TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Mudanças organizacionais na empresa Natura

Por:   •  10/9/2013  •  Seminário  •  790 Palavras (4 Páginas)  •  784 Visualizações

Página 1 de 4

NATURA

1 A Natura atua no mercado de cosméticos, os principais concorrentes da Natura são a Avon, que também trabalha pelo sistema de venda direta, e o Boticário, que distribui seus produtos às lojas de cosméticos, inclusive com rede de varejo com sua marca. A Avon é a única que pratica o mesmo modelo de venda da Natura, as vendas diretas através de consultoras/consultores. Além disso, as duas empresas são rivais e competem pela liderança neste setor.

2) A Natura é uma organização orgânica, pois a comunicação se dá em todos os sentidos e direções, o poder de decisão é descentralizado e difuso, necessitando de um consenso. O mercado é bastante turbulento e competitivo, abertos a concorrências internacionais.

3) A base do poder que norteia a liderança da natura é o de referência. Onde existe uma admiração pelo líder. Na natura fica bastante claro quando as funcionárias dizem que “Ele é muito carinhoso e valoriza a nossa atividade porque passou por vários cargos dentro da empresa”, ou seja, elas o reconhecem como uma referência.

4) A cultura organizacional da natura se caracteriza pelo nível organizacional ou corporativo, onde os funcionários se sentem valorizados. A natura acredita que o relacionamento pessoal faz a diferença, então valoriza muito sua força de venda.

5) Um dos conflitos explícitos nas reportagens foi quando criaram mias um nível hierárquico entre as promotoras para recuperar a eficiência, o que poderia causar um conflito entre elas, para ocupação desse cargo, e depois de ocupado, poderiam haver problemas de insubordinação. Outro conflito pode surgir com a necessidade de inovações. Os vários profissionais dessa área podem acreditar que sua inovação terá mais sucesso do que a dos outros.

6) A mudança organizacional ocorrida na Natura se deu a partir da crise. De acordo com Robbins, apresenta conceitos de mudanças de 2ª ordem; e segundo Weick & Quinn, é uma mudança episódica.

O ano de 2008 marcou o início de um período de evolução da nossa estrutura organizacional, o que afetou diretamente nossos colaboradores no Brasil. O Sistema de Gestão Natura começou a ser implantado baseado em três pilares: processos, cultura e liderança. Esse movimento certamente se refletiu em nossos colaboradores, gerando um desconforto. Os primeiros sinais de melhoria, no entanto, já são percebidos, com a reação no clima da área administrativa, a mais afetada pela reorganização. O foco principal da mudança foi tornar a empresa mais leve, ágil e eficiente na tomada de decisões, com menos níveis hierárquicos, mais próxima dos consumidores e do mercado. Mobilizamos e engajamos a organização como um todo para alavancar esse processo.

7) O Impacto do componente econômico, foi o fato de a Natura, uma empresa acostumadas a lucros constantes, se deparou com uma crise econômica que a fez ter uma queda brusca; o impacto do componente social se deu por que o Brasil e outros países da

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com