TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Projeto HIS Vila Andrade

Por:   •  12/8/2019  •  Trabalho acadêmico  •  462 Palavras (2 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 2

As favelas são formadas em geral por questões econômicas, onde os habitantes não possuem renda suficiente para manter uma habitação de qualidade, e se submetem a situação de construir uma moradia precária, muitas vezes em locais irregulares, em áreas de risco e ocupações de terrenos “abandonados”.

Dito isso, dentre os diversos problemas que percorrem as favelas, levaremos em questão os problemas físicos. Como a estrutura e matérias de construção precários das moradias que causam riscos com a queda da estrutura e incêndios. Também, os próprios terrenos possuem geralmente topografia acidentada, onde há riscos que desabamento de terra, e em alguns casos o terreno fica em margens onde o solo é pouco firme. Além disso, falta infraestrutura, tais como abastecimento de agua, luz, esgoto, transporte, escola, policiamento, hospitais, etc.

Com base nas informações relacionadas as problemáticas das favelas, dá-se a ideia de solucionar essas questões tomando iniciativas para reformular o espaço e melhorar a qualidade de vida dos habitantes.

Inicialmente, a ideia era fazer um processo de mutirão, com auxílio de mão de obra dos moradores, baixo custo e organização por meio de uma assembleia da comunidade, rever as moradias que requalifica-las para uma moradia digna. Entretanto, após uma visita, foi diagnosticado que não seria um objetivo alcançável sem auxilio de órgãos públicos, e com isso a ideia se voltou para a criação de um modelo de Habitação de Interesse Social, onde seja possível eliminar as problemáticas de infraestrutura, riscos criados pela moradia, e riscos do terreno.

Arquitetos: Gabriel Verd Arquitectos

Localização: Calle Río Guadalquivir, 11550 Chipiona, Cádis, Espanha

Área: 2046.15 m2
Ano do projeto:
2016

Potencialidades: As residências foram dispostas seguindo rigorosos critérios de máximo aproveitamento em planta, reduzindo ao mínimo a área de usos comuns. Os núcleos úmidos foram dispostos na parte central da estrutura para otimizar instalações e minimizar custos. As residências orientadas ao interior do lote foram tratadas da mesma forma que as exteriores, já que a intenção é utilizar o espaço interno como uma praça privada, um espaço digno e bem formalizado, e não um resíduo ou interstício vazio entre as edificações.

Arquitetos: Hector Ernesto Vigliecca Gani

Localização: Menção honrosa - Concurso Público da CODHAB
Ano do projeto:
2017

Potencialidades: Uma sobreposição “articulada” e a locação das áreas de expansão de ambas as unidades sempre no pavimento térreo são estratégias de otimização da infraestrutura para os crescimentos. Esta solução oferece ao morador maiores opções de uso da área a ser acrescida, não ficando restrita apenas ao crescimento de apenas mais um dormitório.

Arquitetos: MMBB Arquitetos

Localização: Jardim Edite - São Paulo, SP
Ano do projeto:
2008

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.2 Kb)   pdf (114 Kb)   docx (396 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com