TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATENDIMENTO DAS FORMAS DE PVC ÀS CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS CONSTANTES DA NBR 5738 - MOLDAGEM E CURA DE CORPOS DE PROVA CILÍNDRICOS OU PRISMÁTICOS DE CONCRETO

Por:   •  31/7/2017  •  Relatório de pesquisa  •  1.236 Palavras (5 Páginas)  •  177 Visualizações

Página 1 de 5

RELATÓRIO DE PESQUISA

ATENDIMENTO DAS FORMAS DE PVC ÀS CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS CONSTANTES DA NBR 5738 - MOLDAGEM E CURA DE CORPOS DE PROVA CILÍNDRICOS OU PRISMÁTICOS DE CONCRETO.

Prof. Dr. Emir Cesar Maida

Eng. Cesar Maida Neto

Agosto, 2003

S U M Á R I O

1 – Introdução

2 – Condições Iniciais

3 – Condições Preliminares

4 – Objetivo

5 - Metodologia

5.1 Quantidade de Medidas

5.2 Resultados e Conclusões

6 – Recomendações

7 – Referências Bibliográficas

1 – Introdução

A Norma Brasileira NBR 5738 MOLDAGEM E CURA DE CORPOS DE PROVA CILÍNDRICOS OU PRISMÁTICOS DE CONCRETO de Abril de 1994, em seu item 4.1.1 que trata dos moldes para corpos de prova de concreto permite a possibilidade de utilização de outro material que não o aço para esse objetivo, desde que este outro material seja não absorvente e quimicamente inerte com os componentes constituintes do concreto.

Surgiu então a possibilidade de uso no Brasil de formas de plástico para moldagem de CP de concreto.

Os tubos de PVC rígido apresentam todas as condições para um aproveitamento econômico, conforme pode ser verificado nesse trabalho, atendendo a todas as condições estabelecidas na citada norma.T

A esse respeito o autor solicitou em 20/12/1995 patente junto ao INPI do sistema de formas e desmoldagem que vem sendo utilizado desde aquela data na empresa CONCRETESTE Tecnologia em Materiais S/C Ltda e sua antecessora com ótimos resultados, apresentando vantagens econômicas interessantes sem prejuízo na precisão dos resultados, ao contrário, melhorando-os.

Como vantagens do sistema podemos citar a diminuição significativa do peso da forma, aumentando a capacidade de transporte pelos veículos, eliminação total de riscos e ranhuras observados nos veículos transportadores, facilidade incrível de desforma que é feita em fração de segundos por ar comprimido, eliminação de defeitos dos corpos de prova quer sejam nas suas dimensões, na ovalização com as chapas de aço e nos riscos de emendas das chapas de aço mal fechadas.

Aliados ao custo, simplicidade de fabricação e baixa manutenção, as vantagens geométricas e as vantagens de transporte e de operação, fazem do sistema um avanço nesta tecnologia, deixando para traz as velhas formas calandradas e pesadas.

2 – Condições Iniciais

As formas plásticas são executadas em PVC rígido, fabricadas de acordo com a NBR 5648 Pe CP 19-6,3 PN 600 KPa CL12 – Pressão de Serviço 6,0 Kgf/cm2 junta soldável PBS.

Nesse produto o diâmetro externo é de 110,0 ± 0,4 mm e a espessura das paredes é de 5,0 ± 0,3 mm o que verifica-se como menor diâmetro

interno (109,6 – 2x 5,3) mm= 99 mm e como maior diâmetro externo (110,4 – 2x 4,7) mm = 101 mm quando nova.

Isso que dizer que teoricamente os tubos medem internamente [99,101] mm.

As dimensões normalizadas nos moldes para ensaio de compressão constantes na NBR5738 constantes da tabela 1 preconizam (100± 1) mm para o diâmetro.

Assim esse material é adequado geometricamente para a utilização objeto deste, com relação ao diâmetro de fabricação e suas tolerâncias.

Isso pode ser comprovado na prática através do controle de qualidade dimensional das formas, elaborado pela CONCRETESTE Tecnologia em Materiais S/C Ltda, que é feito anualmente além de ser refeito todas as vezes que a forma é encaminhada para manutenção. A mesma precisão também é observada na altura dos moldes.

3 – Condições Preliminares

A NBR 5738 – Moldagem e cura de Corpos de Prova Cilíndricos ou Prismáticos de Concreto estabelece:

Tabela I – Espessuras e tolerâncias para moldes de corpos de prova de concreto

Tabela 1 – Espessuras e tolerâncias para moldes de corpos-de-prova de concreto

Espessuras Mínimas das paredes Dimensão Tolerâncias

Dimensões Básicas

100 ≥ 150

Moldes cilíndricos base 4,5 - Dimensões nominais (diâmetro de altura) ± 1,0 ± 1,5

- Diferença máxima entre as dimensões de dois diâmetros ortogonais, um deles passando pela geratriz cortada do molde 1,0 1,5

parede 3,0 - Desvio máximo da placa de base do molde em relação a um plano 0,05 0,05

- Desvio máximo de qualquer geratriz em relação a um plano 0,03 0,3

Moldes Prismáticos Base 12,0 - Dimensões Nominais (dimensão básica e altura) - ± 1,5

Parede 12,0

4 – Objetivo

O objetivo desse trabalho é a verificação do atendimento das formas de PVC às características geométricas constantes da NBR 5738 MOLDAGEM

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.8 Kb)   pdf (64.7 Kb)   docx (19.4 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com