TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Desafio Profissional - Empreendedorismo E Comportamento Organizacional

Por:   •  27/5/2014  •  1.279 Palavras (6 Páginas)  •  801 Visualizações

Página 1 de 6

Restaurante SMAK – (Família Partala)

Análise Preliminar

O município Vale da Felicidade é povoado por descendentes de imigrantes poloneses que migraram em meados da década de 1950. A economia do município se sustenta principalmente pela agricultura familiar e a atividade turística, que explora os passeios semanais com a tradicional Maria Fumaça que outrora transportava trabalhadores da mineração. Hoje, o passeio de trem é uma ótima opção para aqueles que buscam a beleza das paisagens naturais e que desejam curtir ao lado da família e amigos a nostalgia de um passeio à moda antiga.

Os passeios ocorrem aos sábados e domingos e dura praticamente o dia inteiro, com pequenas paradas para observação dos vales, pequenas cachoeiras, da fauna e da flora que é amplamente preservada na região. O embarque dos passageiros ocorre na Estação Felicidade, localizada próximo a uma antiga mina de carvão desativada, distante três horas de trem do centro da cidade. Pontualmente as 11:30 os passageiros desembarcam no centro da cidade, para fotografar as casas de arquitetura típica e almoçar em um dos quatro restaurantes da cidade. Um destes estabelecimentos é de propriedade de Irena Partala, viúva, sem filhos e que vive na casa dos fundos do pequeno restaurante na companhia dos pais idosos.

Embora o restaurante da família Partala tenha uma excelente localização e tradição em comidas típicas polonesas, cujo prato principal é o pierogi, é o restaurante menos frequentado tanto por turistas quanto pelos habitantes locais. Os outros restaurantes da cidade servem comidas a quilo, churrasco e lanches prontos. A fachada do restaurante ostenta seu nome, Smak, entalhado em madeira, com arquitetura típica polonesa, mesas rústicas de cedro, cardápios escritos à mão em língua polonesa e interiormente decorada com as cores branca e vermelha, compondo a identidade do restaurante.

Infelizmente nos últimos anos Irena não tem conseguido bons ganhos com os negócios, e isto se deve aos novos restaurantes que surgiram logo que os passeios turísticos de Maria Fumaça iniciaram. Com o falecimento do seu esposo, que outrora assumia a cozinha e a gestão do local, Irena teve que contratar um cozinheiro e um garçom para auxiliá-la no atendimento aos clientes. Seu garçom, Lorival, é um antigo amigo da família que estava desempregado há bastante tempo devido um problema de saúde, e procurou por Irena para pedir uma oportunidade. Muito carinhosa, Irena não hesitou em contratá-lo. Seu cozinheiro, um rapaz bastante tímido, chamado Ademir, tem grande experiência na culinária, mas só pode fazer exatamente o que Irena determina no cardápio, já que ela faz questão de definir as refeições, desde o falecimento do seu esposo.

Durante os dias da semana o restaurante opera com um número reduzido de clientes. É quando Irena aproveita para realizar algumas atividades como compras, cotação e pagamento de fornecedores. Inclusive estas são atividades que Irena não se sente muito à vontade para realizar, pois acaba sempre se esquecendo de fazer um pedido ou pagar um boleto. Já no final de semana, com o aumento de clientes, Irena tem que se desdobrar entre as atividades da cozinha, do caixa e da limpeza das mesas. Quase não há tempo para descansar.

A vida desta viúva não tem sido nada fácil. No entanto, mesmo diante de tantos desafios, Irena quer que seu negócio dê certo. Ela deseja que o restaurante Smak seja reconhecido como o melhor restaurante do Vale da Felicidade.

PASSO 1 - Analise os aspectos favoráveis e desfavoráveis do restaurante Smak, com o auxílio da ferramenta SWOT.

O restaurante Smak precisa passar por um processo de planejamento estratégico para determinar quais os objetivos que deseja atingir e quais os passos e procedimentos que devem ser adotados para atingi-los.

O planejamento estratégico é definido por OLIVEIRA (2007) como:

Processo administrativo que proporciona sustentação metodológica para se estabelecer a melhor direção a ser seguida pela empresa, visando aumentar o grau de interação com os fatores externos – não controláveis – e atuando de forma inovadora e diferenciada. O Planejamento Estratégico é, normalmente de responsabilidade dos níveis mais altos da empresa e diz respeito tanto à formulação de objetos quanto à seleção dos cursos de ação a serem seguidos para a sua consecução, levando conta as condições externas e internas à empresa e sua evolução esperada. Também considera as premissas básicas que a empresa, como um todo, deve respeitar para que o processo estratégico tenha coerência e sustentação decisória. OLIVEIRA (2007,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com