TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Objetivos da Administração de Materiais

Trabalho acadêmico: Objetivos da Administração de Materiais. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  19/9/2013  •  Trabalho acadêmico  •  1.913 Palavras (8 Páginas)  •  247 Visualizações

Página 1 de 8

ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS

Administrar recursos escassos tem sido a preocupação dos gerentes, engenheiros, administradores e praticamente todas as pessoas direta e indiretamente ligadas às atividades produtivas, tanto na produção de bens tangíveis quanto na prestação de serviços. O espectro de recursos administrátiveis é bem amplo, podendo desdobrar-se em uma infinidade de disciplinar, cada uma delas com características peculiares, necessitando profissionais especialmente formados e treinados para tal.

A administração de recursos materiais - engloba a seqüência de operações que tem seu inicio na identificação do fornecedor, na compra do bem, em seu recebimento, transporte interno e acondicionamento, em seu transporte durante o processo produtivo, em sua armazenagem como produto acabado e,finalmente,em sua distribuição ao consumidor final.

A administração de recursos patrimoniais - trata da seqüência de operações que,assim como a administração dos recursos materiais,tem inicio na identificação do fornecedor, passando pela compra e recebimento do bem, para depois lidar com sua conservação, manutenção ou,quando for caso,alienação.

A aquisição de matérias-primas, suprimentos e componentes representa um fator decisivo na atividade de uma empresa, pois dependendo de como é conduzida podem gerar redução nos custos e melhorias consideráveis nos lucros.

Objetivos da Administração de Materiais

- Preços baixos;

- Alto giro de estoques;

- Baixo custo de aquisição e posses;

- Continuidade de suprimento;

- Consistência de qualidade;

- Pouca despesa com pessoal;

- Relações favoráveis com os fornecedores;

- Aperfeiçoamento do pessoal;

- Bons registros.

A administração de material é a parte da administração geral que trata da área específica dos materiais. Nas empresas é uma atividade integrada da Logística Empresarial (não confundir com Logística Militar), que abrange a execução e gestão de todas as tarefas de suprimento, transporte e manutenção.

Os materiais podem ser classificados conforme a necessidade e cultura de cada empresa.

Assim existem classificações segundo diversos critérios.

Os materiais podem ser classificados conforme a necessidade e cultura de cada empresa.

Assim existem classificações segundo diversos critérios.

Quanto ao valor econômico (não é necessariamente o preço), os materiais podem ser classificados segundo diversos aspectos, tais como facilidade de obtenção, produção nacional ou estrangeira, possibilidade de substitutivos, multiplicidade de emprego, etc.

Quanto ao valor estratégico, pode ser classificada diferentemente se sua utilização está ligada a segurança nacional, se sua existência está ligada a escassez ou abundância de jazidas minerais ou vegetais.

O transporte faz parte das preocupações básicas do administrador de materiais. Seja ele interno ou externo, um baixo desempenho na sua execução pode comprometer a atividade fim da organização. Deve-se estar sempre atento às modernas técnicas e equipamentos de transporte, além da evolução das relações comerciais com aquelas empresas prestadoras de serviço nesta área, que podem vir a ser empregadas como uma importante maneira de economia de tempo e recursos.

A armazenagem de materiais também é uma preocupação constante do administrador. A armazenagem, embora não se aperceba disso facilmente têm um custo (posse e conservação da área, conservação dos próprios materiais, custo de pessoal, etc), além do próprio custo do estoque imobilizado. Assim pela padronização e pelo planejamento deve-se procurar reduzir a quantidade de material armazenado e aumentar a velocidade com que ele entra e sai dos locais de armazenagem. Deve-se também estar atento às modernas técnicas e equipamentos de armazenagem e embalagem, para aumento da eficiência e redução de custos.

A administração de estoques é também uma tarefa da qual o administrador de materiais não deve se descuidar. Sua eficiência leva à redução de materiais armazenados, citada acima, permite uma previsão de consumo e aquisições, além de permitir todo o planejamento do ciclo de materiais da empresa.

Assim destaca-se uma série de providências para que uma organização atinja níveis altos de eficiência na sua atividade:

1) Organização & Métodos - realiza um estudos métodos administrativos e de produção na organização, além da adequação da organização aos métodos otimizados e vice versa. Termos como reengenharia, otimização de processos, são versões atuais ou subconjuntos desta prática;

2) Qualidade - Por qualidade entende-se fundamentalmente o atendimento às necessidades do cliente, seja quem ele for, seja quais sejam suas necessidades (de preço, de prazo, de assistência técnica, etc). A implantação da qualidade passa pela mudança da mentalidade individual, da cultura coletiva da organização e pela quebra de paradigmas. Só ocorre de cima para baixo, ou seja com liderança e participação efetiva do comando da organização desde os mais altos níveis;

3) Informatização - Trata-se da adoção pela empresa de uma das mais eficientes ferramentas para a gestão e administração modernas. Mas não passa disto, uma ferramenta, que para ser útil deve ser empregada segundo suas complexas técnicas, que envolvem o levantamento das necessidades de informação, delimitação das possibilidades versus custo e investimento em pessoal, instalações, programas e equipamentos. Sem investimento balanceado em qualquer um dos itens citados a informatização deixa de ser o paraíso para tornar-se um pesadelo, que vai drenar recursos e energia, sem o retorno esperado e adequado.

Etapa 02

A utilização de modernas técnicas de gerenciamento de estoques adequadas à realidade da empresa possibilita meios de minimizar impactos financeiros negativos pela imobilização desnecessária de capital em estoques, assegurando máximos níveis de atendimento aos clientes

Um dos princípios básicos de gestão de estoques é como os investimentos em estoquesimpactam os negócios da empresa o que representa capital imobilizado e sem liquidez imediata, representando

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com