TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ANÁLISE DO USO DAS REDES SOCIAIS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Por:   •  13/12/2014  •  531 Palavras (3 Páginas)  •  304 Visualizações

Página 1 de 3

O uso didático de mídias na escola representa uma crítica ao alardeado e necessário processo de modernização do sistema educacional pautado no simples uso das chamadas "novas" tecnologias que buscam elevar o mesmo tipo de educação a um maior grau de eficácia e eficiência. Ao mesmo tempo, essa expressão aponta para um problema fundamental: diante do contexto atual de mudanças, marcado pela presença das tecnologias, as formas de educação, normalmente concentradas no modelo da escola única, precisam ser repensadas, reinventadas, pluralizadas. Isso significa inclusive superar o modelo de "aula" como única possibilidade de espaço tempo de relações entre os sujeitos envolvidos no processo educativo.

Na educação são grandes as contribuições, sobretudo com a chegada das mídias e dentre elas a internet, possibilitando um vasto conhecimento. Com isso, mudam-se também os paradigmas de ensinar e aprender. As escolas enfrentam grandes desafios em relação aos novos paradigmas educacionais, as novas formas de se comunicar, as novas exigências profissionais, a diversificação das formas de ensinar e aprender redimensiona e conduz a organização curricular a partir da inserção das mídias na educação e das exigências da sociedade atual.

Como é possível notar, não se pode desconsiderar as mídias, sua importância na educação e na formação de professores, visto que as mesmas são imprescindíveis nos novos processos comunicacionais e sem dúvida o professor é um profissional capaz de desenvolver seu trabalho utilizando essa ferramenta de modo satisfatório, transformando-a em aliada para a aprendizagem de seus alunos.

A maior vantagem diante dos usos das redes sociais no processo de ensino e aprendizagem seria que as escolas, professores e alunos, interagissem entre si com um maior número de troca de experiências. Contudo, essas discussões deveriam girar em torno da educação, caso contrário, a rede social se torna apenas uma espécie de lazer e entretenimento.

Ao analisarmos o funcionamento de uma rede social conseguimos perceber várias formas de interação entre usuários diferentes e temos acessos a dados comportamentais, sociais e pessoais das pessoas. A utilização destas ferramentas enquanto recursos educativos permite um melhor acompanhamento do estudo e evolução dos alunos por parte do professor.

No entanto, existem também as desvantagens nos usos dessas tecnologias, sobretudo no caso de crianças muito pequenas, uma vez que as redes sociais são comunidades abertas a todo o mundo. A utilização no processo de ensino e aprendizagem deve ser controlada e orientada pelos professores e com objetivos meramente escolares. O professor para além de indicar as vantagens da utilização destas ferramentas, deve também alertar os alunos para o seu perigo. Tanto as dificuldades quanto as vantagens demonstram que existe uma grande tendência de adaptação

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com