TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

12 homens e uma sentença

Por:   •  6/10/2015  •  Resenha  •  288 Palavras (2 Páginas)  •  738 Visualizações

Página 1 de 2

A força do filme vem da idéia de que a justiça e a democracia podem e devem ser exercida por cada um de nós.

Trata-se de um júri com doze participantes que devem decidir se um jovem é culpado ou não de ter assassinado brutalmente o próprio pai e o voto tinha que ser por unanimidade, sob pena de morte. Onze têm plena certeza que ele é culpado, enquanto um não acredita em sua inocência, mas também não o acha culpado. Decidido a analisar novamente os fatos do caso, o jurado Davis enfrenta as dificuldades de interpretação dos fatos para achar a inocência do réu e também enfrenta a má vontade e os rancores dos outros jurados, com vontade de irem embora logo para suas casas, pois estava muito calor naquele dia.

No meu ponto de vista o aspecto que mais me chamou atenção, foi o Davis conseguir fazer cada jurista entender que o condenado poderia ser inocente,

O que me chamou a atenção foi o Davis não desistir de mostrar cada detalhe da deficiência da defesa e mostrar para os outros 11 juristas que ele estava certo.

Ele conseguiu passar por cima da indiferença que alguns dos juristas estavam tendo, que estavam mais preocupados de ir embora do que resolver o futuro do jovem acusado, ignorando o fato de que poderia acabar levando a cadeira elétrica um inocente. E o Davis, mesmo com toda aquela pressão, mal humor, discussões, ele teve paciência e mostrar que eles estavam enganados. Ele conseguiu fazer os juristas entenderem que umas das falhas, sendo a marca do óculos de umas das testemunhas, o outro com deficiência nas pernas, a outra faca que existia, sendo que outros juristas, achavam que existia somente uma.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (1.6 Kb)   pdf (33.2 Kb)   docx (10.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com