TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Caso Clínico - Tromboembolia e infarto Hemorrágico no Intestino

Por:   •  22/11/2021  •  Trabalho acadêmico  •  384 Palavras (2 Páginas)  •  43 Visualizações

Página 1 de 2

Caso Clínico 7 - Tromboembolia e infarto hemorrágico no intestino

Resumo clínico:

Paciente de 72 anos, sexo masculino, portador de arteriosclerose sistêmica grave, e história de infarto antigo do miocárdio, dá entrada no H.U. com quadro de abdome agudo. Após avaliação clínica, realizou-se o procedimento da laparotomia exploradora, constatando-se que as alças do intestino delgado, em quase toda sua extensão, encontravam-se hemorrágicas e friáveis (amolecido, enfraquecido). Foi realizada uma enterectomia parcial e o material foi enviado para análise histopatológica.

Macroscopia:

O segmento do intestino delgado apresentava na sua maior parte paredes adelgaçadas (finas), escuras, opacas e friáveis. Em conjunto com as alças intestinais segue o mesentério, onde se observa a artéria mesentérica superior armada (dilatada), com a luz ocluída por material um esbranquiçado e granular.

Anotações:

  • Processo patológico: Aterosclerose (perda da elasticidade da parede arterial; causa mais provável é o acumulo de gordura no endotélio vascular)

  • Possíveis causas que levaram ao desenvolvimento da doença:

- É mais comum em HOMENS com mais de 50 anos de idade;

- Diabetes;

- Tabagismo;

- Obesidade;

- Sedentarismo;

- Predisposição genética.

  • O paciente apresentava infarto hemorrágico intestinal, as artérias que levam o sangue para o intestino ficaram bloqueadas, impedindo que o O2 chegue ao tecido, provocando necrose.

 O paciente também apresentava infarto no miocárdio.

  • Possíveis causas que levaram ao desenvolvimento da doença:

Pode ser consequente da trombose mural, sendo capaz de se fixar na parede do coração e na luz da aorta ao mesmo tempo.

*A aterosclerose levou a trombose.

 A placa de gordura do vaso sanguíneo aterosclerótico bloqueia a artéria mesentérica e faz com que sua luz seja bloqueada pelo material esbranquiçado. Essa obstrução intestinal levará ao infarto hemorrágico e, em seguida, o intestino sofrerá anastomose arterial. Sendo assim, a oclusão da artéria mesentérica fará com que o sangue que chegue através da irrigação colateral que nem sempre possui pressão de perfusão suficiente para manter a nutrição e oxigenação, o que pode explicar o aspecto de sangramento do órgão. Além do mais, foi realizada uma laparotomia exploradora e o abdome foi exposto, sendo possível a compreensão dos sinais e sintomas do paciente. Eles identificaram que a alça do intestino delgado estava sangrando e por meio de uma análise, descobriram que a parede era fina, escura, opaca e frágil por conta da insuficiência sanguínea que acarretou na perda de temperatura como também a necrose do órgão.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)   pdf (62.8 Kb)   docx (8.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com