TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A importância do Treinamento e Desenvolvimento para uma organização: O estudo de caso na Empresa TPA Consultoria Ltda

Por:   •  29/10/2013  •  Relatório de pesquisa  •  4.094 Palavras (17 Páginas)  •  362 Visualizações

Página 1 de 17

A importância do Treinamento e Desenvolvimento para uma organização: O estudo de caso na Empresa TPA Consultoria Ltda

Glauce Elen Damasceno Maués

Jedeann Freitas

Mileide Magalhães da Silva

RESUMO: Este artigo objetiva traçar a importância do treinamento e o desenvolvimento oferecido pela empresa para dispor de uma equipe de melhor nível e como estratégia conseguir produtividade maior e resultados melhores. No período de execução do estudo, procurou-se identificar as variáveis relativas á essência de pesquisa sendo elas baseadas na forma de proporcionar ao colaborador novas habilitações ou melhorar as que já possui. A metodologia embasou-se no estudo bibliográfico de natureza qualitativa e com análise das informações oferecidas pelo gerente regional da empresa em estudo. Como resultado geral da pesquisa descobriu-se que a implantação de treinamentos vem proporcionando um retorno ao investimento que a empresa faz ao capacitar o colaborador.

Palavras chave: Treinamento. Desenvolvimento. Organização. T&D

1 INTRODUÇÃO

Em virtude das constantes modificações micro e macro-ambientais, competição por nichos, segmentos de mercado e maior competição interna por ascensão na carreira, há um consenso nas organizações sobre a importância do treinamento em todos os níveis empresariais. Pessoas preparadas produzem melhor e se sentem mais autoconfiantes, proporcionando agregação de valor às empresas as quais pertencem.

Toda empresa tem suas peculiaridades e especificidades que o empregado desconhece ao ser admitido. Os empregados são selecionados com base em qualificações gerais, e as empresas, muitas das vezes, têm técnicas, políticas, normas e planos específicos que precisam ser ensinados. O treinamento não pode ser visto pela empresa com uma série de cursos e eventos. A expectativa da empresa é que o treinamento possa contribuir para melhor capacitação dos seus empregados, visando um aumento de moral, de eficiência, de eficácia, de produtividade e melhoria do ambiente de trabalho.

Há diferenças entre treinamento e desenvolvimento de pessoas e colaboradores. Essa diferença é importante na medida em que é necessário considerar os diferentes níveis de aprendizado para capacitar o ser humano para trabalhar. O treinamento é um processo sistemático para promover a aquisição de habilidades, regras, conceitos e atitudes que buscam a melhoria da adequação entre as características dos empregados e as exigências dos papéis funcionais, e desenvolvimento é o processo de longo prazo para aperfeiçoar as capacidades e motivações dos empregados a fim de torná-los futuros membros valiosos da organização. O desenvolvimento inclui, além do treinamento, a carreira e outras experiências.

PROBLEMÁTICA:

Diante das explanações anteriores identificou-se a seguinte problemática: O investimento e a aplicação do T&D estão dando retorno esperado para organizaçã TPA?

Palavras chave: T&D – Treinamento e Desenvolvimento

OBJETIVOS:

GERAL:

• Caracterizar a influência do treinamento e do desenvolvimento no ambiente organizacional.

ESPECÍFICOS:

• Expor as necessidades da implantação de T & D;

• Relacionar os benefícios alcançados pela organização ao implantar as etapas do treinamento e desenvolvimento.

2 REFERENCIAL TEÓRICO

2.1 APRENDIZAGEM

Denomina-se aprendizagem o processo de aquisição de conhecimentos, habilidades, valores e atitudes, possibilitados através do estudo, do ensino ou da experiência.

Para França (2009, p.97):

‘’Aprendizagem é a mudança no comportamento da pessoa pela incorporação de novos hábitos, atitudes, conhecimentos e habilidades. ‘’

Em organizações complexas diferentes tipos de aprendizagem podem ocorrer ao mesmo tempo e em diferentes direções e velocidades. Os modelos de aprendizagem individual são sustentados por dois modelos teóricos: modelo behaviorista e o modelo cognitivista (FLEURY e FLEURY, 1997). O primeiro tem como foco o comportamento, considerado passível de observação e mensuração. Considera-se que a análise do comportamento implica no estudo das relações

...

Baixar como (para membros premium)  txt (30 Kb)  
Continuar por mais 16 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com