TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ADS UNOPAR Portifólio Individual 3º Semestre

Por:   •  2/5/2013  •  1.881 Palavras (8 Páginas)  •  934 Visualizações

Página 1 de 8

SUMÁRIO

1 – LISTAS LINEARES 3

1.1- fundamentos 3

1.2- critérios mais usuais 3

1.3- ROTINAS E FUNÇÕES DE MANIPULAÇÃO 3

1.4- LISTA DUPLAMENTE ENCADEADA 4

1.5- LISTA SIMPLESMENTE ENCADEADA 5

1.6- BANCO DE DADOS 5

4.1- ACID 6

4.2- ATOMICIDADE 6

4.3- VANTAGEM DA ORIENTAÇÃO A OBJETOS 7

4.4- POLIFORFISMO 7

3 - CONCLUSÃO 10

REFERÊNCIAS 11

– Listas Lineares

2 fundamentos

Uma lista linear é um conjunto de n elementos(x1,x2,x3...) cuja propriedade estrutural envolve as posições relativas de seus elementos.

– Supondo n=0: lista vazia

– x1 é o primeiro elemento

– para 1 < k < n, xké precedido por xk−1 e seguido por

xk+1

– xné o último elemento.

3 critérios mais usuais

Como exemplo de aplicação para filas, pode-se citar a fila de processos de um sistema operacional. Nela, é estabelecido um tempo t a ser usado por cada um dos processos. Se durante a execução de um processo o tempo passa de 0 a t, este é posto na fila e o processo seguinte é executado. Se o processo seguinte não terminar de ser executado no tempo t, ele é posto na fila e o processo subsequente é executado, e assim por diante até todos os processo serem executados.

1) Lifo (“LAST IN FIRST OUT”) - O ÚLTIMO ELEMENTO QUE ENTROU É O PRIMEIRO A SAIR. ESTRUTURAS LINEARES COM ESTA DISCIPLINA DE ACESSO SÃO DENOMINADAS PILHAS.

2) Fifo (“FIRST IN FIRST OUT”) - O PRIMEIRO ELEMENTO QUE ENTROU É O PRIMEIRO A SAIR. ESTRUTURAS LINEARES COM ESTA DISCIPLINA DE ACESSO SÃO DENOMINADAS FILAS.

4 ROTINAS E FUNÇÕES DE MANIPULAÇÃO

1. Criar uma pilha P vazia;

2. Testar se P está vazia;

3. Obter o elemento do topo da pilha (sem eliminar);

4. Inserir um novo elemento no topo de P (Empilhar - Push);

5. Remover o elemento do topo de P (Desempilhar - Pop)

5 LISTA DUPLAMENTE ENCADEADA

Uma lista duplamente encadeada é uma estrutura que possui em cada elemento (nó) da lista, dois ponteiros: um para guardar o endereço do próximo elemento e o outro para guardar o endereço do elemento anterior. Em algumas aplicações que é necessário caminhar em uma lista para ambos os lados é interessante a utilização deste tipo de lista. . [pic]

Funções

Função para inclusão de um novo elemento no início da lista:

TlistaD* Inclui_inicio (TlistaD *prt, int valor){

TlistaD *novo;

if (novo=(TlistaD*)malloc(sizeof(TlistaD))){

if (ptr==NULL){

novo->info=valor;

novo->prox=NULL;

novo->ant=NULL;

ptr=novo; }

else {

novo->info=valor;

novo->prox=ptr;

ptr->ant=novo;

novo->ant=NULL;

ptr=novo; }

return (ptr);

}

else{

printf(“Erro ao alocar memoria!”);

exit (1); }

}

6 LISTA SIMPLESMENTE ENCADEADA

Uma lista simplesmente encadeada é uma sucessão de nós onde cada nó aponta para o próximo nó da lista. O nó que

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.9 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com