TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL: Estudo de Caso: Os segredos da Cacau Show

Por:   •  23/5/2017  •  Trabalho acadêmico  •  2.006 Palavras (9 Páginas)  •  393 Visualizações

Página 1 de 9

1 INTRODUÇÃO

Com este trabalho poderemos compreender quais os passos para se abrir uma empresa. Diante da proposta de atividade, “Os Segredos da Cacau Show”, podemos analisar durante sua criação quais os pontos que devemos ter mais atenção na criação de uma empresa. Este trabalho é importante, pois, estaremos conhecendo mais a parte burocrática de um negócio, o que ocorre nos bastidores, a parte financeira, a econômica, a contábil da empresa. Situações que demonstram a realidade, assim como o que nos foi passado nas tele aulas, atividades, livros, material que usaremos para retirar informações para acrescentar no trabalho e deixá-lo o mais compreensível possível, para um melhor entendimento.

2 FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO II

A administração tornou-se essencial para o desenvolvimento das diversas organizações que temos hoje em dia. É um meio de fazer com que as coisas sejam realizadas da melhor forma, com maior eficiência e eficácia.

2.1 TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO II

De acordo com a proposta de trabalho “Os segredos da Cacau Show”. Iremos, com os conhecimentos adquiridos, abordar quais são os primeiros passos para abrir uma empresa:

Antes de começar toda a parte burocrática, o primeiro passo para se abrir uma empresa é refletir se você tem perfil empreendedor para abrir uma empresa. Abri-la por impulso ou frustrações pessoais muitas vezes resultam em fracasso.

Ter um perfil empreendedor seria: isso envolve emoção, paixão, inovação, risco e intuição. Mas também deve reservar um amplo espaço para a racionalidade. Não bastando, um empreendedor é visionário, deve saber tomar decisões, deve explorar ao Maximo as oportunidades, uma pessoa que faz a diferença, ter muita dedicação, ser otimista e ter afinidade pelo que faz.

Após ter certeza desse perfil, pense em um negocio inovador e que traga algum diferencial para o mercado, adquira um bom conhecimento sobre o local que iara ser comercializado e sobre o próprio produto. Depois de uma boa analise de mercado e de ter certeza de estar pronto para inserir o produto no mercado vem a parte burocrática do negocio.

Para começar, é necessário criar um Contrato Social contendo os OBJETIVOS, RAMO, ASPECTOS SOCIETARIOS E FORMAÇÃO DO CAPITAL SOCIAL da empresa. Depois de pronto o Contrato Social deve ser levado juntamente com os documentos pessoais dos sócios à Junta Comercial ou ao Cartório de Registro de Pessoa Jurídica. Para as empresas esse passo seria como a obtenção da certidão de nascimento de uma pessoa física. Nesse processo deve se verificar se há alguma outra empresa com o nome pretendido, geralmente é necessário preencher um formulário com três opções de nomes, há estados que já oferece esse serviço pela internet.

Se tudo estiver correto será possível prosseguir com o Arquivamento do Ato Constitutivo da Empresa “oficialização da empresa”, sendo necessários os seguintes documentos:

• Contrato Social ou Requerimento de Empresário Individual ou Estatuto, em três vias;

• Copia autenticada do RG ou CPF do titular ou dos sócios;

• Requerimento padrão (Capa da Junta Comercial), em uma via;

• FCN (Ficha de Cadastro Nacional) modelo 1 e 2, em uma via;

• Pagamentos de taxas através de DARF;

Obs.: o valor de taxas e prazos variam de estado para estado.

Após esse processo e tudo decorrido normalmente será entregue ao proprietário um NIRE (Numero de Identificação do Registro de Empresa), que é uma etiqueta ou um carimbo feito pela Junta Comercial ou Cartório contendo um numero que é fixado no Ato Constitutivo. Com o NIRE em mãos chega a hora de registrar a empresa como contribuinte, ou seja, obter o CNPJ no site da Receita Federal WWW.receita.fazenda..gov.br. Com o CNPJ cadastrado é preciso ir a Prefeitura ou a Administração Regional para receber o Alvará de Funcionamento, o alvará é uma licença que permite o estabelecimento e o funcionamento de instituições comerciais. Isso é feito na Prefeitura, Administração Regional ou na Secretaria Municipal da Fazenda de cada município sendo necessário os seguintes documentos:

• Formulário próprio da Prefeitura;

• Consulta previa de endereço aprovada;

• Copia do CNPJ;

• Copia de Contrato Social;

• Laudo dos órgãos de vistoria quando necessário;

Em seguida desloca-se a Secretaria da Fazenda Estadual para

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.9 Kb)   pdf (63.1 Kb)   docx (19.2 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com