TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Marketing na Bovinocultura de Corte

Por:   •  23/5/2019  •  Monografia  •  7.205 Palavras (29 Páginas)  •  47 Visualizações

Página 1 de 29

SUMÁRIO

1.        IDENTIFICAÇÃO        2

2.        RESUMO DO PLANO INICIAL        3

3.        INTRODUÇÃO        4

3.1 OBJETIVOS        9

4.        METODOLOGIA        9

5.        RESULTADOS E DISCUSSÃO        10

5.1   CARACTERIZAÇÃO DOS PRINCIPAIS SETORES DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO        10

5.2        LEVANTAMENTO E ANÁLISE DAS ESTRATÉGIAS DE MARKETING AGRÍCOLA, AGROINDUSTRIAL E ALIMENTAR DA BOVINOCULTURA DE CORTE        16

5.2.1 ESTRUTURA DA CADEIA DE PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA        16

5.2.2        O MARKETING NO SETOR DA BOVINOCULTURA        17

5.3        ESTRATÉGIAS ESPECÍFICAS        18

5.3.1 MARKETING AGRÍCOLA        18

5.3.2        MARKETING AGROINDUSTRIAL        19

5.3.3 MARKETING ALIMENTAR        20

5.4        PESQUISA DE CAMPO: VISITA AOS PONTOS DE VENDA DE CARNE BOVINA.        21

5.4.1 ESTRATÉGIAS DE MARKETING        23

6        CONCLUSÃO        23

7        REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS        25

8        PRODUÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA        28

9        AUTO-AVALIAÇÃO        29

10        AVALIAÇÃO DO ORIENTADOR        29

11        DESTINO DO ALUNO        29

  1. IDENTIFICAÇÃO

Título: Marketing no agronegócio: a interface entre produção, distribuição e consumo

Período: Início: agosto/2016        Término: julho/2017

Número de protocolo do PUICT:

Dados do orientador:

Nome: Profa. Dra. Marta Cristina Marjotta-Maistro

Unidade: Centro de Ciências Agrárias

Departamento: Departamento de Tecnologia Agroindustrial e Socioeconomica Rural/Centro de Ciências Agrárias

Dados do aluno:

Nome: Fernando Teixeira Jacuviske

Curso: Engenharia Agronômica

  1. RESUMO DO PLANO INICIAL

A condução e conclusão deste trabalho de Iniciação Científica não apresentou alterações. Segue o resumo final da pesquisa.

O presente trabalho tem como objetivo geral analisar as estratégias de marketing no agronegócio que possibilitam que o consumidor, de produtos alimentícios, identifique a importância/papel do produtor rural no produto que está adquirindo. Como objetivos específicos, tem-se: 1. identificar os principais setores do agronegócio, mediante análise quantitativa e qualitativa das variáveis econômicas que se destaquem nesses setores, tais como: volume e valor da produção; participação na balança comercial nacional; representatividade no Produto Interno Bruto Nacional (PIB), entre outras, como também aqueles setores que apresentem deficiência na visibilidade do produtor rural; 2. levantar e analisar as estratégias de marketing agrícola, agroindustrial e alimentar (do produto e da distribuição) adotadas pelo setor do agronegócio que se destacar na análise do objetivo específico 1; 3. verificar a existência de canais de comunicação/articulação que permitam traçar estratégias conjuntas para as frentes agrícola, agroindustrial e alimentar; 4. apresentar alternativas de estratégias de marketing que possam auxiliar na visibilidade do produtor rural no ato da compra de produtos alimentícios. Para alcançar os objetivos, utilizou-se de dados econômicos de caráter secundário, com fontes como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA), entre outras e também foram realizadas visitas a supermercados e boutiques de carnes em duas cidades distintas, São Paulo e Araras. Os resultados mostraram que o setor de bovinocultura de corte possuía destaque e projeção de crescimento, portanto, foi o setor escolhido para a pesquisa; em relação as  estratégias de marketing que o setor mais utilizava, constatou-se que o frigorifico que possui maior destaque, cabendo a ele direcionar as estratégias. As principais estratégias utilizadas ao longo de toda cadeia produtiva foram: rastreabilidade para o marketing agrícola; diferenciação para o marketing agroindustrial e a garantia de qualidade; padronização do produto e vinculação do produto à uma marca já conhecida pelo público para o marketing alimentar, esta última estratégia é a mais utilizada e com maior importância para a cadeia produtiva da carne. Concluiu-se que o produtor rural não possui visibilidade direta no produto final, impossibilitando que o consumidor de carnes observe a importância do produtor para que o alimento seja de boa qualidade, esta qualidade é atestada pelo frigorífico, por meio das marcas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (49.5 Kb)   pdf (1.1 Mb)   docx (1.1 Mb)  
Continuar por mais 28 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com