TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Correias Transportadoras

Por:   •  20/4/2013  •  2.706 Palavras (11 Páginas)  •  721 Visualizações

Página 1 de 11

Os primeiros Transportadores de Correia, bem como as correias transportadoras, surgiram nos Estados Unidos da América, em fins do século XVIII com características semelhantes aos atuais. A primeira referência de utilização comercial data de 1795 na movimentação de cereais.

O final do século XIX (1890) marcou o início da utilização das correias Transportadoras para o transporte de materiais mais pesados com granulometria diferente dos grãos de cereais. Estas correias transportavam minério de ferro e possuíam larguras que variavam de 20 a 30 polegadas com comprimentos máximos de 50 pés (aproximadamente 15 metros).

Em 1892, surgiu o primeiro Transportador de Correia para transportar material abrasivo com comprimentos de até 500 pés e com correias de 4 lonas. E em 1925 as correias utilizadas nos transportadores já transportavam diariamente até 10000 toneladas de material.

Desde então, com o desenvolvimento constante da engenharia, estes equipamentos passaram a ocupar, cada vez mais, um lugar de destaque no transporte de diversos materiais de forma competitiva em relação aos custos de operação, principalmente comparando-os com outras alternativas para o transporte, como por exemplo, o uso de caminhões, teleféricos, ferrovias, entre outros.

2. MATERIAIS E MÉTODOS

2.1 Transportadores de correia

São mecanismos destinados ao transporte contínuo de granéis ou volumes em percursos inclinados, horizontais ou verticais, fazendo curvas no plano vertical e/ou horizontal, dependendo do tipo, e com posição de operação fixa. São formados por um leito por onde o material desliza sobre elementos rolantes ou base inclinada, por sistemas (correias, caçambas, plataformas) baseados em correia ou correntes sem fim, acionadas por tambores e/ou roldanas ou outros sistemas.

Um transportador de correia envolve uma série de elementos que devem ser bem analisados, pois todos tem fundamental importância para o correto funcionamento do equipamento.

Onde os principais componentes do Transportador de Correia são:

• Correia Transportadora;

• Tambores;

• Acessórios;

• Guias laterais;

• Roletes;

• Freios;

• Chute;

• Estrutura;

• Drive (conjunto de acionamento) – composto por um motor elétrico e um sistema de transmissão (redutor de velocidade – para as correias tem se velocidades baixas, com cerca de 1,2 e 4 m/s).

2.2 Correias Transportadoras

As correias transportadoras são correias de lona, borracha, plástico, couro ou metal, ou qualquer combinação destes materiais contínua ou “sem fim” adequadamente acionado, destinado a formar a superfície de sustentação sobre a qual está o material a ser transportado. O seu deslocamento produz o transporte propriamente dito. (Vale)

As correias transportadoras são partes integrantes dos sistemas de transporte que continuamente movimentam granéis ou volumes em percursos inclinados, horizontais ou verticais, de uma área para outra, com chapas flexíveis e planas fixadas em uma série de rolos. São alimentadas por um motor elétrico e operam de forma contínua e automatizada, reduzindo o tempo de produção, bem como os custos do trabalho. (Brito, 1994)

As correias transportadoras são utilizadas em numerosos processos com o propósito de providenciar um fluxo contínuo de materiais entre diversas operações, com economia e segurança de operação, confiabilidade, versatilidade e enorme gama de capacidades. Sua maior capacidade de atendimento às restrições ambientais é também outro fator que incrementa a utilização de correias transportadoras sobre outros meios de transporte. São utilizadas principalmente no transporte de grãos, minérios, argila ou em frigoríficos.

Os três maiores fabricantes de correias transportadoras são representados pela Goodyear, Mercúrio e Gates.

2.3. Seleção de Correias Transportadoras

Tida como a parte principal do transportador, a correia transportadora é o componente que está em contato direto com o material transportado, e que corresponde a um valor de 30 a 40 % do valor total do transportador. A correia tem a sua seleção baseada nos seguintes aspectos:

• Características do material transportado;

• Condições de serviço;

• Tipos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (19.8 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »