TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Por:   •  12/6/2018  •  Projeto de pesquisa  •  830 Palavras (4 Páginas)  •  46 Visualizações

Página 1 de 4

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Identificação do Projeto

Projeto

Implantação de uma política institucional de desenvolvimento de pessoal voltada para os oficiais superiores no CBMAL.

Unidade Demandante

Assessoria de Planejamento

Gestor do Projeto

Capitão Silva Melo

Patrocinador

Comandante Geral

Histórico de Registro

Versão

Data

Autor

Descrição

1.0

11 JUN 2018

Capitão Silva Melo

Elaboração do documento

  1. Justificativa

O Decreto n° 5.707/2006, institui no âmbito da Administração Pública Federal a Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal, tendo como finalidades:

  • O desenvolvimento permanente do servidor público;
  • Melhoria da eficiência, eficácia e qualidade dos serviços públicos prestados ao cidadão;
  • Desenvolvimento permanente do servidor público;
  • Adequação das competências requeridas dos servidores aos objetivos das instituições;
  • Divulgação e gerenciamento das ações de capacitação;

Estabelecendo, dentre outras, as seguintes diretrizes:

  • Incentivar e apoiar o servidor público em suas iniciativas de capacitação voltadas para o desenvolvimento das competências institucionais e individuais;
  • Assegurar o acesso dos servidores a eventos de capacitação interna ou externamente ao seu local de trabalho;
  • Promover a capacitação gerencial do servidor e sua qualificação para o exercício de atividades de direção e assessoramento;
  • Avaliar permanentemente os resultados das ações de capacitação;

São instrumentos da Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal:

  • O Plano anual de capacitação;
  • O Relatório de execução do plano anual de capacitação;
  • O sistema de gestão por competência.

Este diploma legal conceitua a Gestão por competências como sendo gestão da capacitação orientada para o desenvolvimento do conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias ao desempenho das funções dos servidores, visando ao alcance dos objetivos da instituição. E Capacitação como processo permanente e deliberado de aprendizagem, com o propósito de contribuir para o desenvolvimento de competências institucionais por meio do desenvolvimento de competências individuais.

Sendo assim, o CBMAL atualmente não possui uma Política Institucional de Desenvolvimento de Pessoal no CBMAL.

  1. Objetivo do Projeto

  • Promover o desenvolvimento permanente dos Oficiais Superiores que desempenham funções de assessoramento, chefia comando, direção e coordenação;
  • Desenvolver nos Oficiais Superiores as competências requeridas para o alcance dos objetivos e metas da Corporação;
  • Garantir melhores resultados aos setores, através da priorização da oferta de cursos diretamente relacionados às suas atividades;
  • Divulgar e controlar os resultados das ações;
  • Desenvolver indicadores institucionais para o monitoramento dos resultados;
  • Mapear as competências gerenciais realizando o diagnóstico de competências;
  1. Estrutura Analítica do Projeto

[pic 1]

  • Sistema de Gestão por Competências
  • Portaria que disporá sobre a implantação do modelo de gestão de pessoas por competência no âmbito do CBMAL;
  • Designação dos membros do comitê gestor
  • Capacitação dos membros do comitê
  • Mapeamento das competências gerenciais (análise documental, entrevista, grupo focal, observação, questionário)
  • Fazer um levantamento inicial de todas as atividades, processos e ações exercidas em cada unidade e as competências relacionadas, já existentes, criando um relatório preliminar;
  • Identificar as competências necessárias para cada atividade ou conjunto de atividades e suas respectivas contribuições efetivas e, também, seus respectivos conhecimentos, habilidades e atitudes;
  • Identificação das rotinas de trabalho e seus fluxogramas

  • Avaliação
  • Criar indicadores de avaliação de desempenho
  • Definir o instrumento de avaliação que será utilizado
  • Realizar a avaliação
  • Plano Anual de Capacitação
  • Levantamento de Necessidades de Treinamento;
  • Definição dos eventos (cursos, palestras, seminários, oficinas, visitas técnicas)
  • Implementação de parcerias e convênios com outros órgãos e instituições;
  1. Principais requisitos das principais entregas
  • Mapear as competências gerenciais de todas as funções do CBMAL;
  • Modelar os processos e rotinas de trabalho executados pelos Oficiais Superiores em funções de assessoramento, comando, chefia, coordenação e direção;
  • Estabelecer um plano de capacitação voltado para treinamento, desenvolvimento e educação dos Oficiais superiores do CBMAL;
  • Criar mecanismos de monitoramento de desempenho.
  1. Marcos
  • Aprovação do Projeto
  • Criação do Comitê Gestor
  • Mapeamento da Competências Gerenciais
  • Publicação do Plano Anual de Capacitação
  • Realização da Avaliação

 

  1. Responsabilidades e Partes Interessadas
  • Comando Geral – Patrocinador
  • Assessoria de Planejamento – Interessado Direto
  • Superintendência de Valorização de Pessoas – Interessado Direto
  • Superintendência de Ensino e Pesquisa – Interessado Direto
  • Demais Superintendências e Setores de Coordenação, Assessoramento, Comando e Direção – Interessados Indiretos
  • Oficiais Superiores – Beneficiários diretos
  • Escola de Governo, Polícia Militar e demais Órgãos Estatais  – Possíveis Parceiros
  • Comunidade, Sociedade em Geral, População.

  1. Restrições
  • Disponibilidade Financeira;
  • Os eventos de capacitação previstos no PAC deverão acontecer preferencialmente fora do horário de expediente administrativo;
  1. Premissas
  • O comitê gestor será formado por 5 Oficiais Superiores, o mais antigo assumirá a presidência do Comitê;
  • O Corpo de Bombeiros firmará parceria com a Escola de Governo;
  • Somente participará do projeto Oficiais Superiores

  1. Riscos
  • Descontinuidade do projeto por mudança do Comandante Geral
  • Falta de interesse dos Oficiais Participantes;
  • Falta de pessoal especializado para ministrar a capacitação para o comitê gestor
  • A ausência de experiências anteriores pode prejudicar as primeiras implementações
  • Resistência das pessoas no mapeamento e avaliação das competências.
  1. Custo Estimado
  • Capacitação do comitê gestor – R$ 5.000,00
  • Hora aula cursos internos – R$ 20.000,00
  1. Gerente do Projeto

Nome

Cargo

Telefone

Endereço Eletrônico

Lotação

  1. Aprovação do Termo de Abertura

Unidade Demandante

Data

Assinatura

Unidades Envolvidas

Data

Assinatura

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.7 Kb)   pdf (207.1 Kb)   docx (49.8 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com