TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Documentário Habeas Corpus

Por:   •  31/3/2021  •  Resenha  •  373 Palavras (2 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 2

RESENHA DO FILME “HABEAS CORPUS”

[pic 1]

O casal, ciente que o feto era incompatível com a vida, conseguiu uma autorização judicial legal para interromper a gravidez. Sendo assim, buscaram iniciar a medicação para o processo do aborto, que era a vontade do casal e, estava ocorrendo de forma legal. Já sentindo as dores do parto, Tatielle foi informada pelo hospital que teriam que interromper o atendimento médico, pois haviam recebido uma ligação de que o padre da cidade havia conseguido um habeas corpus que a impedia de continuar no hospital. Com isso, o casal teve que voltar para casa.

O esposo indignado com  a situação, desabafou dizendo que: “Uma pessoa para ser um padre tem que ser preparado. Eu acho que ele não é preparado para ser um padre não. Que ao invés de ajudar, ele destrói a gente. Acaba com tudo.” Diante desse desabafo, percebe-se que o esposo não estava se referindo apenas a dor do parto, mas também ao emocional da sua esposa, e como seria difícil ver a filha nascer e logo em seguida falecer.

Depois cinco dias em casa, Tatielle entra em processo de aborto espontâneo e é levada para o hospital de Morrinhos. A família ficou indignada com o descaso da equipe médica, que disseram que podiam apenas fazer uma ultrassom. Após a ultrassom o médico disse à jovem que o bebê ía nascer e a levaram para a sala de parto. Mesmo com toda dor e sofrimento, a jovem mãe pediu para vê sua filha e, a profissional da saúde se mostrou irônica e fria, sem demostrar nenhum sentimento ao que estava acontecendo.

Com tudo, como se não bastasse a dor da família, a funerária agiu com total desrespeito e falta de profissionalismo, querendo ditar as regras a eles. Dessa maneira, o padre se mostrou individualista em entrar com o pedido de habeas corpus sem entender o motivo pelo qual aquele casal estava interrompendo uma gravidez e, sem pensar em como seria a vida deles em ver sua filha nascer e logo em seguida falecer.

Além disso, diante de tudo que estava acontecendo, faltou humanização, respeito e apoio dos profissionais da saúde com a família, pois os pacientes têm o direito de serem tratados com dignidade independente da situação.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)   pdf (68.6 Kb)   docx (9 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com