TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

As Propriedades Coligativas

Por:   •  10/6/2019  •  Trabalho acadêmico  •  626 Palavras (3 Páginas)  •  27 Visualizações

Página 1 de 3

PROPRIEDADES COLIGATIVAS

INTRODUÇÃO

A Ebulioscopia, uma das quatro propriedades coligativas, estuda o comportamento do ponto de ebulição de um solvente ao receber um soluto não volátil. De uma forma geral, quando um soluto não volátil é adicionado a um solvente, ele dificulta a evaporação do solvente. Dessa forma, torna-se necessária uma temperatura maior para poder evaporar o solvente. Na ebulioscopia, estuda-se esse aumento do ponto de ebulição do solvente. O objetivo geral é obter o grau de dissociação iônica utilizando a ebulioscopia, ou seja, pelo efeito coligativo da elevação da temperatura de ebulição.

REFERENCIAL TEÓRICO

A dificuldade provocada pelo soluto na evaporação de um solvente, ou seja, a elevação do ponto de ebulição do solvente, está diretamente relacionada ao tipo de soluto presente na solução. Os tipos possíveis de soluto são:

• Soluto iônico: quando adicionado em água, ioniza ou dissocia, povoando a solução com íons. Exemplos: sal, base, ácido.

• Soluto molecular: quando adicionado à água, não ioniza, mantendo a forma molecular. Exemplos: glicose, sacarose.

Quanto maior o número de partículas no solvente, mais intensa será a ebulioscopia, ou seja, maior será o ponto de ebulição do solvente. Assim, em soluções iônicas, o ponto de ebulição da água tende a ser sempre maior que o ponto de ebulição de soluções moleculares, desde que estejam em uma mesma concentração.

A fórmula usada para o cálculo da temperatura de ebulição é:

Δte = Te2 - Te, onde:

Te = temperatura de ebulição da solução

Te2 = temperatura de ebulição do solvente

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Na prática experimental da Ebulioscopia no laboratório, primeiramente, foi utilizado béquer para ser colocado na placa aquecedora, bastão de vidro, termômetro para verificar a temperatura do ponto ebulição da solução com H2O e Na Cl.

Para a prática experimental da difusão foram utilizados KI (Iodeto de Potássio) e Pb(No3)2 Nitrato de chumbo, H2O e Placa de Petri.

Para ebulioscopia

1ª Parte:

• 1º passo: colocar 1mL de H2O destilada em um béquer

• 2º passo: colocar o béquer na placa aquecedora e observar até ebulir a água, em seguida, colocar o termômetro para verificar a temperatura.

2ª Parte:

• 1º passo: adicionar 3mL de H2O em um béquer,

• 2º passo: adicionar uma ponta de espátula de NaCl, soluto não volátil;

• 3º passo: misturar a solução com bastão de vidro

• 4º passo: colocar na placa aquecedora e observar até a ebulição.

• 5º passo: colocar o termômetro e verificar a temperatura.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.1 Kb)   pdf (82.3 Kb)   docx (8.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com