TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Acidez e basicidade de compostos orgânicos

Por:   •  18/5/2018  •  Relatório de pesquisa  •  4.923 Palavras (20 Páginas)  •  543 Visualizações

Página 1 de 20

[pic 1]

INSTITUTO FEDERAL DO NORTE DE MINAS GERAIS

CAMPUS SALINAS

ANTONIA FERNANDES PEREIRA

EDUARDA FERREIRA DE OLIVEIRA

FÁBIO CARDOSO LIMA

GLÁUCIA DA CONCEIÇÃO SANTOS

MARIA THEREZA ALVES

LABORATÓRIO DE QUÍMICA ORGÂNICA II

        

SALINAS-MG

Maio-2018

ANTONIA FERNANDES PEREIRA

EDUARDA FERREIRA DE OLIVEIRA

FÁBIO CARDOSO LIMA

GLÁUCIA DA CONCEIÇÃO SANTOS

MARIA THEREZA ALVES

5° EXPERIMENTO 23/04/2018

Acidez e basicidade de compostos orgânicos

Relatório apresentado à disciplina de laboratório de Química Orgânica II, como parte das exigências para a obtenção de nota do Prof.Dr. Bruno Ricardo Vilachã Ferreira.

SALINAS-MG

Maio-2018

  1. INTRODUÇÃO

        A aula prática sobre ácidos e bases teve como procedimentos experimentais análises para indentificação de substâncias ácidas, básicas ou neutras, foram utilizados dois métodos diferentes para tal experimento, primeiramente fez-se a indentificação dos compostos através do uso do papel de tornassol, indicador universal que são obtidos quando se imergem as tiras de papel em soluções com uma mistura de indicadores, que depois são secas. Desse modo, eles apresentam cores diferentes para cada valor de pH, Assim, no laboratório, quando se quer determinar o pH de alguma solução, basta introduzir essas tiras na solução estudada e comparar a cor obtida com a escala que aparece na embalagem do indicador. Em um segundo momento fez-se a utilização do pHmetro para indentificação dos mesmos compostos. Foram utilizados dois métodos de indentificação para que pudessemos fazer uma comparação quanto aos resultados obtidos em ambos os experimentos.

        O pH é a concentração de íosn H+ em uma determinada solução. Esse índice pode variar de 0 a 14, onde as soluções ácidas tem pH próximo de 0 e as soluções básicas pH próximo de 14. Já as soluções neutras tem pH 7. Os indicadores ácido-base são substâncias químicas que quando adicionado à uma solução indica se ela é ácida ou básica de acordo com seu pH. Geralmente os indicadores são ácidos ou bases fracas que ao se unirem aos íons H+ ou OH- mudam de cor devido uma alteração em sua configuração eletrônica. Os indicadores ácido-base são recomendados para verificações rigorosas do pH. Num caso, mais rigorosas deve se usar um pHmetro que é um aparelho medidor de pH. Consequentemente antes do uso do pHmetro é necessário que se faça a calibração do mesmo com a solução tampão. Uma solução-tampão é uma mistura usada para evitar que o pH ou o pOH do meio sofra variações quando for adicionado ácidos fortes ou bases fortes.

        Com tamanha frequência em nosso ambiente, não é de se espantar que os ácidos e bases tenham sido estudados por tantos séculos. Os próprios termos são medievais: "Ácido" vem da palavra latina "acidus", que significa azedo. Inicialmente, o termo era aplicado ao vinagre, mas outras substâncias com propriedades semelhantes passaram a ter esta denominação. "Álcali", outro termo para bases, vem da palavra arábica "alkali", que significa cinzas. Quando cinzas são dissolvidas em água, esta se torna básica, devido a presença de carbonato de potássio. Com base nesses estudos o presente relatório também irá apresentar as principais teorias sobre acidez e basicidade que são elas:  teoria de Ahrrenius, teoria de Bronsted Lowry, teoria de Lewis e  teoria de Pearson.

  1. OBJETIVOS
  • Recordar os conceitos de acidez e basicidade (Eletrofilia/ Eletrofilicidade e Nucleofilia/Nucleofilicidade) em compostos orgânicos.
  • Determinar a acidez ou basicidade de algumas substâncias.

  1. REFERENCIAL TEÓRICO

        Duas das mais importantes classes de compostos em toda a química são os ácidos e as bases. Eles participam de um numero imenso de reações e procedimentos analíticos nos laboratórios, na indústria e nos organismos vivos. Não é exagero dizer que a maior parte das reações que ocorrem em nosso organismo são reações de ácidos e bases: Podemos ate dizer que a vida é uma titulação demorada. (ATKINS)

        Em 1923, o químico dinamarquês Johannes Bronsted propôs as seguintes definições um ácido é um doador de prótons, e uma base e aceitador de prótons. O termo próton nessas definições refere-se ao ion hidrogênio, H+ . Um ácido é uma espécie que contém um átomo de hidrogênio ácido, isto é, um átomo de hidrogênio que pode ser transferido na forma do núcleo, o próton, outra espécie, que age como base. As mesmas definições foram propostas independentemente pelo químico inglês Thomas Lowry, e a teoria nelas baseadas é chamada de teoria de Bronsted-Lowy de ácidos e base. Um doador de prótons e conhecido como ácido de Bronsted e um aceitador de prótons, como base de Bronsted. (ATKINS)

...

Baixar como (para membros premium)  txt (28.8 Kb)   pdf (678.1 Kb)   docx (972.2 Kb)  
Continuar por mais 19 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com