TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Dieter Rams - Designer

Por:   •  31/5/2021  •  Pesquisas Acadêmicas  •  1.995 Palavras (8 Páginas)  •  11 Visualizações

Página 1 de 8

Dieter Rams

De 1947 a 1953, Rams estudou Arquitetura na Escola de Wiesbaden e fez cursos de carpintaria. Após ter trabalhado para o arquiteto Otto Apel entre 1953 e 1955, passou a integrar o sector de produtos electrónicos da Braun, empresa da qual se tornou art director em 1961, posição que manteve até 1995.

Dieter Rams e sua equipe desenharam diversos produtos para a Braun, incluindo um famoso toca-discos chamado SK-4 e os projetores de slides da série 'D' (D45, D46).

Muitos de seus produtos - cafeteiras, calculadoras, rádios, equipamentos audiovisuais e produtos de escritório - encontram-se no acervo de vários museus, incluindo o MoMA, em New York. Dieter Rams trabalhou como diretor de design da Braun até 1998.

Durante os anos que esteve ao serviço da Braun, Dieter Rams definiu uma sóbria e elegante, muito rigorosa aparência visual/funcionalidade de muitos dos seus produtos. O designer concentrava-se na concepção de produtos úteis, ergonómicos, para serem utilizados facilmente. Fabricados em série, para serem utilizados por milhares de pessoas.

Dieter Rams marcou a sua posição pela sua persistência em cada projecto, a sua obsessiva atenção ao detalhe e experiência com novos materiais.

Dieter e sua equipe desenharam diversos produtos para a Braun, incluindo um famoso toca-fitas chamado SK-4 e um projetor de slides de alta tecnologia, a série 'D' (D45, D46).

O design de Rams resume-se no conceito "Weniger, aber besser", que significa "menos, mas melhor", um dos seus 10 princípios do bom design.

  • Bom design é inovador.
  • Bom design torna um produto útil.
  • Bom design é estético.
  • Bom design ajuda a entender um produto.
  • Bom design é discreto.
  • Bom design é honesto.
  • Bom design é durável.
  • Bom design é consequente até ao último pormenor.
  • Boa concepção está preocupada com o meio ambiente.
  • Bom design é tão pouco design quanto possível.
  • Voltar à pureza, voltar à simplicidade.
  • Good design is innovative.
  • Good design makes a product useful.
  • Good design is aesthetic.
  • Good design helps us to understand a product.
  • Good design is unobtrusive.
  • Good design is honest.
  • Good design is durable.
  • Good design is consequent to the last detail.
  • Good design is concerned with the environment.
  • Good design is as little design as possible.
  • Back to purity, back to simplicity.

Durante aproximadamente trinta anos, Dieter Rams trabalhou como diretor de design da Braun, até à sua reforma, em 1998. Hoje é uma lenda nos círculos de design e mais recentemente trabalhou para a revista Wallpaper.

[pic 1]                      [pic 2]

Para a Braun (artigos eletrodomésticos), Rams desenvolveu de 1953 até 1959 design para rádios e gira-discos, entre eles o modelo Braun SK4, que passou à história como Schneewittchensarg — o Caixão da Branca de Neve.

Donald Deskey

Ele nasceu em Blue Earth, MN, estudou arquitetura na Universidade da Califórnia, em Berkeley, Califórnia, e pintou na Escola de Design da Califórnia, na Escola de Arte do Instituto de Chicago e na Art Students League of New York. Ele começou com agências de publicidade em Chicago e Nova York, depois saiu para estudar em Paris (1920-1922), onde se casou e voltou para o Juniata College em Huntington, PA, para ensinar arte e exibir seu trabalho em Pittsburgh. Após retornar à França para participar da Exposição de Paris em 1925, ele se estabeleceu em Nova York para trabalhar para o designer de móveis Paul Frankl em 1926.

 [pic 3]                           [pic 4]

Em 1927, ele projetou móveis e lâmpadas para Frankl, mas também vitrines na Saks Fifth Avenue e um apartamento para Adam Gimbel. Ele abriu seu próprio escritório com Phillip Vollmer (Deskey-Vollmer) de 1927 a 1931, especializado em móveis e iluminação. Em 1928, juntamente com outros designers proeminentes, ele co-fundou a União Americana de Artistas e Artesãos Decorativos (AUDAC) em Nova York.

Em 1930, ele projetou interiores para John D. Rockefeller, uma conexão do cliente que o ajudou a vencer a competição para o design do Radio City Music Hall, no qual ele trabalhou de 1931 a 1934. Ele popularizou o estilo Art Deco neste marco recessivo extravagante. foi restaurada à sua condição original em 1999.

Deskey juntou-se a outros designers líderes na organização da exposição Art and Industry de 1934 no Rockefeller Center, patrocinada pela National Alliance for Art and Industry. Naquele mesmo ano, ele projetou uma sala de jantar de exposição em uma exposição de Arte Industrial Americana Contemporânea no Metropolitan Museum, onde o trabalho de muitos dos principais designers foi mostrado.

Em 1936, ele estava entre os principais designers convidados para formar o Instituto de Designers do American Furniture Mart, em Chicago.

Deskey projetou exposições na Feira Mundial de Nova York em 1939 e ajudou a criar o departamento de design industrial da Universidade de Nova York em 1940. Formou a Donald Deskey Associates em meados da década de 1940 e foi um dos quinze fundadores da Society of Industrial Designers em 1944. Naquele mesmo ano, ele projetou o conceito original muito imitado de um centro de boliche pós-guerra para a Brunswick-Balke-Collender Company.

Ele ficou conhecido por seu design e uso decorativo de Weldtex, um padrão de compensado estriado, e por seu uso ousado de outros materiais modernos em interiores. Na década de 1950, ele projetou muitos pacotes famosos para a Proctor & Gamble, incluindo a garrafa de detergente Joy (1950), caixa de detergente Cheer (1951) e pasta de dente Gleem (1954). Ele projetou móveis de escritório para a Globe-Wernike e a elegante garrafa de bochechos de Micrin para a Johnson & Johnson (1961).

As coleções de Deskey estão arquivadas no Museu Nacional de Design Cooper-Hewitt, em Nova York.

 

Gaetano Pesce

 

Durante sua carreira, que conta com 4 décadas de trabalhos em arquitetura, planejamento urbano, design de interiores, design industrial e exibições em museus, o arquiteto e designer Gaetano Pesce tem concebido projetos públicos e privados na Europa, América e Ásia. 

Em todo seu trabalho, ele expressa seu princípio orientador: que o modernismo é menos um estilo, e sim um método para interpretar o presente e insinuar no futuro em que a individualidade é preservada e celebrada.

Nascido em La Spezia em 1939, Pesce estudou na Universidade de Veneza e participou do Gruppo N, um coletivo inspirado na Bauhaus. Lecionou em diversas universidades, em países como França, Itália, China, Brasil e Estados Unidos.
 

O trabalho de Pesce é apresentado em mais de 30 coleções permanentes dos mais importantes museus do mundo, como o MoMa de Nova York e São Francisco, o Metropolitan Museum de Nova York, o Vitra Museum na Alemanha, o Victoria and Albert Museum em Londres, o Centre Pompidou e o Musee Des Arts Décoratifs do Louvre em Paris; Ele exibe arte em galerias de todo o mundo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13 Kb)   pdf (696.9 Kb)   docx (803.3 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com