TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DESSSERTAÇÃO SOBRE A ORGANIZAÇÃO DE GRANDES EVENTOS SOB O PONTO DE VISTA DA SEGURANÇA

Por:   •  15/9/2020  •  Dissertação  •  1.601 Palavras (7 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 7

DESSSERTAÇÃO SOBRE A ORGANIZAÇÃO DE GRANDES EVENTOS SOB O PONTO DE VISTA DA SEGURANÇA

          Foi na primeira olimpíada em honra ao grande deus Zeus, datada em 776 a.C onde os gregos organizaram o primeiro grande evento da história, até onde se pode saber. A partir dali, com a frequência de mais jogos a serem realizados, os gregos começam a perceber a importância de se organizarem com antecedência para realizar os jogos com a magnificência em que reverenciavam o deus mais poderoso do panteão helênico. Com o surgimento do calendário festivo, o povo grego poderia programar suas viagens para chegar a tempo nos eventos, como também ajudar os organizadores na produção dos festivais. Esse costume passou para outros povos, como os romanos, famosos em realizar grandes festas no auge do seu império, assim como erguer grandes monumentos para realiza-los. O coliseu é o exemplo de um grande monumento erguido para realizar grandes eventos da época, ele pode ser comparado aos estádios de futebol dos dias de hoje, e assim como os nossos estádios, certamente o coliseu também necessitava de um esquema de segurança para que os jogos acontecessem sem grandes problemas. Talvez naquela época isso não fosse uma das grandes prioridades para realização dos eventos, porém nos dias de hoje é mais que indispensável o planejamento e engajamento da segurança na realização de eventos, principalmente quando concentram um grande número de pessoas.

         A organização de eventos é um trabalho que envolve diversas preocupações, desde a escolha do local e preparação da infraestrutura, até a recepção dos convidados. Um dos principais cuidados é a segurança dos participantes, que deve ser uma prioridade, já que os organizadores também são responsáveis pelo bem-estar de todos que comparecem. A organização se torna ainda mais complexa quando se trata de eventos de grande porte, quando o número de participantes preocupa ainda mais e torna mais difícil o trabalho dos organizadores. Como a segurança publica não tem capacidade, ou muitas das vezes não podem atuar em certos momentos, principalmente quando a responsabilidade em fornecer a segurança é do setor privado, é necessário recorrer a um serviço terceirizado. Aí entra a importância da atuação de segurança privada, que fornecerá toda segurança, e garantirá que tudo ocorra como planejado pelos organizadores. Devido a isso, muitas empresas de segurança se especializam e buscam obter mais experiencia em atuação nessa área, já que preencher os requisitos que o regulamento exige para exercer as atividades é muito importante no momento de atuação, e que o principal recursos que essas empresas garantira são vidas humanas.

        Com relação a portaria nº 3.233/2012-DG/DPF, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2012 que dispõe das normas relacionadas as atividades de segurança privada, torna obrigatório o uso de vigilantes habilitados em um curso de extensão em segurança para atuar em eventos com o máximo de 3 mil pessoas, o que leva a questão de que eventos com o número inferior ao estabelecido na presente portaria, dispensaria o uso de vigilantes adequadamente especializados. O ideal seria que não só o número de pessoas fossem levado em conta, mas também o local em que seria realizado o evento, e toda a estrutura utilizada, assim também como o tipo de evento a ser montado, já que no momento do planejamento todas essas questão devem ser levadas em consideração.

        Hoje em dia as atividades da segurança privada de grandes eventos trabalham com três grupos principais, são eles: controle de acesso, gerenciamento de público e gestão de emergência. O controle de acesso é responsável em executar atividades da identificação de controle de acessos ao local do evento, que busca aí garantir que apenas aqueles que foram convidados ou adquiriram a autorização possam adentrar nas áreas de realização, assim impedindo que pessoas não autorizadas consigam o acesso facilmente, realizar revistas pessoas afim de identificar objetos e substancias proibidas, ou suscetível a possibilitar atos de violência. O gerenciamento de público busca dar respostas aos problemas do público no campo geral, das normas dos locais dos grandes eventos, nos acessos às dependências; dar informações, orientar, indicar acessos, oferecer ajuda; contribuir com o conforto e bem estar dos frequentadores, com especial atenção aos portadores de deficiências, crianças e idosos; promover a calma dos frequentadores em situações de estresses e conflitos e um dos mais importantes que a prevenção de crimes. A gestão de emergência está ligada aos serviços essenciais que ficarão de prontidão para atender todo o publico no caso em que algo inesperado aconteça, das atividades executadas pela segurança privada essa é a mais crítica, pois será ela que garantirá o maior número de vidas salvas no caso em que algo de ruim aconteça. Ela é responsável por adotar providencias adequadas em caso de sinistros, principalmente na evacuação de recintos; praticar atividades básicas de prevenção e combate a incêndios; prestar assistência inicial em caso de emergência através de técnicas de primeiro socorros, com o fim de preservar a vida, minimizar os efeitos das lesões e auxiliar na recuperação do sinistrado; resolver, adotando o uso progressivo da força, as situações de emergência relacionadas a comportamentos impróprios de pessoas, incidentes estruturais ou tumultos generalizados; tomar as primeiras providencias e preservar o local de incidente no caso de forças públicas ou serviços públicos serem demandados a intervir, repassando com presteza a ocorrência com todas as suas circunstancias e medidas tomadas; identificar e comunicar as autoridades competentes, comportamentos antissociais, racistas, xenófobos, ou contra crianças e idosos; empregar técnicas de dissuasão de tais comportamentos, quando suficiente para encerrar a ocorrência, sem deixar de fazer o devido encaminhamento as autoridades públicas quando a ocorrência caracterizar ilícito penal; desenvolver atitudes para neutralizar violação de regras; desenvolver respostas a incidentes; executar cortina humana para impedir avanços de multidões e outros gerenciamentos e separação de conflitos, como contenções e escoltas. Todas essas atividades empregadas e sendo executadas em conjunto garantem que o evento seja realizado como planejado e esperado pelos organizadores, por isso é muito importante que todos os profissionais que atuarem nesse projeto precisam estar devidamente treinados e preparados, já que o pequeno deslize pode prejudicar todo o espetáculo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.1 Kb)   pdf (60.2 Kb)   docx (10.3 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com