TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TABELA DE CDP – REGIÃO SUL FRONTEIRA – ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS

Por:   •  13/4/2018  •  Trabalho acadêmico  •  1.025 Palavras (5 Páginas)  •  330 Visualizações

Página 1 de 5

                                        TABELA DE CDP – REGIÃO SUL FRONTEIRA – ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS

Dimensão Analisada

Condicionantes

Deficiências

Potencialidades

Aspectos

Socioeconômicos

  1. A região concentra se no comércio e serviços, sendo o setor terciário o que mais contribui com a arrecadação, conforme a relação do PIB – 2008.
  1. Baixos índices no setor primário com 26,33% e secundário com 9,08%, sendo o primário: mineração, pesca, pecuária, extrativismo vegetal e o secundário: a transformação de matérias primas em produtos industrializados.
  1. Transformar a economia da faixa de Fronteira em produtora e exportadora de produtos e alimentos para outros mercados, com seus setores produtivos desenvolvidos, integrados, dinamizados e comercialmente competitivos, alcançando a melhoria na renda e na de qualidade de vida para suas populações.

  1. Principalmente no polo, Ponta Porã, há a dinamização da atividade econômica de fronteira, principal ponto de comunicação e comércio do Estado com o Paraguai.

  1. Os demais municípios que fazem parte da região, não conseguem tirar muito proveito dessa possibilidade de interlocução e comércio internacional, se mantendo sem perspectivas maiores.

2. No padrão econômico, apresentando iniciativas econômicas variadas e tentativas de diferenciação de arranjos produtivos locais e implantação de planos compensatórios advindos da condição fronteiriça para todos ou a maioria dos municípios.

           TABELA DE CDP – REGIÃO SUL FRONTEIRA – ASPECTOS DE INFRAESTRUTURA

Dimensão

 Analisada

Condicionantes

Deficiências

Potencialidades

Aspectos

De Infraestrutura

  1. Contemplada por rodovias estaduais se destacam pela importância na ligação com a BR 163, sendo elas: MS 156, MS 295, MS 463. Outras têm importante papel na integração intermunicipal, como por exemplo: MS 164, MS 289, MS 160.

1 - A Região não é contemplada por nenhuma rodovia federal;

1 – Federalizar a rodovia Sul – Fronteira, trazer investimentos estaduais, federais e em consonância com o Plano Nacional de Logística de Transportes – PNLT.

  1. A maioria dos municípios possui serviços de transporte; serviços de energia elétrica (geração e transmissão); serviços de telecomunicações (sistemas de transmissão de telefonia fixa e móvel, acesso à banda larga e canais de rádio e televisão).

2 – Pouca gestão pública e privada dos serviços.

2 – Melhorar a gestão pública, ter uma boa organização dos serviços públicos e viabilização de infraestrutura para todos os municípios.

TABELA DE CENÁRIOS – REGIÃO SUL FRONTEIRA – ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS

Dimensão

 Analisada

Situação Atual

Cenário Tendência

Cenário de Qualificação

Aspectos Socioeconômicos

  1. A maioria dos municípios possui Unidade de Planejamento de Saúde, porém a situação é precária, sem aparatos tecnológicos necessários, há perda financeira aplicada à saúde, não há a execução mínima dos serviços obrigatórios relacionados a saúde.
  1. Permanência das UPS e implantação das mesmas que faltam nos demais municípios e melhorias no setor da saúde como um todo.

1. Auxiliar os municípios de fronteira no planejamento e custeio da rede de serviços em saúde;

Propor uma alternativa de financiamentos para o desenvolvimento de ações e serviços de saúde na região;

Aumentar o teto financeiro dos municípios, condicionando este aumento à adesão ao SIS-Fronteiras

Realização de cursos de capacitação em saúde pública (educação permanente).

  1. A maioria dos municípios estão representados com o índice de educação de baixo para médio. Os destaques são Ponta Porã, Laguna Carapã e Antônio João. E os menores indicadores são Tacaru e Paranhos, os demais continuam estagnados.
  1. Permanência dos índices dos municípios destaque para que cada vez mais melhore e incentivo e apoio para os demais municípios.  

2. Construir uma política educacional diferenciada para a região;

Potencializar as ações inovadoras na busca de um ensino de qualidade;

Desenvolver ações pedagógicas preventivas para conscientizar o estudante em relação às drogas, à prática de homofobia, ao bullying e outros;

Valorizar os servidores da educação, nos aspectos profissionais e humano.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8 Kb)   pdf (82.7 Kb)   docx (16.7 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com