TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho de Gestão da Qualidade

Por:   •  7/4/2021  •  Trabalho acadêmico  •  2.110 Palavras (9 Páginas)  •  9 Visualizações

Página 1 de 9

[pic 1]

FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ

UNIVERSIDADE DE FORTALEZA

CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA

CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA

CARLOS HENRIQUE LIMA DE SOUSA

TÉCNICAS DE MAPEAMENTO – GESTÃO DA QUALIDADE

FORTALEZA – CEARÁ

2018

Mapa do fluxo de valor – VSM.

O mapa do fluxo de valor é um diagrama simples de todas as etapas envolvidas nos movimentos de material e informação para atender aos clientes em seu andamento de compra. Ele pode ser desenhado em diferentes fases e revela oportunidades de melhoria.  A finalidade de um mapa de fluxo de valor é identificar, sob o ponto de vista do cliente, quais atividades do processo agregam ou não ao produto comercializado. Eliminar ou atenuar estas dinâmicas proporciona o aumento da vantagem competitiva de qualquer negócio. Hoje em dia, os clientes não aceitam mais pagar por desperdícios, ele querem investir em produtos que tenham alto aproveitamento.

Vantagens:

  1. Facilita a identificação dos processos-chave do setor e da empresa.

Como sabemos, uma indústria possui variações de capacidade de produção diferentes por operação. Descobrir quais destes processos são os mais críticos e seu impactos no resultado final pode lhe proporcionar a informação necessária para gerenciar com maior eficácia seu setor, e até toda a empresa.  

  1. Motiva a redução drástica dos desperdícios encontrados no processo.

Um dos benefícios em adotar o uso do mapa de fluxo de valor (MFV) é a possibilidade de encontrar com maior precisão as inúmeras atividades e negócios que não agregam valor ao que se está produzindo. Combater estes desperdícios traz maior produtividade ao processo que, por sua vez, torna a empresa mais flexível e competitiva.  

  1. Auxilia a estruturação de um sistema de indicadores de desempenho.

Antes de aplicar e desenvolver qualquer melhoria no ambiente fabril, até mesmo administrativo, é primordial estabelecer antecipadamente quais serão os indicadores de desempenho usados para conferir o efeito das soluções aplicadas. Agora, imagine todo o impacto positivo que o Mapa de Fluxo de Valor pode trazer ao seu sistema de gestão de KPI’S.

  1. Promove a implementação eficaz de melhorias.

Nos últimos anos, a eficácia é um conceito muito bem empregado no ambiente empresarial. Isto, atrelado ao resultado, busca medir qual foi a exatidão e precisão das ações de melhoria executadas para atingir determinada meta. Para ser eficaz na resolução de problemas e oportunidades na sua empresa, saber onde voltar seu foco de ação é de vital importância.  

  1. Aumenta os níveis de sustentabilidade do negócio.

Com a competitividade cada vez mais disputada no mercado, buscar reagir as constantes variações de demanda e ao impacto que os progressos tecnológicos acarretam no ambiente industrial com certeza não é mais a solução ideal. Buscar a proatividade com a implementação de programas e metodologias que promovam a sustentabilidade do negócio é fundamental para assegurar a permanência e sobrevivência da empresa em seu cenário de atuação.  

Gráfico de espaguete.

O diagrama de espaguete é uma ferramenta do Lean Manufacturing que visa entender os caminhos percorridos em um processo produtivo.

Seja o trajeto do produto dentro da fábrica do estado de matéria-prima até a saída do estoque de produto acabado, sejam os movimentos de um médico em uma sala de cirurgia ou de uma empilhadeira dentro de um centro de distribuição, sempre recorremos a esta ferramenta quando buscamos entender a eficácia do nosso layout atual e estudar melhorias.

O termo “espaguete” é usado porque quando pegamos uma planta do local estudado e desenhamos perfeitamente as trajetórias realizadas, veremos uma série de linhas curvas, quebradas, confusas, se cruzando constantemente, indo e voltando. Quanto mais ineficaz for o layout da área estudada, mais cheio de linhas ficará nosso desenho.

Essa ferramenta é muito legal de usar porque deixa fácil a visualização das perdas de movimento e transporte de materiais e qualquer um pode aplicar, basta seguir o processo e ir rabiscando no mapa. Se você quiser desenhar o caminho tanto das pessoas quanto dos produtos, você pode usar canetas de cores diferentes. Usamos o diagrama de espaguete normalmente junto com outras ferramentas de melhoria como o relatório A3 e o VSM, mas nada impede que você use apenas ela.

Mapa de Processos.

O Mapeamento de processos é uma técnica geral utilizada por empresas para entender de forma clara e simples como uma unidade de negócio está operando, representando cada passo de operação dessa unidade em termos de entradas, saídas e ações. Esse exercício de compreensão e documentação é fundamental para diversas metodologias de melhoria de processos, como o Seis Sigma e o Lean Manufacturing: é a partir de um mapa bem estruturado do processo que sugestões de melhoria e pontos de atuação dessas metodologias podem ser elencados e observados em mais detalhe.

Esse mapeamento envolve três etapas:

1. Determinar o processo e a ferramenta de mapeamento utilizada;
2. Determinar o nível de detalhe e as informações necessárias;
3. Verificação e Validação do mapa do processo;

Determinar o processo e a ferramenta de mapeamento utilizada:

O primeiro passo para mapear algo é saber o que se está mapeando, e o porquê desse mapeamento. Muitas empresas tem dificuldade em encontrar os limites de um processo, onde o mesmo começa ou termina, também conhecido como os limites ou fronteiras do processo, bem como quais são suas entradas, insumos, e saídas, produto final, resultados.

Determinar o nível de detalhe ou informações necessárias para a construção do mapa:

Uma vez entendido os limites do processo e suas entradas e saídas, bem como o objetivo do mapeamento, o próximo passo é determinar qual o nível de detalhe do mapa do processo. Muitas vezes um nível de detalhamento excessivo pode prejudicar o entendimento do processo.

Outro fator crucial é quais informações serão levantadas: deve-se tentar priorizar informações relevantes que busquem responder o porquê do mapeamento.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.6 Kb)   pdf (98.7 Kb)   docx (308.3 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com