TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Novos Desafios para Gerenciar Pessoas

Por:   •  30/3/2014  •  Tese  •  588 Palavras (3 Páginas)  •  216 Visualizações

Página 1 de 3

ETAPA 1 - Os novos desafios da Gestão de Pessoas.

• Paralelo entre o filme Tempos Modernos e A Moderna Gestão de Pessoas.

O filme Tempos Modernos de Charles Chaplin do ano de 1930, mostra o funcionário de uma empresa siderúrgica nos Estados Unidos que trabalha num posto de trabalho de uma linha de montagem dinâmica (Fordismo), realizando suas atividades de forma simples, robotizadas, repetitivas e desgastantes sem intervalo de descanso. Depois de algum tempo, chega a um momento que sofre um colapso nervoso e estresse, tendo que ser internado num hospício.

Ninguém imaginava que a causa de tal colapso nervoso tivesse relação com o seu modo de trabalhar. Pensavam que isso acontecia pelo fato da fraqueza emocional, além de ser tachado como preguiçoso e pobre. Assim não conseguindo dar conta do serviço, de sempre se fazer as mesmas coisas todos os dias.

Já a moderna gestão de pessoas considera os “colaboradores” como peças chave no negócio, onde cada um pode ajudar de alguma forma, agregando valor à equipe. As principais características desse novo modelo é o dinamismo, criatividade, competência flexibilidade, pro atividade, sempre visando à melhoria nos processos e o trabalho em “equipe” para se alcançar o objetivo esperado.

Ao sair da clinica e voltar à vida normal, encontrou a empresa que trabalhava de portas fechadas, tal acontecimento aconteceu pelo fato da Grande Depressão econômica de 1929, período caracterizado pela alta oferta e menor demanda de produto, devido ao crescimento da produtividade na linha de produção dos EUA e pelo decréscimo das importações pela Europa. Sem ao menos, beneficiar ou gratificar os trabalhadores pelos seus serviços prestados. Com isso, gerando um efeito em cadeia, com muitas falências de empresas, falta de crédito e taxa de desemprego elevada.

Os princípios de Taylor que retrata a linha de montagem dinâmica de Ford, visando pela produtividade, tempo, movimento e padronização de trabalho, ocasionou em uma grande produção em massa, assim ocorrendo uma grande recessão.

Tal acontecimento demonstra uma grande preocupação com a produção. Se esquecendo das pessoas (colaboradores) que operavam as máquinas, pois sem eles nada acontecia, as máquinas não se moviam. A insatisfação dos trabalhadores só aumentava com o passar do tempo, pela falta de benefícios e valorização do trabalho.

Mais tarde Carlitos acaba sendo preso novamente, por ser confundido com um líder comunista ou grevista. Já que nesse tempo começaram a se formar grupos de sindicatos para ir em busca dos interesses dos trabalhadores. Desde então, considerados somente como fatores de produção e não levado em conta seu capital intelectual, talento ou habilidades.

Com a moderna Gestão de Pessoas, que se contrapõe ao modelo Fordista e de Taylor, onde se caracteriza pelos interesses

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com