TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PROPOSTA CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL E O ENSINO FUNDAMENTAL

Por:   •  16/3/2014  •  Tese  •  461 Palavras (2 Páginas)  •  202 Visualizações

Página 1 de 2

Na medida em que o professor vai restringindo o seu trabalho à mera execução de tarefas já pensadas e elaboradas em outras instâncias, o seu trabalho agrega pouco valor em termos de ensino-aprendizagem. Para uma melhora deve o professor resgatar a sua capacidade de pensar, organizar, produzir conhecimento e tecnologia em relação ao processo de produção do ensino-aprendizagem, tendo a preocupação à legitimação da sua função e responsabilidade educacionais junto à comunidade. Para romper este processo de desqualificação do professor, não basta a vontade e a mobilização, é necessário construir as condições objetivas de que o magistério carece, levando-se em conta as exigências da base de produção do ensino-aprendizagem que é o trabalho coletivo. O que se está querendo com a presente proposta é fazer com que o professor entenda o ensino e aprendizagem escolar como um processo produtivo. Entende-se que é fundamental o professor conhecer a possibilidade de o professor superar a sua atual condição e se constituir num agente decisivo de... INTRODUÇÃO

Este trabalho foi elaborado com o intuito de fazer compreender como funciona a estrutura da educação no ensino fundamental. O magistério, a sociedade, o aluno. Como se da esta aprendizagem.

As atribuições do MEC no sentido de sistema organizacional observando as vantagens e desvantagens no ensino fundamental, fazendo reflexões do universo a criança, baseando em teorias e pensadores que estudam o desenvolvimento da criança como ser de interação, no sistema de ensino.

PROPOSTA CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL E O ENSINO FUNDAMENTAL

Na medida em que o professor vai restringindo o seu trabalho à mera execução de tarefas já pensadas e elaboradas em outras instâncias, o seu trabalho agrega pouco valor em termos de ensino-aprendizagem. Para uma melhora deve o professor resgatar a sua capacidade de pensar, organizar, produzir conhecimento e tecnologia em relação ao processo de produção do ensino-aprendizagem, tendo a preocupação à legitimação da sua função e responsabilidade educacionais junto à comunidade. Para romper este processo de desqualificação do professor, não basta a vontade e a mobilização, é necessário construir as condições objetivas de que o magistério carece, levando-se em conta as exigências da base de produção do ensino-aprendizagem que é o trabalho coletivo. O que se está querendo com a presente proposta é fazer com que o professor entenda o ensino e aprendizagem escolar como um processo produtivo. Entende-se que é fundamental o professor conhecer a possibilidade de o professor superar a sua atual condição e se constituir num agente decisivo de...

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com