TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Morte Das Grandes Cidades

Por:   •  21/4/2013  •  372 Palavras (2 Páginas)  •  640 Visualizações

Página 1 de 2

Treliça Pratt

Os elementos diagonais, com exceção das extremidades que apontam para o vão central, fazem da treliça Pratt uma fácil identificação. Com exceção dos elementos diagonais centrais, todos os outros elementos diagonais sofrem tração. Já os elementos verticais suportam toda a força de compressão, por isso os elementos diagonais conseguem ser delgados, barateando o projeto.

Como elementos diagonais estão colocados na direção contrária ao centro da ponte, suportam a força de compressão, isso possibilita que seja necessário perfil metálicos maiores, encarecendo a construção. Esse tipo de ponte treliçada é denominado Howe e é exatamente contrária a ponte de treliça Pratt.

Treliças Planas: uma treliça é classificada como plana, quando todos os elementos da mesma se encontram essencialmente em um mesmo plano. São comumente usadas em pontes aos pares, uma de cada lado da ponte, conectando-se umas com as outras por meio de vigas transversais que apóiam o piso da rodovia e transferem as cargas aplicadas sobre si aos elementos da treliça. As treliças também são classificadas a partir do tipo básico de projeto. Os estilos de treliças planas mais comuns são a treliça tipo Warren, a tipo Howe e a tipo Pratt. A treliça Warren é talvez a mais comum quando se necessita de uma estrutura simples e contínua. Para pequenos vãos, não há a necessidade de se usar elementos verticais para amarrar a estrutura, onde em vãos maiores, elementos verticais seriam necessários para dar maior resistência. As treliças do tipo Warren são usadas para vencer vãos entre 50 e 100 metros. A treliça Pratt é facilmente identificada pelos seus elementos diagonais que, com exceção dos extremos, todos eles descem e apontam para o centro do vão. Exceto aqueles elementos diagonais do meio, próximos ao meio, todos os outros elementos diagonais estão sujeitos somente à tração, enquanto os elementos verticais suportam as forças de compressão. Isto contribui para que os elementos diagonais possam ser delgados, fazendo com que o projeto fique mais barato. A treliça Howe é o oposto da treliça Pratt. Os elementos diagonais estão dispostos na direção contrária do centro da ponte e suportam a força de compressão. Isso faz com que os perfis metálicos necessitem serem um pouco maiores, tornando a ponte mais cara quando construída em aço.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com