TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estatística

Por:   •  14/4/2015  •  Resenha  •  616 Palavras (3 Páginas)  •  278 Visualizações

Página 1 de 3

[pic 1][pic 2][pic 3]

SINÓPSE DO FILME

 O ABORTO DOS OUTROS

DIREÇÃO: CARLA GALLO

DURAÇÃO: 72 MINUTOS

MARTA RIBEIRO DE OLIVEIRA, R.A. 1135788

TECNÓLOGO EM GESTÃO PÚBLICA

BARRETOS

2014

Coordenadoria de Educação a Distância – CEAD/CEUCLAR

MARTA RIBEIRO DE OLIVEIRA

SINÓPSE DO FILME

 O ABORTO DOS OUTROS

Trabalho de Atividade Complementar submetido ao Claretiano – Centro Universitário como parte dos requisitos necessários para cumprimento da disciplina de Atividades Complementares do curso GESTÃO PÚBLICA sob a orientação do Professor Renato Gonçalves.

BARRETOS

2014

  1. INTRODUÇÃO

O aborto dos outros é um filme de gênero documentário com estreia em 2008 no Brasil (país de origem) que relata a realidade dos abortos legais (estupro, anencefalia e risco à vida da mãe) e ilegais (quando da interrupção da gravidez sem previsão legal anteriormente especificada) e as suas consequências.

O filme foi um projeto realizado com apoio da Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo – Programa Ação Cultura.

  1. DESENVOLVIMENTO

O filme relata os vários tipos de abortos, iniciando com o caso de uma adolescente de 13 anos que foi estuprada e decidiu pelo aborto da criança, conforme prevê a Lei, destacando a realidade do caminho difícil que a vítima de estupro vivencia, mostrando a angústia da mãe que vê a filha, tão nova, inexperiente e despreparada para a vida, passando por um trauma tão grande e irreversível. Uma criança de 13 anos, mostrando a sua inocência, com desenhos inocentes e planos para o futuro, porém o trauma do estupro e a difícil decisão de interromper uma gestação indesejada devido a um momento tão trágico na vida.

O segundo caso apresentado foi o de má formação do feto e relata o sofrimento da mãe pela decisão pelo aborto induzido, pois conforme parecer médico seria o melhor a ser feito, conforme a previsão da Lei, tendo em vista que a criança não tem chances de sobrevivência, feto anencefálico e possui má formação dos rins, sendo a melhor opção no momento a interrupção da gravidez, sendo um momento marcante para a mãe, no sexto mês de gestação.

O terceiro caso mostra o caso de um casamento difícil, e que o marido insiste na relação sexual com a esposa, mesmo contra a vontade dela, passando-se mesmo em casa por violência sexual, o marido com más intenções, em uma das relações, sem percepção da mulher, não usou camisinha, o que acabou resultando na gravidez indesejada. A mulher em desespero, querendo o fim do casamento, sem orientação médica ou conhecimento da Lei, optou pelo aborto ilegal, correndo grandes riscos de vida.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.1 Kb)   pdf (1 Mb)   docx (992.5 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com