TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Auditoria Fical e Tributária

Por:   •  2/5/2021  •  Trabalho acadêmico  •  1.229 Palavras (5 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 5

[pic 1]

[pic 2]

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

MBA EM GESTÃO FISCAL E TRIBUTÁRIA

Resenha Crítica

Lucas Martins De Paiva

Trabalho da disciplina Auditoria Fiscal e Tributária

                                                                  Tutor: Prof. Marina Teixeira De Souza

Ribeirão Das Neves

2021

ATIVIDADE AVALIATIVA

Aula 01

Na primeira aula, fomos apresentados aos conceitos de auditoria, auditor e auditoria tributária. Assim como, o objetivo da auditoria, os reflexos da auditoria contábil sobre a riqueza patrimonial. O conceito de auditoria tributária é analisar todas as obrigações tributárias e se a empresa está cumprindo com as suas obrigações. O auditor é o profissional com formação acadêmica em ciências contábeis, com registro no CRC, sendo capaz de auditar e emitir parecer. O objetivo da auditoria é o exame das demonstrações afim de expressar uma opinião, assegurando a validação das informações. O papel do auditor não é detectar fraude, mas se descobrir no decurso de um trabalho, deve comunicar no seu relatório o os efeitos correspondentes. A auditoria fiscal pode ser definida como o exame das demonstrações contábeis, por um profissional habilitado, com a finalidade de emitir um parecer técnico sobre sua veracidade e adequabilidades as normas contábeis.

Aula 02

A auditoria tributária é um procedimento preventivo para que a empresa não seja pega de surpresa pela receita federal, por irregularidades nas obrigações tributarias. Os papeis do auditor é auxiliar na execução de exames, evidenciar o trabalho feito e as conclusões emitidas, servir de suporte aos relatórios, constituir um registro que possibilite consultas posteriores, a fim de se obter detalhes relacionados com a auditoria etc. o objetivo da auditoria tributária é examinar e auxiliar o planejamento tributário a eficiência dos procedimentos e controles para a operação que é o pagamento, recuperação dos impostos, taxas, qualquer informação que possa trazer um ônus para a natureza fiscal e tributaria que incida nas operações , bens e documentos da empresa. Os usuários da auditoria fiscal e tributária é a administração, departamento fiscal, auditoria contábil e fisco.

Aula 03

        Verificação das contas de balanço e de procedimentos internos para revisão e certificação das demonstrações contábeis, cada conta possui suas particularidades nas contas de caixa e bancos, verificar a existência e exatidão dos valores demonstrados. O auditor nesse trabalho verifica a existência de receitas ofertadas a tributação. Na conta de aplicação financeira é feito a conferência do saldo contábil com o extrato de aplicação financeira ou documento da efetiva aplicação. No contas a receber pede-se a evidência externa que é o envio de uma carta confirmando a existência do débito com a empresa. Verifica-se também, se há adiantamentos a fornecedores pendentes de nota fiscal, confrontar o saldo contábil com o relatório de estoque, controle de inventario etc. examinar as movimentações ocorridas no patrimônio líquido através da razão contábil.

Aula 04

        O sistema tributário é entendido como sendo o complexo de regras jurídicas formada pelos tributos instituídos em um país ou região autônoma e os princípios e normas que os regem. O código tributário nacional – CTN, é a lei da aplicação dos tributos, extensão, alcance, limites, direitos e deveres do contribuinte, atuação dos agentes fiscalizadores e demais normas tributarias no Brasil. Alguns princípios tributários: princípio da legalidade, da anterioridade, irretroatividade, isonomia, vedação do confisco, capacidade contributiva, igualdade, legalidade, liberdade e anterioridade. As leis brasileiras seguem uma hierarquia, sendo que a primeira é a constituição federal, seguida pela emenda à constituição, leis complementares, leis ordinárias, leis delegadas, medidas provisórias / decreto lei, decretos legislativos e resoluções.

Aula 05

O sistema público de escrituração digital (SPED) é um processo de escrituração digital da Receita Federal, chamado também EFD. Temos o SPED fiscal que com ele, a Receita Federal e os órgãos fazendários estaduais recebem os contribuintes todas as informações que precisam sobre a apuração de impostos sobre a circulação de mercadorias e serviços (ICMS) e o imposto sobre produtos industrializados (IPI). Temos também, o SPED contábil, que abrange o envio dos seguintes livros de forma digital: livro diário e seus auxiliares, livro razão e seus auxiliares, livro balancetes diários, balanços e fichas de lançamentos comprobatórios dos assentamentos neles transcritos. Esta obrigação acessória é exigida pelo Governo para empresas que estão nos regimes de tributação Lucro Presumido e Lucro Real, ou seja, as empresas do simples nacional estão isentas desta entrega.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.8 Kb)   pdf (104.9 Kb)   docx (45.8 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com