TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Definição De Comportamento Organizacional Comportamento Organizacional é Um Campo De Estudos Que Investiga O Impacto Que Indivíduos, Grupos E A Estrutura têm Sobre O Comportamento Dentro Das Organizações, Com O Propósito De Utilizar Esse Conhecime

Por:   •  17/2/2014  •  1.591 Palavras (7 Páginas)  •  699 Visualizações

Página 1 de 7

Definição de Comportamento Organizacional

Comportamento Organizacional é um campo de estudos que investiga o impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o comportamento dentro das organizações, com o propósito de utilizar esse conhecimento para promover a melhoria da eficácia organizacional.

O comportamento organizacional se preocupa com o estudo do que as pessoas fazem nas organizações e de como esse comportamento afeta o desempenho dessas empresas, como ênfase em comportamento relativo a funções, trabalho, absenteísmo, rotatividade, produtividade, desempenho humano e administração.

O grande desafio do comportamento organizacional é deixar de ser intuitivo e ser sistemático. As empresas estão cada vez mais buscando em seus colaboradores aqueles que têm visão inovadora. Colaboradores que saibam trabalhar sobre pressão e resolvam conflitos rapidamente e com estes atributos podem fazer a diferença nesta e em outra organização que produz o mesmo produto com a mesma tecnologia. Podendo utilizar como energia para o crescimento profissional dos seus colaboradores. As pessoas são alicerces para a produção e qualidade.

O comportamento organizacional ajuda os colaboradores a assimilar vida social e profissional. Buscando aplicar outras disciplinas tais como a psicologia, sociologia e antropologia. São áreas da ciência que ajudam a entender o comportamento organizacional das pessoas e dos grupos em geral.

Stephen P. Robbins. Comportamento Organizacional

Etapa 1 passo 3

Teoria Geral dos Sistemas.

Segundo Bertalanffy, a Teoria Geral dos Sistemas tem por finalidade identificar as propriedades, princípios e leis característicos dos sistemas em geral, independentemente do tipo de cada um, da natureza de seus elementos componentes e das relações entre eles. De acordo com o autor, existem certos modelos ou sistemas que, independente de sua especificidade, são aplicáveis a qualquer área de conhecimento. Tais modelos impulsionariam uma tendência em direção a teorias generalizadas. Assim, como princípios gerais que na verdade, são ideias vinculadas ao desenvolvimento e ao surgimento da automação e da cibernética.

Bertalanffy propõe uma nova teoria cientifica, a Teoria Geral de Sistemas, que tem leis semelhantes às que governam sistemas biológicos. Nessa formulação teórica, o autor incorpora os conceitos fundamentais dos postulados anteriores do sistema biológico e das matemáticas correlatas.

Um sistema se define como um complexo de elementos em interação de natureza ordenada e não fortuita. A Teoria Geral dos Sistemas é interdisciplinar, isto é, pode ser utilizada para fenômenos investigados nos diversos ramos tradicionais da pesquisa cientifica. Ela não se limita aos sistemas materiais, mas aplica-se a todo e qualquer sistema constituído por componentes em interação.

Além disso, a Teoria Geral dos Sistemas pode ser desenvolvida em várias linguagens matemáticas, em linguagem escrita ou ainda computadorizada. A Teoria de Sistemas possibilitou, por exemplo, a unificação de diversas áreas de conhecimento, pois “sistema” é um conjunto de elementos em interação e intercâmbio com o meio ambiente. Ou ainda, conforme define Littlejohn, um sistema pode ser definido como um conjunto de objetos ou entidades que se inter-relacionam mutuamente para formar um todo único.

Principais conceitos da Teoria dos Sistemas.

Tipos de sistemas: fechado e aberto.

Uma distinção importante para a teoria da organização é a classificação das organizações em sistemas fechados ou abertos.

Sistema Fechado é aquele que não realiza intercâmbio com o seu meio externo, tendendo necessariamente para um progressivo caos interno, desintegração e morte.

Sistema Aberto é aquele que troca matéria e energia com o seu meio externo. Como diz Bertalanffy, a organização é um sistema aberto, isto é, um sistema mantido em importação e exportação, em construção e destruição de componentes materiais, em contraste com os sistemas fechados de física convencional, sem intercâmbio de matéria com o meio.

Considerando a perspectiva de sistema aberto, podemos dizer que um sistema consiste em quatro elementos básicos:

- Objetivos: São partes ou elementos do conjunto. Dependendo da natureza do sistema, os objetivos podem ser físicos ou abstratos.

- Atributos: São qualidades ou propriedades do sistema e de seus objetos.

- Relações de interdependência: um sistema deve possuir relações internas com seus objetos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.2 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com