TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A EXPERIMENTO DETERMINAÇÃO DA LEI DE VELOCIDADE DE REAÇÃO QUÍMICA

Por:   •  20/11/2017  •  Relatório de pesquisa  •  1.670 Palavras (7 Páginas)  •  643 Visualizações

Página 1 de 7

Ministério da Educação[pic 1]

Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Instituto Federal do Rio de Janeiro - IFRJ

                       campus Volta Redonda

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

FÍSICO-QUÍMICA

PROF. LEONARDO CESCON

DETERMINAÇÃO DA LEI DE VELOCIDADE DE REAÇÃO QUÍMICA

 

GABRIEL LOPES

3º PERÍODO – AUT131.1 – 2012/1

campus Volta Redonda


Abril de 2012

SUMÁRIO

 1 INTRODUÇÃO        2

 2 OBJETIVOS        3

 3 MATERIAIS        3

 4 PROCEDIMENTOS        4

 4.1 EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DE TIOSSULFATO DE SÓDIO        4

 4.2 EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DE ÁCIDO SULFÚRICO        4

 5 RESULTADOS        5

 5.1 EXPERIMENTO 1: EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DE TIOSSULFATO DE SÓDIO        5

 5.2 EXPERIMENTO 2: EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DE ÁCIDO SULFÚRICO        6

 6 DISCUSSÃO        7

 6.1 EXPERIMENTO 1: CÁLCULO DA CAPACIDADE CALORÍFICA DO CALORÍMETRO         8

 6.2 EXPERIMENTO 2: DETERMINAÇÃO DA ENTALPIA DE DECOMPOSIÇÃO DO PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO        9

 6.3 EXPERIMENTO 3: DETERMINAÇÃO DA ENTALPIA DE NEUTRALIZAÇÃO        10

 6.3.1 REAÇÃO 1        10

 6.3.2 REAÇÃO 2        11

 7 CONCLUSÃO        11

 8 REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS        12


  1. INTRODUÇÃO

A cinética química é um ramo da ciência que estuda a velocidade das reações químicas e os fatores que influenciam essa velocidade.

O estudo sobre tal assunto é de grande valia, pois através deste é possível descobrir, por exemplo catalisadores, para acelerar a síntese de algum produto.

Os catalisadores encurtam a barreira energética para ativar a reação, assim acelerando a mesma.

Conforme a teoria das colisões, os reagentes devem colidir para uma reação ocorrer, e, quanto mais forte essa colisão for, maior será a velocidade das reações químicas.

Os principais fatores estudados que influenciam na velocidade das reações é a temperatura, a pressão, a superfície de contato e a concentração dos reagentes.

A velocidade da reação aumenta conforme aumenta a temperatura, pois as moléculas ficarão mais agitadas, colidindo assim, com mais intensidade. A concentração da reação também aumentará com a velocidade da reação, pois quanto mais concentrada for a solução, haverá mais moléculas disponíveis para que haja colisões.

Quanto maior a área de contato, maior será a probabilidade de choque entre as moléculas, logo, maior será a velocidade da reação. Quanto maior a pressão, maior será a colisão entre os gases, aumentando assim a velocidade da reação.

Em uma reação, variando a concentração de um dos reagentes, e mantendo outro constante, e depois fazer a mesma coisa, invertendo o constante e variando o outro reagente. Ao cronometrar o tempo da reação em ambas, é possível determinar a velocidade.


  1. OBJETIVOS

Objetivou-se, determinar os coeficientes da ordem de reação de redução do tiossulfato de sódio (), induzida por ácido sulfúrico (), e analisar se a reação ocorre em uma única etapa ou não, aplicando-se, os conhecimentos previamente passados em sala.[pic 2][pic 3]

  1. MATERIAIS

Para a concentração do tiossulfato de sódio:

  • Tubos de ensaio
  • Peras de sucção
  • Pipetas
  • Béqueres
  • Cronômetro
  • Água destilada
  • 25 ml de ácido sulfúrico () 0,5 mol/L[pic 4]
  • 15 ml de tiossulfato de sódio ( 0,5 mol/L[pic 5]

No experimento para a concentração de ácido sulfúrico:

  • Tubos de ensaio
  • Peras de sucção
  • Pipetas
  • Béqueres
  • Cronômetro
  • Água destilada
  • 15 ml de ácido sulfúrico () 0,5 mol/L[pic 6]
  • 25 ml de tiossulfato de sódio () 0,5 mol/L
    [pic 7]
  1. PROCEDIMENTOS

  1. EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DE TIOSSULFATO DE SÓDIO

Numerou-se cinco tubos de ensaios de 1A a 5A, e o mesmo foi feito com outros cinco tubos, porém com a numeração de 1B a 5B.

Com o auxílio de uma pipeta, transferiu-se 5mL de solução de ácido sulfúrico 0,5mol/L para os tubos 1A a 5A.

Preparou-se misturas entre soluções de tiossulfato de sódio e água nos tubos 1B a 5B de acordo com a proporção a seguir:

Tubo

Volume (mL) de[pic 8]

Volume (mL) de[pic 9]

1B

5,00

0,00

2B

4,00

1,00

3B

3,00

2,00

4B

2,00

3,00

5B

1,00

4,00

Preparou-se um pedaço de papel branco com um ponto preto feito à caneta, em um diâmetro bem visível. Feito isso, colocou-se o papel com ponto preto atrás de cada tubo da série B.

Verteu-se o conteúdo de cada tubo da série A para o respectivo da série B, e imediatamente iniciou-se o cronômetro.

Quando não era possível visualizar o ponto atrás do tubo, devido à turbidez da solução, o cronômetro era parado e tomava-se o tempo para cada tubo.

  1. EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DE ÁCIDO SULFÚRICO

Assim como foi feito no experimento anterior, numerou-se cinco tubos de ensaios de 1A a 5A, e outros cinco de 1B a 5B.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.7 Kb)   pdf (336.5 Kb)   docx (599.2 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com