bom currículo, sem falar que é muito importante para empresa. Por outro lado achei a atitude do presidente egoísta e interesseiro ele não estava preocupado com a situação em que Nirso se encontrava ele estava preocupado com a contabilidade e começou agir da mesma forma.

Hoje a educação segue um método padrão não há mais ensino como antigamente e também não se aprende como antes, o professor hoje não tem a liberdade de ensino, onde ele consiga se expressar e nem colocando em pratica aquilo que é de suma importância. Já o aluno não se dedica querem tudo de mão ‘’beijada’’ como então preparar para o mercado de trabalho se eles não se preocupam em ser alguém futuramente.

História para chapeuzinho vermelho (versão lobo)

O lobo colocou que em nenhum momento foi ouvido ele não teve a oportunidade de falar e foi julgado pela aparência. Tanto a chapeuzinho vermelho e a vovozinha achava que ele iria fazer algum mal e foi isso que aconteceu. O lobo foi praticamente obrigado a comer as duas, pois ambas não deram nem a chance do lobo se explicar, assim como ele foi morto sem ao menos se defender, seu único jeito era defender seu território

Devemos dar à oportunidade de falar, porque nem sempre o que achamos é verdade e a verdade vista pelas pessoas é através da expressão, como dito o lobo não teve a oportunidade de se impor.

Não acho justo privar a pessoa de se expressar todos nós temos o direito de falar não importa se é minoria ou maioria.

Em base o que é passado e aprendido a única verdade é que sem estudos e sem conhecimentos não se dar para ir muito longe, pois o conteúdo é a chave de se ter um conhecimento.

Uma pescaria inesquecível

 O pai sabia que não tinha ninguém por perto e poderia levar o peixe para casa, fazendo então a vontade do filho, porém ele percebeu que essa atitude pudesse prejudicar e não seria correto, uma vez que estava proibindo a pesca. Ele mostrou para seu filho que para agir da maneira correta não precisava de ninguém olhando, o filho então ficou aborrecido com o pai já que ele não tinha entendimento. Com o passar dos anos pude perceber o quanto foi importante a forma de agir que o pai tomou diante daquela situação é a mesma que ele passou para os filhos. Pois a boa educação te acompanha de geração a geração.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.3 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »