TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

As Tecnicas de Transição

Por:   •  10/10/2020  •  Projeto de pesquisa  •  3.018 Palavras (13 Páginas)  •  14 Visualizações

Página 1 de 13

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

ANDRÉ RODRIGES DE SOUZA

GUILHERME MAGALHÃES LATROVA

THAIS CABRAL SIQUEIRA

UNISANTA APP:

 PORTAL DO ALUNO VERSÃO MOBILE

Santos / SP

Janeiro / 2016


UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

ANDRÉ RODRIGES DE SOUZA

GUILHERME MAGALHÃES LATROVA

THAIS CABRAL SIQUEIRA

UNISANTA APP:

 PORTAL DO ALUNO VERSÃO MOBILE

Trabalho de Conclusão de Curso, em formato de artigo científico, apresentado como exigência parcial para obtenção do título de Bacharel em Sistemas de Informação à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Santa Cecília, sob a orientação do Professor Mauricio Neves Asenjo.

Santos / SP

        Janeiro / 2016        

UNISANTA APP: PORTAL DO ALUNO VERSÃO MOBILE

André Rodrigues de Souza ¹, Guilherme Magalhães Latrova ¹,Thais Cabral Siqueira ¹, Mauricio Neves Asenjo ²

¹Acadêmicos do 8º semestre do curso de Sistemas de Informação da Universidade Santa Cecília (UNISANTA) – Santos/SP

² Professor do curso de Sistemas de Informação da Universidade Santa Cecília (UNISANTA) – Santos/SP

RESUMO: É notório a necessidade das pessoas de hoje em dia em terem contato com a tecnologia. Grandes sites, lojas e serviços já disponibilizam uma aplicação, por conta de sua interface amigável e interação com usuário, que pode converter em mais lucro ou mais fidelidade para a organização portadora do aplicativo. O presente projeto consiste na implementação de uma facilidade que muitos estudantes sentiam falta: a disponibilização dos dados acadêmicos no próprio dispositivo móvel sem a necessidade de uma conexão constante com a internet. Tendo em vista que não é uma tarefa fácil obter os dados de uma instituição como a universidade Santa Cecília devido suas políticas de segurança da informação, nossa proposta é utilizar uma fonte de dados que já é aberta para todos os alunos: o próprio site. Não simplesmente armazenar a página, mas extrair toda informação relevante e exibir de maneira agradável e nativa no dispositivo do aluno. Nosso objetivo é oferecer aos alunos uma alternativa mais agradável de se consultar dados acadêmicos no dia-a-dia sem utilizar internet constantemente.

PALAVRAS-CHAVE: Portal do Aluno; aplicativo; dados.

UNISANTA APP: MOBILE VERSION STUDENT GATEWAY

ABSTRACT: It’s notorious nowadays the need of being in touch with technology. Great sites, stores and services already provides an application, because of its friendly interface and user interactivity what can be transformed in more profit or fidelity to organization responsible for deploying the app. The present project consists on the implementation of a missed solution by the most students: availability of academic data on its own mobile device without constant internet connection dependency. Considering that’s not an easy task to obtain data from an institution like Santa Cecília university due its data's security policies, our proposal is to use a source that’s already available for every student: the website itself. Not just storing a webpage, but extract any relevant information and display it nicely and natively on student’s device. Our goal is to offer students a nicer consult alternative in daily life without internet constantly.


1 INTRODUÇÃO

Já não é mais novidade que o uso de dispositivos móveis vem crescendo no mundo, e o Brasil é um dos países que mais se destaca nesse assunto. Segundo a Anatel, em janeiro de 2014, o número de smartphones cresceu 99% comparado ao ano anterior.

“Em 2013, o consumidor americano gastou uma média de 2h38 por dia em smartphones e tablets, sendo que 86% desse tempo (2h19) foi gasto em apps e 14% (22 minutos) navegando na web móvel” (FÁBRICA DE APLICATIVOS, 2015). Essa diferença tão grande do uso de aplicativos para sites, se dá por conta do conforto que este traz ao usuário, e também por recursos que um site não pode oferecer como, por exemplo, notificações que acabam por envolver mais o usuário, fazendo-o utilizar o app com maior frequência.

Para donos de dispositivos móveis, a economia é uma preocupação constante. Economia da bateria, economia do espaço de armazenamento e principalmente economia no plano de dados. Isso se dá, pelo fato de todo acesso à internet, consumir os dados do plano contratado pelo dono do aparelho, logo é importante ter dados sempre à disposição para momentos de necessidade.  Cada página ou serviço acessado consome uma quantidade de dados diferentes, entre os mais populares estão Netflix consumindo 100 MB em 10 minutos, ouvir música na internet gastando 13 MB, e o Skype que consome 4 MB em uma ligação de apenas 2 minutos (UOL, 2013).

Porém existem aplicativos que preocupam-se com a possibilidade de em determinado momento o usuário não ter possibilidade de se conectar à internet, mas desejar consultar algumas informações. Dentre os aplicativos que se preocupam com essa possibilidade, podemos citar OsmAnd e OpenMaps que armazenam mapas off-line; o Google Drive que possui o recurso de manter seus arquivos no dispositivo; e o Pocket, que é muito popular por armazenar páginas e artigos da internet, tornando possível ao usuário baixar uma página quando estiver conectado a uma rede wi-fi, para ler mais tarde, em um ônibus, por exemplo (PEROSSI, 2015).

No âmbito educacional é difícil encontrar alguém que não possua um celular, mas isto não se aplica somente nas universidades: Nos últimos anos, pesquisas apontaram que 3 em cada 10 brasileiros são donos de smartphones (EXAME.COM, 2013). Ao que tudo indica, não é uma tendência que vai acabar tão cedo: estudos desenvolvidos pela empresa Morgan Stanley Research, o mercado mobile vai crescer 300% até 2017 (CNOVA MARKETPLACE, 2016).

Cada vez mais a tecnologia tem feito parte do nosso dia-a-dia, de tal maneira que estudantes passaram a acompanhar os detalhes de sua vida acadêmica não mais apenas na própria instituição, mas no ônibus, na rua e até em casa. Por conta da facilidade que a internet nos trouxe não precisamos mais estar presentes no local para ter acesso a informações que há anos atrás só poderiam ser encontradas presencialmente.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (20.8 Kb)   pdf (679.3 Kb)   docx (451.2 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com