TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O CÁLCULO DE TRANSPORTADOR DE CORREIA

Por:   •  29/6/2020  •  Trabalho acadêmico  •  2.176 Palavras (9 Páginas)  •  1 Visualizações

Página 1 de 9
  1. CÁLCULOS E DIMENCIONAMENTO
  1. PREMISSAS DE PROJETO

[pic 1]

  1. SELEÇÃO DA VELOCIDADE DA CORREIA (V)

Com base nas tabelas 1 e 2, de velocidades máximas recomendadas e nas características do projeto, fica definida a velocidade para correia de transportadores móveis a 1,0 m/s.

V = 1,0 m/s ou 60 m/min

  1. SELEÇÃO DA LARGURA DA CORREIA (L)

Com base no carregamento requerido, na configuração dos rolos de carga e no ângulo de acomodação do material, verificamos na tabela 3 a largura da correia que atende as premissas de projeto.

β = 35°

a = 13°

Interpolando a tabela nos ângulos de 10° e 15°.

Para o ângulo de 13° e roletes de 35° a correia de 750 mm, aproximadamente 30” de largura atende um carregamento com 100% de 196,8 m³/h a 1 m/s.  

L = 30” ou 76,2 cm

  1. CAPACIDADE VOLUMÉTRICA DA CORREIA (C) 

De acordo com a Fórmula 1:

C = Ctabela x V x k

C = 196,8 x 1,0 x 1,00

C = 196,8 m³/h a 1,0 m/s com 100% de enchimento da correia.

Onde:

k = 1,00 (tabela 4 a 0° de inclinação).

Considerando 30” = 100% de carregamento

dp total = 5,1” = 17% de borda livre (fórmula 2)

C = 196,8 - 17% = 163 m³/h atende a capacidade de transporte requerida.

  1. DISTÂNCIA PADRÃO DO MATERIAL À BORDA DA CORREIA (dp)

Para verificar a borda livre da correia para evitar derramamento de produto.

De acordo com a Fórmula 2:

dp = 0,055 x L + 0,9

dp = 0,055 x 30 + 0,9

dp = 2,55”

dp total = 2 x 2,55”

dp total = 5,1” = 17% da largura da correia.

  1. CÁLCULO DO PESO DO MATERIAL TRANSPORTADO (Pm)

De acordo com a Fórmula 3:

Pm = 17 x (T/V)

Pm = 17 x (163/60)

Pm = 46,2 kg/m

  1. CÁLCULO DAS TENSÕES

Onde:

µv = 0,035 (tabela 5).

µc = 0,050 (tabela 5).

  1. CÁLCULO DO FATOR DE CORREÇÃO DE COMPRIMENTO (Cf)

Encontrado através da Fórmula 4:

Cf = 98 + (2,18 x C)

Cf = 98 + (2,18 x 61)

Cf = 231 m

  1. PESO DAS PARTES MÓVEIS (P)

Através da tabela 7, para entre centros de tambores com 61 m, largura da correia de 30” e tipo de transportador de série leve.

P = 37 kg/m

  1. CÁLCULO DA TENSÃO PARA MOVER A CORREIA VAZIA (Tv)

Calculado pela Fórmula no 5:

Tv = 0,32 x Cf x μv x P

Tv = 0,32 x 231 x 0,035 x 37

Tv = 95,73 kgf

  1. CÁLCULO DA TENSÃO PARA MOVER A CARGA (Tc)

E o resultado da Fórmula no 6:

Tc = 0,32 x Cf x μc x Pm

Tc = 0,32 x 231 x 0,050 x 46,2

Tc = 170,75 kgf

  1. CÁLCULO DA TENSÃO DE ELEVAÇÃO (Th)

Conforme Fórmula no 7:

Th = Pm x H

Th = 46,2 x 0

Th = 0 kgf

Onde:

H = 0.

  1. CÁLCULO DA TENSÃO EFETIVA (Te)

Encontrado com a utilização da Fórmula no 8:

Te = 0,32 x Cf x [(P x μv) + (Pm x μc)] +-} Pm x H

Te = 0,32 x 231 x [(37 x 0,035) + (46,2 x 0,050)] +-} 0

Te = 266,48 kgf

  1. CÁLCULO DA TENSÃO MÁXIMA (Tm)

Utilizando-se a Fórmula no 9:

Tm = (1 + K) x Te

Tm = (1 + 0,85) x 266,48

Tm = 493 kgf

Onde:

K = 0,85 (tabela 9, ângulo de abraçamento de 180°, esticador manual e tambor com revestimento).

  1. CÁLCULO DA TENSÃO DO LADO BAMBO DA CORREIA (Tb)

Fórmula no 10:

Tb = K x Te

Tb = 0,85 x 266,48

Tb = 226,5 kgf

  1. SELEÇÃO DA CORREIA TRANSPORTADORA

Correia selecionada com base nos cálculos e premissas apresentados:

PN 1200, 2 lonas, cobertura antichama, espessura no lado de transporte de 3 mm e no contato com tambor de 2 mm.

  1. SELEÇÃO DA CARCAÇA DA CORREIA

Classe selecionada devido à baixa taxa de esticamento requerida comparada as correias de lona convencionais, torna-se ideal para o esticador manual requerido no projeto, além de apresentar boa resistência a impacto e desgaste.

PN 1200 (Mercúrio)

  1. UNIDADE DE TENSÃO (Ut)

De acordo com a Fórmula 11:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.2 Kb)   pdf (359.9 Kb)   docx (734.9 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com