TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

EFEITOS DA APLICAÇÃO DO LINFOTAPING COMO TÉCNICA COADJUVANTE NO PÓS-OPERATÓRIO CIRURGIAS PLÁSTICAS ABDOMINAIS

Por:   •  22/3/2020  •  Trabalho acadêmico  •  2.662 Palavras (11 Páginas)  •  3 Visualizações

Página 1 de 11

UNIESP - CENTRO UNIVERSITÁRIO

ALUNO (A): GEORGIA INÁCIO / FISIOT. DERMATOFUNCIONAL

FISIOTERAPIA-P6 (MANHÃ) / PROFª: ANNE SANTOS

Resumo Dos Artigos

Março de 2020

cabedelo/PB

ARTIGO 1: EFEITOS DA APLICAÇÃO DO LINFOTAPING COMO TÉCNICA COADJUVANTE NO PÓS-OPERATÓRIO CIRURGIAS PLÁSTICAS ABDOMINAIS.

        A cirurgia plástica está intimamente ligado à autoestima e bem-estar dos pacientes, oferecendo melhor qualidade de vida do indivíduo. E dentre as cirurgias plásticas mais utilizadas destaca-se a abdominoplastia. A abdominoplastia pode também ser chamada de dermolipectomia, e é utilizada para correções estéticas abdominais decorrentes de flacidez muscular, excesso de emagrecimento gestações sucessivas, diástase abdominal e até mesmo hérnia. Após a cirurgia plástica de abdômen o paciente precisa de alguns cuidados essenciais para uma adequada recuperação de qualidade tecidual, sendo individual o uso de cinta elástica no período de 45 a 60 dias, repouso de 24 a 48 horas, andar com tronco curvado para não forçar o abdômen.

        Os linfonodos ou nódulos linfáticos, agrupados principalmente em algumas regiões do corpo, como virilha, axila e no pescoço, desempenham um papel importante na defesa e na imunologia do organismo. Eles funcionam como filtros, que vão identificar e tentar combater os agentes agressores, como infecções, vírus e células cancerígenas. A técnica de bandagem foi criada na década de 70, e surgiu como uma técnica de custo baixo, utilizam fitas elásticas aderentes, com a finalidade de limitar a função da pele, atuando assim, no alivio da dor. A aplicação da técnica de linfotaping no pós-cirúrgico de cirurgias plásticas,  tem sido utilizada de várias formas como técnicas de tratamento, mas somente nos últimos 20 anos tem sido usada, principalmente, com uma prática da fisioterapia. A aplicabilidade da bandagem funcional é muito ampla e tem sido usada na prevenção e no tratamento de disfunções musculoesqueléticas, articulares, neurais e miofasciais. A fisioterapia dermato-funcional tem sido amplamente recomendada pelos cirurgiões plásticos como forma de tratamento para cirurgias plásticas. É no pós-operatório que a fisioterapia apresenta sua maior atuação e planejamento do tratamento é variável e depende das características individuais de cada cirurgia cabe ao fisioterapeuta durante a avaliação observar vários fatores como retrações musculares, alterações articulares, desvios da postura que levam as alterações funcionais e estéticas, além da avaliação das condições circulatória , observando a presença de edemas ou linfedemas. O plano de tratamento fisioterápico no pós-operatório é muito amplo e depende das características observadas na avaliação como analise do trofismo muscular e cutâneo, avaliação da presença de edemas, dor e sensibilidade, cicatriz, tipo de cirurgia. O linfotaping ou taping linfático é uma das técnicas inovadoras de aplicação das bandagens elásticas; é uma forma rápida e eficaz que capacita o corpo em atuar diretamente no processo natural de cura. É uma técnica que age como mecanismo de circulação e estimulação sanguínea e linfática proporciona uma significante melhora da textura da pele, na redução de edemas, analgesia, aderências cicatriciais, promove uma rápida recuperação nas áreas com  , além de diminuir as possíveis complicações. É importante lembrar que a fita deve ser aplicada com base próxima ao nódulo linfático, para onde será dirigido o exsudato, cumpre destacar que as cirurgias, trazem um certo desconforto, geralmente no pós-operatório, ocasionando dores equimoses, edema e fibroses Ao se aplicar o Linfotaping, surge alguns efeitos fisiológicos, que promove também a diminuição de dores musculares, da congestão linfática ou hemorragias que venham surgir embaixo da pele.

        A utilização desse método é utilizado, também, em cicatrizes hipertróficas, onde apresentam fibroses e onde surgem hematomas, proporcionando absorção, Atualmente, há um crescimento das cirurgias plásticas no país e a tomada de decisão por tal procedimento, faz com que seja necessário o esclarecimento prévio das técnicas adotadas e as possíveis complicações pós-operatórias. Entretanto, uma vez indicada a abordagem fisioterapêutica no pós-operatório, o fisioterapeuta deve ser capaz de informar, prevenir e orientar não só o paciente, assim como seus familiares, sobre os cuidados indispensáveis nesse período com a incisão e o repouso. Portanto, o objetivo desse trabalho foi evidenciar os efeitos do linfotaping em processos cirúrgicos estéticos, com ênfase a abdominoplastia, baseando na anatomia do sistema linfático; no mecanismo fisiopatológicos no pós-operatório de abdominoplastia e ainda elucidar os métodos se aplicação e os efeitos da técnica após a avaliação fisioterapêutica.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.6 Kb)   pdf (143.2 Kb)   docx (14.6 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com