TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Biotecnologia, Biossegurança E A Questão Dos Transgenicos

Por:   •  6/8/2013  •  3.485 Palavras (14 Páginas)  •  504 Visualizações

Página 1 de 14

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS

BIOÉTICA E BIODIREITO

Biotecnologia, Biossegurança e a questão dos Transgênicos

João Pessoa

Março - 2013

Biotecnologia, Biossegurança e a questão dos Transgênicos

Adrielle K.C. Macena - 11123636

Anne Stephany R. Oliveira - 11123638

Anielly Gonçalves da Silva - 11123622

Andréia S. Sobral - 11123642

Denize Bezerra Alexandre - 11116133

Maria do Rosário F. Travassos - 11126785

Marina Matos Clementino - 11123620

1. INTRODUÇÃO

Os transgênicos visam à obtenção de características específicas por um organismo de

interesse. A modificação genética não é tão recente como se pensa. Há muito tempo que o homem

altera a constituição genética das plantas ao guardar as sementes para as culturas seguintes ou

reproduzindo e cruzando as variedades para obter as características desejadas, com maior

durabilidade ou tamanho dos alimentos entre outras características. Através da história, a ciência

tem proporcionado ao homem apreender o ambiente no qual está inserido e transformá-lo conforme

as suas necessidades. Neste cenário surge a polêmica questão dos alimentos transgênicos resultante

do avanço na Engenharia Genética.

Os transgênicos são alimentos manipulados geneticamente, através da tecnologia do DNA

recombinante que proporciona, entre outros: a transferência de genes animais para espécies vegetais

e vice-versa; e retirada de genes responsáveis, por exemplo, pela reprodução da planta.

A contribuição bioética é fundamental na busca de caminhos viáveis diante de conflitos que

surgem entre a moral e a conveniência de se adotar alimentos alterados geneticamente, por

exemplo. Pois através da abordagem bioeticista haverá a confrontação entre o funcional e o

tradicional, o sagrado (intocável) e aquilo que é vulnerável à ação humana e, portanto, mutável. Os

debates bioéticos proporcionam o encontro de opiniões divergentes que almejam algo comum: a

vida em sociedade apesar da pluralidade de atores sociais existentes.

2. BIOTECNOLOGIA E BIOSSEGURANÇA: UMA BREVE PASSAGEM TEÓRICA

Para evoluir, o ser humano tem manejado burlar, usurpar e revirar o jogo da pressão

ambiental. Surgindo assim, com o amplo avanço tecnológico, um novo ramo dos campos de

conhecimento: a biotecnologia. Uma visão rústica e simplória alegaria como definição: a busca pela

melhor colheita, o melhor gado, o melhor remédio. Uma redefinição da sobrevivência.

Uma visão mais cientificista nos relataria: “Biotecnologia é o conjunto de conhecimentos

que permite a utilização de agentes biológicos (organismos, células, organelas, moléculas) para

obter bens ou assegurar serviços. [...] A Biotecnologia transforma nossa vida cotidiana. O seu

impacto atinge vários setores produtivos, oferecendo novas oportunidades de emprego e inversões.

Hoje contamos com plantas resistentes a doenças, plásticos biodegradáveis, detergentes mais

eficientes, biocombustíveis, processos industriais e agrícolas menos poluentes, métodos de

biorremediação do meio ambiente e centenas de testes diagnósticos e novos medicamentos. ”1

Contudo, adiante discutiremos: a que preço? Seria o pote de ouro no fim do arco-íris ou uma

miragem, lenda ou até “ouro de trouxa”? A mera

...

Baixar como (para membros premium)  txt (26.9 Kb)  
Continuar por mais 13 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com