TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Aps Concreto

Por:   •  26/9/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.645 Palavras (7 Páginas)  •  255 Visualizações

Página 1 de 7
  1. RESUMO

O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma Visita a uma Central de Concreto, descrevendo e explicando seu funcionamento, como também alguns procedimentos adotados pela Central. Previamente visitada no dia 23 de maio de 2015, na usina de concreto JN Concreto LTDA, data em que foram coletados os dados para confecção deste trabalho, visando um aprendizado prático das teorias aprendidas no decorrer de diversas disciplinas abordadas em sala de aula.

  1. INTRODUÇÃO

Com o objetivo de descrever todo o procedimento adotado por uma Central de Concreto, foi feito uma visita na usina de concreto JN Concreto, produz-se este trabalho com o objetivo de adensar o conhecimento teórico com o prático.                       Neste relatorio procuramos mostrar o que acontece diariamente em uma concreteira, que vai além de ser apenas automatizada, pois cada caso exige estudos, como a formação dos traços, qual tipo de concreto será utilizada na obra especifica, qual tipo de aditivo utilizar, etc... dentre outros processos que são de extrema importância para a construção de uma obra.

  1. OBJETIVO DO TRABALHO

O objetivo deste trabalho é possibilitar uma vivência prática das teorias aprendidas em sala de aula até o momento. Integrando as disciplinas com a parte prática da profissão, podendo assim obter uma visão inter e multidisciplinar do que realmente a profissão nos oferece e do que enfrentaremos com ela. Com a visita a uma Central de concreto nós alunos também podemos utilizar do prático para entender algumas disciplinas apresentadas a ele.                                                                Procurando enriquecer o conhecimento nosso conhecimento, aproveitamos este documento para descrever todo o procedimento adotado pela Central de Concreto, podendo assim, alicerça-lo de embasamento prático e teórico.

  1. CHEGADA DE MATERIAIS:

A empresa recebe materiais como o cimento, aditivo, brita e areia (natural e artificial)

 

4.1. -CIMENTO:

É utilizado na usina cimento CP II E 40, sendo fornecedor CIMENTO NACIONAL. Primeiramete é feita a pesagem do material para ver se esta de acordo com a nota, em seguida engata mangote em um dos silos de cimento (figura 3). A sua descarga é feita através de pressão do caminhão impulsionando o cimento por tubulação até o silo.                  Após a sua descarga espera-se no minimo de 24 horas para esfriar o cimento para depois utilizá-lo.

 
           4.2 -AGREGADO GRAÚDO:

É utilizado brita 0 e 01, pois esses são os que geralmente os clientes pedem, fornecedor é da JN Mineração. Na chegada da usina há apenas a conferencia se o material chegou de acordo com o volume apresentado em nota, em seguida é descarregado (figura 4) nas baias indicada.

 
          4.3-AGREGADO MIÚDO:

É utilizada areia grossa e areia fina do porto de areia Santa Eliza, além da conferencia de carga, também é feito o controle de umidade. O controle de umidade é muito importante, pois em seu interior há gotículas de água que influencia no a/c do concreto que é inversamente proporcional a resistência do mesmo. Primeiramente é retirado em 3 pontos diferentes amostras de areia, em seguida é pesado, depois é levado ao fogareiro para que gotículas de água presente na areia evapore, após a secagem completa pesa-se novamente. Portanto o calculo da umidade é o seguinte, o material úmido menos o material seco dividido pelo material seco multiplicado por 100, assim se obtém a umidade em porcentagem. Após o calculo da umidade é corrigido no traço do concreto, ou seja, adicona em areia a quantidade de água presente e retira da água do traço.

 
           4.4-ADITIVO:

É utilizado TECMULT 828 (figura 7), pois ela favorece mais na trabalhabilidade no concreto diminuindo a quantidade de cimento da mesma, ela também aumenta o tempo de pega, portanto obtém um tempo maior para ser lançado em obra.

  1. PRODUÇÃO DE CONCRETO

Tendo o material e controle de umidade devidamente controlado é produzido o concreto através de traços (composição do concreto por m³ previamente estudo). A produção é automática, tudo computadorizado através do sistema. Existe 2 painéis, 1 para controlar a tremonha para abastecer a usina e aditivo, e o segundo para controlar o carregamentO em si, pesagem e transporte de material. Existem 2 silos de cimento, que vão para uma mesma balança, em um dos silos o cimento vai até a balança por gravidade, o segundo silo, o cimento é transportado através de uma rosca transportadora até a balança. O aditivo é pesado em uma comporta automatizada, comporta até 20 litros, que através de tubos liga ao ponto de carga. A água utilizada é de reuso, o tratamento da água é por decantação, são 4 caixas de deposição, em cada caixa que a água é passada, fica depositado um pouco de sujeira até ficar apta a ser utilizada no concreto. O transporte é feito por uma bomba d'agua que leva até o ponto de carga. Abaixo de cada comporta de material é composta por uma balança, quando ela atinge a pesagem do traço, para e passa para outra comporta, e assim sucessivamente. Após pesado, as esteiras levam até o caminhão que fica no ponto de carga, la também são depositados o aditivo, àgua e cimento. Após concluída as pesagens e o transporte do material até o caminhão, o motorista realiza a dosagem do concreto para chegar ao local da obra em condições que o cliente necessita, ou seja, chegar com o abatimento (trabalhabilidade) adequado.


  1. CHEGADA NA OBRA

Chegando no local da obra, a primeira coisa que é verificado para aceitar o concreto é o slump. O Slump Test ou Abatimento do concreto serve para determinar a consistência. A consistência é um dos principais fatores que influenciam na trabalhabilidade. Conforme modificamos o grau de umidade que determina a consistência, alteramos também suas características de plasticidade e permitimos a maior ou menor deformação do concreto perante aos esforços.O ensaio procede da seguinte maneira, primeiramente nivelar a base, em seguida preenche o cone cerca de 1/3 e novamente glopeia mais 25 sem ultrapassar a camada anterior, o mesmo se procede na terceira camada. Após o adensamento retira devagar e verticalmente para cima o cone, em seguida mede com uma régua o tanto que o concreto abaixou. Após verificado e se estiver de acordo com a nota o concreto é liberado, geralmente utiliza concreto convencional 6+/-1 ou bombeável 10+/-2, podendo variar de acordo com a obra. Quando o concreto esta sendo aplicado é retirado o corpo de prova, ela garante, dentro de 28 dias, que o concreto atinja a resistência esperada pelo cliente. O ensaio é feito da seguinte maneira. Utiliza concha, forma 10/20 cm e haste, colocar as formas em local nivelado e então coloca cerca de ¹/2    do concreto na forma e golpeia 12 vezes, em seguida preenche p resto e golpeia mais 12 vezes sem ultrapassar a camada anterior e por fim tire a sobra e nivela-se a superfície. Os corpos de provas devem estar levemente lubrificadas e é moldado 4 amostras por caminhão. Em muitos prédios utiliza as auto bombas para lançamento do concreto na obra, eles apresentam 2 tipos, bomba-lança e bomba estacionária. A Bomba-lança, é um equipamento para lançamento do concreto com tubulação acoplada a uma lança móvel, montados sobre um veículo automotor. Esse equipamento oferece a vantagem de não precisar montar e desmontar tubulações de concreto, podendo concretar, de forma rápida, diferentes peças. A Bomba estacionária é um equipamento que atende médias e grandes obras, nas mais severas condições de trabalho. Essa bomba é ideal para bombeamentos em grandes distâncias verticais como horizontais. A diferença entre as 2 é que a estacionária a tubulação é montada na obra, no local de aplicação, já a bomba lança utiliza o braço que levanta através de controle sem fio até o local de aplicação. O resto que sobra na betoneira é descartado no local de descarte na própria usina.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.4 Kb)   pdf (89.8 Kb)   docx (14.4 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com