TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES DE EQUIPAMENTOS PARA SISTEMA DE ARMAZENAMENTO SUBTERRÂNEO DE COMBUSTÍVEL

Por:   •  2/9/2019  •  Trabalho acadêmico  •  2.847 Palavras (12 Páginas)  •  908 Visualizações

Página 1 de 12

[pic 1]

[pic 2][pic 3]

[pic 4]

MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES DE EQUIPAMENTOSPARA

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO SUBTERRÂNEO DE COMBUSTIVEL – SASC

[pic 5]

OBRA: MARIA JOSEANE DA SILVA - EPP

CNPJ: 29.628.321/0001-17

ENDEREÇO: AV INACIO FARIAS Nº 2187

BAIRRO: VILA KOLPING

CIDADE: BATALHA – PI

CEP: 64.190.000

INDICE:

1 APRESENTAÇÃO        03

2 BJETIVO        03

3 CARACTERISTICAS DOS EQUIPAMENTOS A SEREM INSTALADOS - SASC.03

3.1- UNIDADE ARMAZENADORA DE COMBUSTIVEIS – TANQUES        03

3.1.1- REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO        03

3.1.2 - EQUIPAMENTOS PERIFERICOS DO TANQUE        04

3.1.3 – INSTALAÇÃO DO TANQUE        04

3.2 – TUBULAÇÕES        04

3.2.1 SUBTERRÂNEA SUCÇÃO E RETORNO (ENTERRADA)         06

3.2.2RESPIRO EM TRECHO SUBTERRÂNEA (ENTERRADA)        06

3.2.3RESPIRO EM TRECHO AÉREAS (SEM CONTATO COM O SOLO)        07

3.3 – UNIDADE ABASTECEDORA - BOMBAS        07

3.3.1BOMBAS DE ABASTECIMENTO        07

3.3.2 RESERVATÓRIO DE CONTENÇÃO PARA UNIDADE
ABASTECEDORA        07

3.3.3 CHECK VALVULA         07

3.3.4 TUBO FLEXÍVEL AÇO INOX         07

3.3.5 TUBO METÁLICO FLEXÍVEL PARA LINHAS ELETRICAS E COMUNICAÇÃO        07

3.3.6 UNIDADES SELADORAS         07

3.4 – UNIDADE DE FILTRAGEM – FILTROS        07

3.4.1 SISTEMA DE FILTRAGEM DE ÓLEO DIESEL        07

3.4.2 RESERVATORIO DE CONTENÇÃOPARA FILTROS        08

3.4.3 KIT ELIMINADOR DE AR        08

3.5 – UNIDADE DE TRATAMENTO DE EFLUENTE, DRENAGEM E PISTA DE ABASTECIMENTE        08

3.5.1 CAIXA SEPARADORA ÁGUA E ÓLEO        08

3.5.2 CANALETA METÁLICA IMPERMEÁVEL        08

3.5.3 PISTA DE ABASTECIMENTO SOB A COBERTURA        08

3.5.4 PAVIMENTAÇÃO DAS ÁREAS DE ABASTECIMENTO E CARGA DOS TANQUES SUBTERRÂNEOS        08

3.6 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS        08

3.7 ENSAIOS DE ESTANQUEIDADE DOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS        09

1-APRESENTAÇÃO:

MARIA JOSEANE DA SILVA - EPP “POSTO UNIÃO” Perante SEMAR - SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HIDRICOS DO PIAUÍ, com fundamento nas exigências da Política Nacional de Meio Ambiente, de acordo com a RESOLUÇÃO Nº 273 DE 29 DE NOVEMBRO DE 2000 DO CONAMA, apresenta o Memorial Descritivo especificando as obras da pista de abastecimento, sistema de drenagem e de tratamento de efluentes (SAO), e relação dos equipamentos e acessórios efetivamente a serem instalados neste Posto Revendedor Varejista de Combustíveis automotivos, e equipamentos medidores, para ser submetido aos órgãos ambientais competentes.

2-OBJETIVO:

Este Memorial Descritivo objetiva identificar os equipamentos instalados no Posto de Abastecimento (PA), bem como explicar a função de cada um deles dentro do Sistema de Armazenamento Subterrâneo de Combustíveis – SASC,especificar as obras executadas na pista de abastecimento, sistema de drenagem e tratamento de efluentes (SÃO).

3-CARACTERISTICAS DOS EQUIPAMENTOS A SER INSTALADO - SASC

3.1- UNIDADE ARMAZENADORA DE COMBUSTIVEIS - TANQUES

  1. SERÃO INSTALADOS 01 TANQUES DE ARMAZENAMENTO DE COMBUSTIVEL 30M³ TRIPARTIDO(10/10/10) E 30M³ BIPARTIDO(15/15): Tanque jaquetado parede dupla, sendo o tanque primário fabricado em aço carbono e o tanque de secundário revestido em resina poliéstica reforçada com fibra de vidro,construído conforme NBR: 13785-2006/ NBR:13312 -2008,distribuídos conforme abaixo:

TANQUE 30M³(10/10/10)

COMPARTIMENTO 01: DIESEL COMUM – 10.000 litros;

COMPARTIMENTO 02: ETANOL – 10.000 litros.

COMPARTIMENTO 03: GASOLINA ADITIVADA – 10.000 litros.

TANQUE 30M³(15/15)

COMPARTIMENTO 01: DIESEL S10 – 15.000 litros;

COMPARTIMENTO 02: GASOLINA COMUM – 15.000 litros.

3.1.1- REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO:

O tanque será localizado conforme projeto, mantendo o afastamento mínimo de 4,0 m de fundações, construções e 5,0 m do meio fio, será executado pavimentação sobre o tanque em concreto armado, fck = 25Mpa com 12 cm de espessura para suportar tráfego pesado.

  1. INSPEÇÃO DE PRÉ-INSTALAÇÃO: Inspecionar estrutura aparente e no revestimento, realizar ensaio de estanqueidade conforme NBR 13781/09;

  1. PROFUNDIDADE DA CAVA DO TANQUE:A profundidade total da escavação é de 4,0m, tanques apoiados em camada de areia de 0,30m e recobrimento > 1,00m.

3.1.2- EQUIPAMENTOS PERIFERICOS DO TANQUE:

  1. RESERVATORIO DE CONTENÇÃO DE TANQUE– SUMP (05 unidades) = Recipiente estanque instalado sobre a boca de inspeção do tanque, possibilitando o acesso às tubulações e suas conexões ligadas ao tanque, como a retirada do flange da boca de inspeção.

  1. FLANGE DE VEDAÇÃO: Dispositivos responsáveis pela vedação nas entradas e/ou saídas das Tubulações nos Reservatórios de Contenção (Linhas Hidráulicas, Respiro, Elétricas, Tele Medição, etc);
  1. TUBO FLEXIVEL AÇO INOX: Dispositivo em Aço Inoxidável, aplicado na interligação de equipamentos diversos e linhas em geral, como Linha / Tanque ou Linha / Bombas Abastecedoras, entre outras;
  1. TRANSIÇÃO E LUVA ELETROSOLDAVEL:Dispositivos em diversas configurações, sendo Reto, Cotovelo e Tee, aplicados em conjunto com Luvas Eletrosoldáveis. O conjunto Adaptador/Luva irá fundir-se a uma Tubulação não Metálica em PEAD com o auxílio de uma Máquina de eletrosoldagem formando uma peça única. Esta aplicação elimina a possibilidade de desgaste de componentes, relaxamento de vedações, etc., responsáveis por manutenções periódicas;
  1. BUJÕES FERRO GALVANIZADO: Acessório de ferro galvanizado com dimensões variadas.
  1. RESERVATORIO DE CONTENÇÃO DE DESCARGA – SPILL: (05 unidades) = Recipiente estanque usado no ponto de descarregamento de combustíveis, para contenção de possíveis derrames oriundos de carga do tanque.
  1. DISPOSITIVO DE DESCARGA SELADA (05 unidades) = Sistema que garante a estanqueidade da operação de descarregamento de combustível Utilizando conexões de engate rápido montado nas extremidades do mangote, que interliga o tanque do caminhão-tanque ao tanque do posto, evitando a emanação de gases durante a descarga, bem como derrames de combustível.
  1. TUBO DE FERRO GALVANIZADO 4” (03 Unidades 1,00m) = Tubo medindo aproximadamente 1,20m interligado entre o tanque, reservatório de descarga e dispositivo de descarga selada, sendo necessário para firmar a câmara no solo, bem como o risco de vazamento de produto ao meio ambiente é nulo por não ficar produto armazenado em sua extensão.
  1. VÁLVULA DE RETENÇÃO DE ESFERA FLUTUANTE (02 unidades) = Evita a passagem de produto para a linha do respiro e, consequentemente o transbordamento do tanque.
  1.  RESERVATORIO DE CONTENÇÃO PARA MONITORAMENTO – SPILL: (02 unidades) = câmara hermética para promover o isolamento da caixa de passagem para o sensor intersticial do tanque.

3.1.3 – INSTALAÇÃO DO TANQUE

Abertura da cava (conforme NBR 13781)

  1. Antes da execução da cava, consultar os Órgãos e/ou Concessionárias locais para verificar a existência de interferências de redes ou ramais de instalações públicas e as distâncias exigidas para a instalação do tanque e equipamentos;
  2. Locação da cava obedece às distâncias indicadas em relação aos pontos de referência estabelecidos no PROJETO. A cava mantém distância mínima de 5,0 m entre suas bordas e fundações vizinhas, conforme NR-20;
  3. No caso de ocorrência de águas contaminadas fazer investigações do solo através de análises do solo e análises de fundo de cava para se verificar o grau de contaminação e tomar as providências cabíveis;
  4. Para preenchimento da cava, providencias a importação de areia lavada de boa qualidade e/ou pó de pedra.
  5. Objetivando garantir a segurança dos trabalhadores, será previsto câmara de trabalho de no mínimo 1,0 m de largura para cada lado da projeção do tanque;
  6. Durante a execução dos serviços de escavação instalar uma rede de proteção de segurança e placas de sinalização, na área envolvida;
  7. Concluída a escavação, será efetuado um lastro de pó de pedra ou areia lavada de boa qualidade, de 30 cm de espessura, devidamente adensada, com nivelamento horizontal para assentamento do tanque;
  8. Serão observadas as seguintes profundidades mínimas para as cavas em relação ao piso acabado, incluindo o lastro:

  • Tanques de 20 m³ - 4,0 m c/ qualquer tipo de pavimentação.

b) Colocação do Tanque na Cava (conforme NBR 13781/09)

  1. Antes da colocação do tanque na cava, inspecionar possíveis danos, verificando-se também a integridade do vácuo existente no interstício, a fim de se observar possíveis inconformidades;

                

  1. Após inspecionar o tanque, este será colocado na cava, nivelando-o horizontalmente observando que todas as bocas de visitas estejam contidas na geratriz superior. A fim de garantir um perfeito nivelamento, o tanque será cheio de água limpa até um terço do seu volume, verificar durante toda operação a integridade do vácuo existente no interstício;
  2. Caso ocorrer risco de flutuação durante a instalação, será necessário executar a ancoragem do tanque;

  1. O tanque deverá ser aterrado à malha de aterramento, através alça de içamento, interligando, a uma haste instalada a 1,5 m do tubo de descarga d tanque;

  1. O recobrimento mínimo entre a geratriz superior dos tanques e a pista será de 1,15m e pavimentação de concreto armado com 12 cm e duas telas com 25 MPa;
  1. Após colocação do tanque na cava, o mesmo será acoplado às câmaras de acesso (sump) à boca de visita, cheios de água até 60 com de altura, aguardando por 12 horas e caso não haver vazamento, o mesmo procedimento será realizado para as tubulações. O sistema assim formado, (tanque e tubulações) serão testado pneumaticamente a uma pressão de 3 a 5 PSIG, observado pelo período mínimo de 1 h, através de dois manômetros certificados, e não pode haver perda de pressão;
  1. Deverão ser apresentados ART, Laudo em papel timbrado (em 2 vias) dos testes de estanqueidade realizados pela empresa executora, com assinatura e carimbo do responsável técnico.
  1. Após a realização dos testes, deverão ser apresentados ART, Relatório Fotográfico e Laudo em papel timbrado (2 vias) da CONTRATADA com assinatura e carimbo do responsável técnico.

3.2 – TUBULAÇÕES

3.2.1 – SUBTERRÂNEA SUCÇÃO E RETORNO (ENTERRADA) = Será utilizado tubos de PEAD 50mm com  parede revestidas internamente, produzido em polietileno de alta densidade (PEAD), conforme normas citadas na NBR 13783/14 indicadas para transferência de combustíveis líquidos em sistemas enterrados, sem emendas no seu percurso, sendo que as conexões eletrosoldáveis (terminais) em suas extremidades se alojam dentro dos reservatórios de contenção(sump’s), para facilitar a inspeção de possíveis vazamentos em suas conexões, os quais serão armazenados nos reservatórios sem contato com o solo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.5 Kb)   pdf (245.7 Kb)   docx (58.6 Kb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com